História Koije to giongo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Koije No Giongo, Lutas, Survival
Exibições 7
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ficção, Luta, Magia, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Tiver essa ideia antes de dormir, tava pesando sobre poderes criativos e tiver a ideia sobre uma cara que tira armas de onomatopeia

Capítulo 1 - Oque é isso?


Fanfic / Fanfiction Koije to giongo - Capítulo 1 - Oque é isso?

Eu sou Koije sou um cara  que não tem um porte físico mas mesmo assim eu gosto muito de jogar basquete e essa é a minha historia.

acordo com o barulho de uma panela caindo,pego meus óculos e olho para meu celular e vejo que ele descarregado, coloco no carregador e espero ele dar uma carga. Quando ele liga são 6h50.

– Ah não celular inútil só me ferra, preciso correr.

Abro o me armário, visto minha roupa, e calço o meu sapato, desço vou direto para cozinha e pego um pão e sai correndo para escola. Chegando na escola vejo minha amiga Kurisu é uma garota linda e brincalhona mas não é muito inteligente e tem um cabelo castalho muito bonito.

– Oi koije.

– Oi.

– Ta ansioso para conhecer os novos alunos?

– Não muito.

– Eu tô mega ansiosa, você vai para que clube? Eu vou para o clube de teatro

– Eu ainda não sei eu acho que vai ser de basquete ou de vólei.

– Então eu já to indo embora quero falar com os novos alunos, tchau.

– Tchau.

Entrando na sala eu sento numa cadeira perto da janela e vejo uma árvore que tem um gato meio estranho ele tinha um pelo preto com listras vermelhas e ele começa a olhar diretamente pra mim. ele passa a aula toda na árvore olha do pra mim eu tentei evitar olhar pra ele mas eu não conseguia, depois da aula eu vou para cantina, peguei um suco e fico  na cantina, depois eu fui jogar  a caixa do suco no lixo mas na hora eu esbarrei no cara grande e forte com cara de macaco, ele olha pra mim com um olha de tipo: "eu vou te matar".

– Me desculpa.

– O garoto eu te vejo no final da aula.

– Ok.

Saio bem rápido e vou para sala, sento no mesmo lugar, olho pra janela e vejo o mesmo gato de algumas minutos atrás.

– KOIJE!

Olho pra atrás e vejo a Kurisu  atrás de mim

– Não precisava gritar, eu tô bem perto de você

– Me desculpa, como foi seu dia

– Mas o dia nem acabou

– Ah é mesmo

– A única coisa que aconteceu no meu dia foi aquele gato.

Quando eu aponto pro gato e kurisu olha para ele os olhos dela começam a fica com um formato de coração.

– QUE GATO MAIS FOFO!

– É ele é fofo, mas já vai começar a aula é bom você sentar na sua cadeira.

– Ok.

Terminando a aula, eu foi para o clube de basquete, e quando eu to no corredor eu vi o cara da cantina que tinha cara de macaco e ele tava com dois caras atrás dele.

– O garoto! venha aqui!

Eu chego perto dele, e ele me pegarão pelo ombro e me levarão pra quadra de baseball tá escola, ele me joga no chão.

– Então esta proto para apanhar.

Logo eu me levanto e fico nua posição de ataca.

– O garoto parece que sabe luta, HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

– HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

– HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

Os três começão rir sem parar, não vou deixar eles me machucarem, fechei o meu punho, e dei um soco com toda minha força na cara de macaco que tava rindo de mim

– VOCÊ REALMENTE FEZ ISSO, AGORA VOCÊ MORRE.

Ele  vem pra cima de mim gritando bem alto, mas eu comecei a ver uma coisa estranha, parece quando algum personagem de manga ou hq e a dar um soco eles começão a grita. O cara de macaco tava chegando perto de mim eu conseguir desvia, eu ainda tava no alcance ta coisa estranha que era onomatopeia, eu coloco a mão dentro desar onomatopeia e eu sinto um cabo de espada,  eu puxo esse cabo e sai uma espada medieval.

– Oque é isso?

Os caras olharão para a espada e ficam com medo e sairão correndo, eu deixo minha espada cai no chão e ela desapareceu.

– Então você também é um guerreiro.

Eu vejo um cara em pé na arquibancada to cambo de baseball, ele tinha uma boina preta mas tava pra ver a cor de cabelo que era verde um casaco vermelho e usando uma camisa amarela e estava com uma cara de seria mas com sorrisinho e um olha assassino.

– Oque é ser guerreiro?

– A você ainda não encontro seu deus, vai ser fácil matar você.

– Como assim me matar.

Ele na arquibancada joga um saco aberto de folha e ele estala os tetos e o saco explodi, eu vou correndo para trás  pra no campo de baseball e quando as explosões acabam eu vejo uma onomatopeia de explosão que ainda não sumiu, eu  sai corrento pra ver se consigo pegar essa ultima onomatopeia que sobro , eu coloco minha mão e na hora que puxo sinto uma arma bem pesada era uma laça medieval, quando faço isso eu vejo o cara abrindo um saco de folha e colocando na mão dele, eu aproveito e vou atrás dele, chegando perto ta arquibancada ele percebe e joga algumas folhas em cima de mim, ele estala os tetos na mesma hora o vento fico forte e jogo algumas folhas pro lado mas mesmo assim uma pego em mim  e me machuquei no braço. Mas parece que ele só conseguir explodi as folhas se ele tocá-las, vou aproveita já que ele ta sem folha, rapidamente jogo minha lança, eu conseguir acerta o braço dele.

– Então mesmo pro cara ainda não sabe oque da acontecendo você é bem forte, adeus.

E ele joga uma uma bomba de fumaça e ele desaparece.

-Eu vou pra casa, que dia estranho.

Chegando em casa vejo minha mãe na porta

– Oi filho tá tudo bem, como foi seu dia?

– foi bem legal mãe.

– Aconteceu algum coisa pra sua camisa da rasgada?

– Nada não mãe, ta tudo bem.

Eu subo pro meu quarto  e tiro a camisa, olho pro meu braço e ele não tem nenhum aranhão, isso é incrível para um cara que aranho o braço quando pequeno e passo mas de um més pra cura a ferida. Troco de rouba e vou janta. terminando a janta eu vou pro meu quarto e quanto eu abro a porta vejo aquele gato que estava me olhando na aula em cima ta minha cama.

– OQUE VOCÊ ESTA FAZENDO AQUI?

Eu só sinto um bata batendo bem forte na minha testa e eu desmaio.

 

 

 

 


Notas Finais


Tomara que tenha gostado. O próximo capitulo vai sair próxima semana ou ainda essa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...