História Knowledge - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), EXO, G-Friend, Got7, TWICE
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Eunha, Eunwoo, Jackson, J-hope, Jin, Jinjin, Mark, MJ, Moonbin, Rap Monster, Rocky, Sana, Sanha, Sowon
Tags Anjos, Astro, Baekyeol, Binnu, Binwoo, Brigas, Bruxas, Bts, Chanbaek, Demonios, Eunbin, Exo, Gfriend, Markson, Mjin, Namjin, Romance, Sanhyuk, Socky, Twice
Visualizações 139
Palavras 1.229
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Um dia ele vai descobrir


Jin POV

            Eu me pergunto aonde Namjoon estava com a cabeça, quando deixou nossos filhos terem um husky siberiano misturado com lobo. Depois eu sou o vilão da história e não sabem o porquê, eles tem muita liberdade com o pai deles. Depois de dez minutos tentando explicar a diferença dos nomes entre, Sana e SanHa, tenho certeza que ainda saíram sem entender uma migalha de pão integral. Tudo seguiu bem, Sana ficou conversando com os meninos, Namjoon puxou Chanyeol para uma partida de vídeo game, enquanto eu terminava o almoço junto com Baekhyun. Depois de alguns minutos de calma, eu pensei, onde SanHa poderia estar e fazendo o que? A resposta passou bem na minha frente, ele estava no quintal correndo com o Fantasma. Ele tem esse nome por ser todo branco, muito rápido e silencioso. Não sei o motivo de ter seguranças, afinal temos um cão-lobo.

            O almoço seguiu as mil maravilhas, com conversas calmas e até mesmo fofocas. Não vou mentir, adoro. Os meninos foram embora no começo da tarde, mesmo eu tentando insistir em eles ficarem um pouco mais. Aquela velha história de ainda está cedo. Enfim, outra vez estávamos apenas nós. Sana jogava com o pai, SanHa terminava de lavar a louça o que me deixou livre de trabalho. Sentamos todos juntos na sala, vendo aquela partida de um jogo qualquer de luta.

- Pela amor de Deus gente, coloca um daqueles jogos de escolher o caminho da história. – SanHa se pronunciou cansado daquela luta sem sal mas, concordo com ele. Jogos onde precisar prestar atenção na história são ótimos, ainda mais para jogar com a família.

- Concordo viu, vamos trabalhar nossas mentes vamos. – Falei por fim, com um resmungo dos dois. – Espero que isso não seja um resmungo. – Foi muito engraçado ver os dois gelarem a espinha, além de engolirem em seco. Acabou que colocaram Life is Strange.

            Preciso falar, esse jogo é muito lindo. Tínhamos parado no final do episódio dois, agora nós terminamos todos. Todo mundo estava chorando com aquela história, afinal as duas eram melhores amigas. Depois de várias fungadas e lagrimas derramadas, decidi fazer um pequeno lanche bem gostoso para confortar os corações mexidos por Chloe e Max. Todos correram para a cozinha, afinal meu marido tem quantos anos mesmo? Eu tenho que cuidar de três crianças. Sorri sozinho. Sanduiches dignos de nota máxima estavam sobre a mesa, quando eu falei “Podem comer”, pareciam que era uma briga entre gangues, até mesmo o Fantasma veio pegar um. Estavam todos saboreando minha obra prima da tarde, quando o mais novo decide falar.

- Acho legal essa ideia de superpoderes, eu gostaria de ter um. – Pela primeira vez nesse dia, eu gelei completamente mas, diferente de Namjoon, Sana e eu sabemos muito bem disfarçar.

- Que tipo de poderes você queria ter Sannie? – Sana falou sem alteração na voz, essa menina é uma atriz de primeira classe. Que orgulho.

- Não sei exatamente, mas quando estudei sobre a inquisição de Salem fiquei imaginando o quanto seria legal ser um bruxo. – Maldita escola, porque raios precisa ensinar sobre Salem.

- Um bruxo igual Harry Potter? – Namjoon falou e eu dei graças a Deus que ele estava se esforçando para disfarçar.

- Não, apesar de gostar e ser Slytherin com orgulho, acho mais interessante bruxas sem muita fantasia.

- Muito bem então senhor bruxo, vai tomar banho antes que você transforme a gente em sapos. – Falei em um tom de brincadeira, mas com o vocês sabem o que na mão. Ele riu e subiu as escadas correndo, logo em seguida Namjoon suspirou pesadamente.

- Papai, você sabe que alguma hora ele vai descobrir, né? – Sana falou com os olhos meio baixos, ela sempre foi contra esconder isso.

- Quanto mais tempo demorar, melhor para ele.

- Mas quanto mais tempo demorar, mais difícil vai ser pare ele aceitar e perdoar nós. – Namjoon se pronunciou. Levei minhas mãos à cabeça, começando a pensar em tudo.

SanHa POV

            Eu ainda me pergunto, o que será que tenho que descobrir? Já escutei esse assunto diversas vezes, mas nunca consigo ligar todos os pontos. Seja o que for, eu nunca ficarei com raiva deles, são minha família. Sai da escada e segui para meu quarto, em seguida indo para o banheiro. Água quente mais pensamentos confuso é igual a banho demorado, uma equação maravilhosa. Sim, eu adoro estudar qualquer matéria. Nunca tirei uma nota diferente da nota máxima? Nunca. Depois de longos minutos revirando meus pensamentos, sai do banho antes que papai venha com aquelas frases famosas dele. Assim que eu desliguei o chuveiro eu escuto ele gritar.

- ESPERO QUE NÃO DEMORE NO BANHO, AINDA NÃO SOU SOCIO DA COMPANHIA DE ÁGUA. – Papai e seus ataques histéricos.

            Agora era só colocar um pijama e fazer alguma coisa de útil, mas a questão vem mais uma vez, qual pijama usar? A propósito, meus pijamas são todos fantasias fofas de animais ou algum personagem, igual aquelas de unicórnio e tudo mais. Agora vocês devem estar pensando, o quanto infantil eu sou, o tecido é fofo e confortável, esquenta muito bem e além de eu poder ser qualquer coisa. Podem falar o que quiser, vou sempre usar esses pijamas. Estava eu, todo lindo de unicórnio. Fantasma entrou no meu quarto, junto de minha irmã.

- Sannie você é tão fofo vestido assim, aparece assim na escola amanhã e vai ter vários no seu pé. – Se jogou na minha cama, quando ela quer ela é folgada de marca maior.

- Eu não quero vários no meu pé, aliás não sei se quero amigos também.

- De novo essa história? Já falamos sobre isso, a Coreia não é Estados Unidos.

- Verdade, pode até ser pior. – Falei colocando a mão no queixo, ela me jogou uma almofada.

- Se você não fizer amigos, eu vou fazer você ter amigos de qualquer jeito. – Falou ela me olhando de um jeito destemida, não gosto desse olhar.

- Tá, vou tentar fazer amigos, mas na primeira curva a direita eu troco de escola e deixo você sozinha lá.

- Tá ok, senhor gênio. – Falou saindo do quarto.

            Deitei na cama e comecei a pensar nessa ideia de fazer amigos. Não, eu não sofri bullying nos Estados Unidos. Eu simplesmente era o inteligente da turma, que passava cola, fazia as provas de várias pessoas e ajuda todos, isso me rendeu popularidade. Isso mesmo que você leu, eu era um dos nerds popular do colégio. Tinha amigos interesseiros, mas alguns se salvavam pois realmente gostavam da minha pessoa. Aconteceu o fatídico dia, onde um dos que competia comigo na inteligência contou para o diretor que eu estava fazendo. Sem provas, sem acusação. Esse garoto não aceitou que eu saísse impune, simplesmente aconteceu o que eu gosto de chamar de Mean Girls Momment. Ele espalhou vários boatos sobre minha pessoa, os interesseiros acreditaram obvio. Os verdadeiros me defenderam, mas acabou que eu fui expulso. Sim, expulso.

            Meus pais decidiram voltar para Coreia, fiquei aliviado até demais. No final das contas, até os verdadeiros acharam que eu tinha dedo em tudo. Afinal das contas, eu era um popular inteligente, seria bem capaz de bolar um plano daqueles. Mal eles sabem que, eu teria feito melhor. Melhor eu parar de pensar nessas coisas, acendi a abajur, peguei um livro qualquer e comecei a ler até o sono chegar.


Notas Finais


MoonBin: Olá pessoas que acompanham Knowledge
TheMonio não veio hoje, mas eu MOONBIN LINDO E MARAVIS ESTOU AQUI
2 recados
1= Bem provável que saia cap todos os dias
2= Se não sair, pode gritar com o TheMonio

Agora pensamentos jogados aqui
Sera que SanHa vai descobrir tudo?
SanHa vai deixar de se vestir com fantasias?
E essa historia dos USA? Bem besta né?

kisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...