História Kommandeur Des Regens. - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura, The 100
Personagens Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Costia, Finn, Fionna, Hudson Abadder, Indra, Jasper Jordan, John Murphy, Lexa, Lincoln, Marceline, Marshall Lee, Octavia Blake, Personagens Originais, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Raven Reyes, Roan
Tags Clexa
Visualizações 24
Palavras 1.171
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


....

Capítulo 26 - Bizarro.


Fanfic / Fanfiction Kommandeur Des Regens. - Capítulo 26 - Bizarro.

Autor...




Ridley entrou no quarto séria, completamente sem roupa,a platinada observou os “brinquedos “ das garotas e aproximou-se de Costia e falou para ela algemar Ontari.

Costia levantou-se colocando as mãos de Ontari para trás e a algemou, colocou-se ao seu lado e ficou a olhar Ridley.

-- se ajoelha._ diz Ridley respirando fundo entrando no seu papel.

Ontari sem dizer nenhuma palavra ajoelhou olhando para os olhos em brasas de Ridley, ela se aproximou de Ontari, pegando seu cabelo levando a boca da garota até seu membro.

Ontari Abriu sua boca e começou a chupá-la, lambia a lateral de seu membro indo até sua cabeça passando a língua, e colocando ele todo na boca, Ridley movimentava a cabeça  de Ontari no movimento de vai e vem fazendo com que seu membro entrasse inteiro em sua boca, a fazendo engasgar algumas vezes, mas Ontari estava adorando, pois adora quando lhe fazem de escrava.

Em seguida Ridley pede para Costia pegar a coleira e colocar em Ontari, Costia pegou a coleira que estava próximo e colocou no pescoço de Ontari, logo em seguida Ontari sente o ardor de um tapa que Ridley lhe deu no rosto e logo olhou para sua DONA.

Ridley faz apenas um gesto para Costia que logo entende e vai tirar a roupa de Ontari, Ontari sem parar sequer um segundo continuou a lamber bem gostoso o membro de sua Dona.

Ridley então a levantou e tirou a calcinha de Ontari a deixando só com os sapatos, deitou ela na cama, abriu bem suas pernas amarrando-as na cama, Ontari estava com as pernas amarradas completamente abertas e com suas mãos algemadas.

Ridley então ordena para Costia pegar o chicote, ela pega rapidamente e entrega para Ridley que a retribui com um beijo ardente, neste momento Ontari ficou completamente molhada, pois estava totalmente à mercê delas, e vendo-a beijar Costia a deixava louca.

Costia se colocou sobre o corpo de Ontari beijando sua boca ,descendo pelos seus seios que estavam rígidos, ficou um tempo beijando-os, logo em seguida continuou descendo sua boca pela barriga que estava arrepiada, chegando até sua intimidade, não demorou e logo começou a sugá-la deliciosamente, Ridley ficava observando a cena com o chicote em suas mãos.

Costia sugava gostoso toda a intimidade de Ontari, sua língua fazia movimentos circulares em seu clitóris e logo descia até a entradinha a invadindo e a sugando gostoso.

Ontari se assustou com um estalo, seu corpo estremeceu com o susto quando Ontari abre os olhos sua DONA estava dando chicotadas nas costas de Costia que se encolhia toda com a dor.

--  continue a chupar essa cachorra! _ ordena Ridley meio que se divertindo com a esquisitices das garotas.

Costia continuou a chupar Ontari enquanto levava fortes chicotadas em sua costa, quanto mais fortes a chicotada mais forte ela chupava Ontari, às vezes mordia forte seu clitóris, fazendo com que saísse lágrimas dos olhos de Ontari  que não reclamou nem um pouco pois a garota gostava de sentir aquelas mordidas fortes que a excitava cada vez mais.

Ontari sente a língua de Costia suavizar em sua intimidade o que a faz  abrir os olhos e ver que sua  DONA não dava mais chicotadas, Ridley havia saído da cama e estava pegando uma das velas que estava acesa no quarto, entrega na mão de Costia e diz para ela pingar as gotas da vela sobre o corpo de Ontari enquanto isso Ridley coloca a camisinha com Ontari a observando.

Ontari estava completamente imóvel, mãos algemadas, pernas amarradas, aquela situação era excitante,ela estava esperando o primeiro pingo de vela cair sobre um dos seus seios quando observou Ridley pegando um pano preto e lhe amordaçando, além de imóvel ela não podia nem gritar.

Ontari sentiu o primeiro pingo cair sobre um dos seus seios, ardeu queria gritar, mas não podia, Costia continuou pingando descendo pela sua barriga... Ontari sentia dor, mas acima de tudo sentia prazer tesão,gostava de ser torturada por eles,quando Costia estava quase chegando em sua intimidade Ridley puxa ela de cima de Ontari.

Ridley então fica entre as duas pernas de Ontari e começa a bater com o chicote em sua intimidade, ela batia forte, muito forte, Ontari sentia sua intimidade pegando fogo, mas mesmo assim ela escorria de tanto tesão,gostava de ter Ridley batendo em sua intimidade enquanto Costia tira sua mordaça fazendo com que Ontari a chupasse gostoso,Ontari sentia a intimidade de Costia em sua boca,seu cheiro ,seu gosto,mordia levemente seu clitóris conforme sua DONA lhe batia,sentia a intimidade de Costia escorrer pela sua boca,sentia seu gosto e isso a excitava muito,Ontari colocou sua língua na entradinha de Costia deixando-a arrepiada.

Ridley parou de chicotear a intimidade de Ontari e foi beijá-la, deu leves beijinhos em sua intimidade que estava ardendo e vermelha, subiu beijando até chegar a seus seios, ajeitou-se entre as pernas de Ontari  e se colocou inteira dentro de sua escrava, Ridley se movimentou lentamente aumentando sua velocidade cada vez mais, Ontari podia senti Ridley ir bem fundo em seu íntimo sentia sua intimidade pulsar de tanto tesão.

Costia rebolava na boca  de Ontari quase gozando, a garota sugava sua intimidade rápido e mordiscava seu clitóris forte, enquanto Ridley a fazia delirar com suas estocadas violentas, ela fazia rápido, entrava e saía, passava seu membro pela intimidade de Ontari se esfregando em  tudo o que podia e colocava novamente fazendo assim com que ela gozasse gostoso com seu membro ainda estocando a garota.

Costia também nesta altura já tinha gozado na boca de Ontari fazendo com que a garota engolisse todo o seu mel.

Os alvos já havia gozado gostoso tanto com Ridley atolada em Ontari quanto Costia na boca de Ontari, mas Ridley ainda não, então ela puxou Costia até sua boca chegar a intimidade de Ontari ,Costia  ficou com seus pés apoiados no chão ficando com sua bunda para cima virada para Ridley,que logo começo a fode-la, entrava e saia rapidamente de sua intimidade enquanto chicoteava suas costas, Costia sugava todo o mel de Ontari a  fazendo delirar naquela boca, Ridley chicoteava as costas de Costia e ao mesmo tempo a penetrava, Costia e Ontari  soltavam gemidos.

Ridley ficou um tempo estocando Costia,Ridley largou o chicote e se inclinou sobre Costia indo o mais fundo que podia,estocou com brutalidade até gozar,fazendo com que Costia caísse sobre Ontari .

Ridley apenas falou para Costia soltar Ontari e se retirou do quarto indo tomar um banho.

Ridley saiu praticamente correndo do quarto vestindo suas roupas de qualquer jeito pelo caminho .

-- Lincoln??? _ Ridley chamou entre a mata. _ puta que pariu _ exclamou levando um susto por Lincoln aparecer do nada._ eai cara ,gravou tudo?

-- gravei  sim _ diz Lincoln mostrando a câmera _ vou precisar de um psicólogo depois de hoje.

-- somos dois então _ diz Ridley suspirando.

-- você parecia estar se divertindo lá _ diz Lincoln curioso.

-- sexo é sexo cara ,mas mesmo elas sendo muito gostosas e loucas ...sei lá cara eu não me senti bem lá._ Ridley suspira caminhando para sua tenda _  eu me sinto tão suja .

Os amigos caminharam sem nada mais dizer até a tenda/barraca/quarto de Ridley.




Etapa Completa …

Alvos Neutralizados!...?


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...