História Konoha: O Recomeço - Capítulo 45


Escrita por: ~

Exibições 14
Palavras 1.293
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 45 - Metal Lee e Boruto vs. Rody


Fanfic / Fanfiction Konoha: O Recomeço - Capítulo 45 - Metal Lee e Boruto vs. Rody

Rody:

Depois de ter sido traído pelo meu melhor amigo, começamos a reconstruir um novo covil para a Akatsuki. Demoramos dias, além do mais, vocês acreditam que todo o nosso dinheiro estava na ilha? Yoshio foi bem esperto em fazer isso.

Teria no máximo sete distritos naquela ilha. Abrigando: Novatos, Veteranos, Líderes, Líderes de Equipes, Comissão, O Distrito de Yoshio e... um particular para mim e Emy.

Eu ficava sem tempo para ver ela. Afinal, tínhamos que correr atrás de tudo depois que... aquilo aconteceu. Perdemos praticamente tudo, exceto os nossos fieis companheiros.

Decidimos dividir tudo em equipes com os membros mais fieis. Eu nem lembro ao exceto toda as equipes, mas sei que são cinco. Vou tentar falar de cabeça.

Primeira Equipe: Yoshio e Emy

Segunda Equipe: Chyome e Orid

Terceira Equipe: Kyana e Moeji (muito bons em Elementos)

Quarta Equipe: Kopeni e Zinge (melhores quando se tratam de genjutsus, chegando perto até mesmo do Yoshio)

Quinta Equipe: Chinato e eu

Na minha opinião éramos a melhor formação. Para cada equipe, decidimos fazer algo novo. Demos anéis para todos os dez. Pelo menos eu fiquei com um anel verde escuro, Chinato com um vermelho. Não sei os dos outros, quem cuidou disso foi Yoshio.

Eu estava acordado ainda pela manhã. Decidi desfrutar do tempo e fazer uma visita em Konoha. Acompanhado somente por Chinato. Ele e eu preferimos uma caminhada ao invés de ser um teletransporte rápido.

Pelo menos já estávamos bem próximos. Isso já é um avanço!

- Ei, como acha que estamos agora, Chinato?

- Er... bem. Aliás, muito bem mesmo. Nunca vi eles tão entusiasmados com isso.

- Sério?

- Sim. Principalmente o se irmão! Até agora a equipe dele foi a que mais fez missões. Eu e você não temos muito destaque nesta lista. Ou seja, somos os últimos quando se trata de missão.

- Quer dizer que... de vinte missões, por exemplo, fizemos apenas duas?

- Duas? Isso é muito. Fizemos apenas uma. Eu prefiro dizer que trabalhamos quietos.

- Uau. Você tem o dom de explicar as coisas.

- Hehehe.

- Ok, paremos aqui.

- O que foi?

- Sinto o chackra de algum idiota.

- Maravilha!

- Se esconda entre aquelas árvores. Eu acabo com isso seja o que for.

- Beleza, Rody. - ele saltou de perto de mim e foi no local que indiquei.

Esperei ali encostado em algumas pedras por aquela tal pessoa. Sintia que ela se aproximava cada vez mais, em alta velocidade.

- Rody! - uma voz eclodiu atrás de mim. Até onde eu me lembre... essa voz irritante era do, ah não! Ele não! Esse cara ainda não morreu?!

- Metal Lee? - olhei para o alto nada surpreso e me teletransportei para a frente deixando que ele batesse sua kunai no chão.

- Você por aqui seu idiota! Saia já das dependências de Konoha!

- Você ainda continua falando muito. Cala essa boca e me deixe continuar a caminhada.

- Jamais! - ele veio em uma imensa velocidade para cima de mim. Simplesmente dei um salto para trás e me teletransportei para cima de um monte.

- Você é mais burro que eu imaginava. Isso é o máximo que sabe fazer?

- Você usa somente ninjutsu! Não sabe fazer outra coisa além disso! Eu... te desafio para uma luta eu e você, mano-a-mano, somente com... taijutsu! - ele sorriu.

- Cala essa boca! Eu vou quebrar a sua cara!

- Ih... parece que o "Destruidor de Mundos" virou, o peidão.

- Já chega! - saltei até ele, aceitando seu desafio idiota.

Como planejado, nos confrontamos um contra o outro. Somente no taijutsu mesmo. Investi uma sequência de porradas contra suas partes do corpo mais frágeis. Lee apenas defendia com movimentos simples.

Estava ficando furioso, eis que saco minha kunai e começo a tentar perfurar ele. Sem sucesso, dou uma joelhada contra seu estomago o jogando até uma árvore.

- Você perdeu! - disse assim que vi ele ali estirado.

- Acho que não... Jutsu de Substituição! - ele apareceu atrás de mim e deixou que um tronco aparecesse no seu lugar.

Recebo uma imensa solada contra minhas costas indo bater a cara na árvore. Esse idiota me enganou! Disse somente taijutsu e... maldito!

Fiquei ali estirado ao solo e juntei meus dois palmos fazendo os selos corretos para invocar um clone elétrico.

Assim que feito apenas esperei que ele se aproximasse.

- Hm... nunca pensei que viria essa cena.

- Kage Bunshin no Jutsu! - criei apenas um clone que nasceu ao meu lado.

Ele começou a rir.

- Isso é o máximo que pode fazer?!

- Você mesmo sabe que meus clones elétricos tem uma certa diferença. Se eu fosse você eu.... esperava a morte.

Meu clone avançou contra ele e ambos travaram uma luta com taijutsu. Olhei para a batalha e vi que meu clone era mais esperto que eu quando se tratava de taijutsu.

- Parem! - Boruto saltou no meio dos dois e destruiu o clone com apenas um toque, fazendo com que ele voasse longe.

Me levantei lentamente e saquei minha katana olhando para ele.

- Rody?! É você amigo?!

- Eu não sou seu amigo! - corri em direção a ambos deixando com que diversos clones fossem criados atrás de mim. Minhas habilidades surpreendiam até a mim mesmo.

Saltei a esquerda para derrotar de vez Metal Lee, deixei que o resto dos clones cuidasse de Boruto. Eles ficaram ao redor de Boruto impedindo a sua saída. Realmente, eram muitos clones.

Envolvi todo o meu chackra de Raiton em minha katana e lancei ela contra o rosto de Metal Lee.

Me teletransportei por meio do Rinnegan atrás dele. Como previsto, ele decidiu saltar esquivando do meu jutsu. Peguei a katana e já me ergui com ela e atingi as pernas de Metal Lee que tentava pousar no solo.

Não consegui cortar elas, apenas impossibilitei o movimento da perna direita por alguns dias. Aquele magrelo esquizofrênico tinha uma resistência física ótima.

 Boruto observa Metal Lee indo ao solo e consegue desaparecer com todos os clones ali em.... um piscar de olhos...

- LEE! - ele vem correndo até o corpo de começa a inciar o tratamento de cura.

- Isso é patético.

- Não... isso se chama amizade!

- Tanto faz... Karyuu Endan! - fiz os devidos selos e uma raja imensa de fogo foi criada avançando contra Metal Lee e Boruto. Aquilo podeira destruir qualquer coisa que visse pela frente.

Boruto de primeira ficou sem reação, logo depois sorriu e me encarou. Fez o selo do Tigre primeiro, e terminou com o do Pássaro. Arregalei os olhos pois era algo que não esperava.

- Daibakufu no Jutsu! - uma enorme quantidade de água foi criada atrás dele e veio avançando contra a minha rajada de fogo.

Simplesmente tentei manter mais um pouco. Não queria usar o Rinnegan para acabar rapidamente com a batalha, seria chato e patético.

Dei um enorme salto escapando do seu jutsu. De cima, elaborei um plano esplendido!

Olhei para trás e vi Chinato ainda na árvore. Por meio de nossos anéis, que também serviam de comunicadores, auxiliei que ele fosse na frente até a ilha. Eu iria logo depois.

Ele seguiu as ordens e em alguns segundos ele desapareceu do meu campo de visão. Voltei meus olhares para Boruto.

- Gouryuuka no Jutsu! - fiz os devidos movimentos com a minha mão, e expeli um enorme dragão de fogo pela boca. Aquilo certamente uma simples rajada de água não iria detonar ele.

Boruto ficou sem reação, e o meu dragão de fogo começou a destruir aquela região.

Me teletransportei com o Rinnegan até a localização de Chinato. Toquei em seu ombro e voltamos para o novo covil da Akatsuki.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...