História Konoha Teen - Capítulo 85


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Gaino, Konoha High School, Naruhina, Sasusaku, Shikatema, Tenji
Exibições 349
Palavras 2.581
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom dia
Boa Tarde
Boa noite


EIII PESSOINHAS ♥ chegaaaaaay com tudo, graças ao nosso soberano e grandíssimo Kami a Internet foi instalada com sucesso ♥ EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
E só para compensar esse tempão todo vou postar um capítulo hoje, segunda-feira vai começar a postagem diária como antigamente e esses tempos eu e a kyara deixamos diversos capítulos prontos então ... borá-la, Postarei esse capítulo hoje só pra comemorar kkk e segunda-feira Lançará o próximo capítulo ♥ BOA LEITURA.

Capítulo 85 - Cuidado com o destino ele brinca com as pessoas ...


Continuação

 

 

 

 

Em Tokyo

 

 

 

Kin POV ON

 

 

 

Eu havia acabado de acordar, ainda não tinha arranjado um emprego desde quando chegamos a Tokyo, na verdade eu não tinha a necessidade de trabalhar porque meu pai me dava tudo então simplesmente ficava o dia inteiro quietinha em casa, desde quando a irritante cor-de-rosa foi levada embora digamos que eu me isolei um pouco e como no ano seguinte mudamos para Tokyo não tive muita opção.

Eu estava sozinha em casa, Eva e meu pai tinham ido fazer compras e obvio que eu não ia junto né… Fugaku estava trabalhando junto com Minato e a Kushina estava fazendo despesa, O relógio marcava 8:00 da manhã então eu simplesmente me joguei no sofá e liguei a TV.

 

 

 

- O SUA FOLGADA VEM ME AJUDAR COM AS MALAS AQUI!_ Gritou uma voz conhecida me assustando e fazendo eu me levantar correndo para a confirmação de que Sakura havia acabado de chegar.

-O que você tá fazendo aqui?_ questionei implicando, mas feliz que ela estivesse vindo nos visitar.

- Bom dia pra você também, eu vim ver minha mãe _ respondeu ela entrando sem nem pedir licença.

 

 

Ela realmente estava mais bonita, seus cabelos rosas que antes estavam medianos ganharam um comprimento longo, parece que ela cresceu mais um pouco e ganhou um estilo incrível. É Londres realmente fez bem a Sakura.

 

 

- Vem cá … vai ficar parada igual a estátua da liberdade ou vai me ajudar a subir as malas?_ questinou Sakura.

- Você mudou … mas sua educação continua a mesma né?

- Não tive tempo de passar na aula de boas maneiras, agora para de me encher e vamos logo!

- folgada_ resmunguei.

 

 

Eu a levei até o quarto de hóspedes e lá ela se instalou, mesmo reclamando e implicando eu a ajudei e conversamos muito ela me contou tudo o que houve com ela até agora e eu fiz o mesmo.

 

- Então quer dizer que você é vasp?_ questionou ela.

- Vasp? O que é isso Sakura?

- Vagabundos anônimos sustentados pelos pais!

- Palhaça … isso vai ser só até eu arranjar um emprego.

-Entendo …

- Quer conhecer um pouco de Tokyo?_ Perguntei a ela afinal não tinha nada para fazer e no fundo eu não odiava a Sakura tanto assim …

- Só se for agora.

 

 

Ela aceitou meu convite, esperou eu me arrumar e partimos, levei ela a um restaurante de comida japonesa e como eu já esperava ela odiou. Depois levei ela até uma praça aonde alguns Japoneses gatinhos mexeram com a gente e até pediram nosso telefone, mas a Sakura fez questão de me envergonhar perguntando se o pênis deles eram realmente pequenos.

 

 

- Bakas _ Respondeu os japoneses.

- Ele tá me xingando Kin?

- Sim, de Idiota … _ respondi.

- Ah … ninguém me xinga não, vem aqui seu japonês safado eu vou abrir seu olho na porrada _ Disse Sakura correndo atrás dos japoneses e me fazendo correr atrás dela, afinal no japão agressão da cadeia.

 

 

Depois de tantas aventuras para um dia só, tomamos um sorvete e voltamos para casa e quando chegamos lá encontramos Eva, Madara, Kushina, Minato e Fugaku que paralisaram totalmente quando viram a princesa jujuba.

 

 

Kin POV OFF.

 

 

Sakura POV ON.

 

 

Foi muito bom conhecer tokyo com a Kin, mas quando retornamos tive uma recepção esperada minha mãe veio correndo, chorando e pulando em cima de mim.

 

 

- Minha balinha de iogurte, como você tá linda … que saudades, como meu bebê cresceu_ Disse ela chorando, acariciando meus cabelos, me abraçando, me beijando com seu jeito “eva” de ser.

- Mãe eu também estou com saudades mas não exagera _ disse eu abraçando a de volta.

 

 

Eu estava morrendo de saudades da minha mãezinha mas me segurei para não chorar, realmente foi emocionante vê-la depois de 6 anos.

 

 

- Que fofas _ disse Kushina.

- Que bom que veio nos visitar _ Completou Minato.

- Está namorando?_ perguntou Madara.

- Eu não ..._ respondi revirando os olhos.

- Que bom!

 

 

Depois de um tempo casado com minha mãe, Madara começou a agir feito um pai comigo.

 

- É uma honra tê-la conosco de novo _ disse fugaku.

 

 

Eu passei os olhos pela casa inteira.

 

 

- Se tá procurando o Sasuke sinto muito em te dizer que ele ficou em Konoha._ Disse minha mãe

- Jura mãe? Acho que eu vou chorar … porque eu realmente sai de Londres vim até aqui em tokyo só pra ver o Sasuke, que decepção !! _ Respondi ironicamente.

- Eu não duvido nada_ completou Kin.

 

 

 

Confesso que fiquei impressionada por saber que Sasuke continuo em Konoha, mas de qualquer jeito fui lá para rever minha família e saber se eles compareceriam ao casamento do Naruto, depois desse reencontro conversamos e dormimos, eu não ficaria lá por muito tempo apenas por três dias.

 

 

Sakura POV OFF.

 

 

 

Em konoha.

 

 

 

Ino POV ON

 

 

 

Acordei com uma dor de cabeça imensa, o quarto que a Konan me deu estava todo bagunçado, mirei em direção ao que relógio marcava as 5:00 da tarde, desengonçada com o cabelo bagunçado e de pijama eu desci as escadas devagar e dei de cara com a Konan conversando com Naruto e Hinata.

 

 

- MI-SE-RI-CÓR-DIA!_ Disse Konan ao me olhar.

- Quem é ela ?_ sussurrou Naruto.

- Sério que você não tá reconhecendo? _ Disse Hinata caminhando na minha direção e me abraçando.

- Quanto tempo garota, você está incrível!_ elogiei minha amiga que continuava linda.

- Eu ainda não sei quem é ela …

- É a Yamanaka, Naruto! _ respondeu Konan.

- Ino? É você? Eu pensei que o faraó tinha saído da tumba _ Disse ele com um tom de zoação.

- Palhaço, é porque eu acabei de acordar.

- Você mudou, está mais magra, mais branca … foi pra alguma balada ontem a noite para acordar essa hora?_ perguntou Naruto.

 

 

Se ele soubesse que passei a noite toda rebolando para um monte de caras que eu nunca vi na minha vida para ganhar 300,00 e gastar tudo com meu “consumo”, Ele teria pena de zoar minha cara pálida.

- A ino agora está assim, ela sai quase todos os dias e volta só as 5:00 da manhã, dorme o dia inteiro e depois sai de novo _ respondeu Konan.

- E pra onde você vai em mocinha?_ questionou Hinata com uma sobrancelha levantada.

-É … eu trabalho como … como … como porteira no horário noturno por isso que volto tão tarde_ respondi disfarçando e cruzando os dedos para que comprassem minha mentira.

- Interessante, mas você não queria ser modelo?

 

 

O naruto continuava o mesmo curiosinho de sempre …

 

- Querer não é poder né Naruto?

- Errado, nada é impossível se nos esforçamos e corrermos atrás!_ disse ele confiante.

- Não tenho tempo para ficar “correndo” atrás das coisas daqui a pouco tenho que trabalhar, foi um prazer reencontrar vocês.

- Fico feliz que você esteja aqui. _ Disse Hinata sorrindo.

 

 

Voltei a deixar Konan e os “pombinhos” conversando, me dirigi a cozinha abri a geladeira e nem uma daquelas comidas me desciam, bolo. Biscoitos, pão … nada batia com o meu desejo, então tomei uma xícara de café, tomei um banho, vesti uma leggin e o meu blusão da Gap, soltei meus cabelos e sai novamente para aquela boate asquerosa, cheias de homens nojentos alguns casados, outros não, alguns bonitos, outros tão feios que se chupassem um limão, o limão que faria careta. Antes de “trabalhar” passei no beco e comprei uma “pedrita” é assim que era nomeado o crack na região, só louca de pedra seria capaz de dançar para um monte de caras nojentos e infelizes porque se fossem felizes jamais frequentariam um lugar como aquele!

 

 

Ino POV OFF.

 

 

Tenten POV ON

 

 

O naruto e a Hinata haviam saído, Neji estava dormindo então eu resolvi dar uma volta, vesti um longo vestido listrado e um chinelinho combinando com a roupa, fiz um coque bagunçado, apanhei minha bolsa que estava em cima do sofá e sai. Caminhando pelas ruas dei de cara com uma loira que não me era estranha.

 

 

- Temari?

- Tenten_ respondeu ela correndo na minha direção.

- TEMAAAA_ Gritei correndo na direção dela.

 

 

Nos abraçamos e pulamos feito duas crianças bobas.

 

- Quanto tempo_ disse ela.

- Verdade, eu cheguei a Konoha antes de ontem.

- E nem me avisou para eu poder ir te visitar!_ reclamou temari.

- Quando eu cheguei a tropa tava reunida na casa da Hinata.

- A tropa? Que tropa?

- Shikamaru, Sasuke, Pain, Gaara e até o Neji tava lá, pra completar ele tá “hospedado” lá.

- Afe_ disse temari revirando os olhos.

 

 

Ela me convidou para tomar um sorvete e eu aceitei, quando íamos nos virando demos de cara com outra loira que não era estranha para nós duas.

 

 

- Ino?_ Disse eu e Temari ao mesmo tempo.

- Não, a loira do banheiro_ respondeu ela revirando os olhos.

 

 

Corremos abraçamos ela que retribuiu o abraço.

 

- Mas você tá parecendo mesmo!_ completou temari.

= Vem tomar um sorvete com a gente_ convidei.

- Ah desculpa, deixa pra outro dia eu tenho que trabalhar_ disse ela se retirando.

 

 

Ela estava um pouquinho estranha.

 

 

- Mas não vai fazer mal se eu chegar atrasada só hoje _ Falou Ino retornando de costas .

 

 

 

Após reencontrar minhas duas melhores amigas, tomamos um sorvete e conversamos sobre várias coisas, a Temari parecia ser a mesma louca mandona de sempre mas a Ino tinha algo nela que eu não sabia explicar, o olhar desconfiado, a voz, o estilo tudo nela estava muito mudado.

 

 

Tenten POV OFF.

 

 

 

Ino POV ON

 

 

Reencontrar Tenten e Temari só fez minha autoestima diminuir mais ainda, Konan, Hinata, Tenten, Temari eram bonitas e agora estão maravilhosas, enquanto eu … eu me pergunto como a Sakura está afinal de todas ela foi a quem eu menos conversei todos esses anos.

 

 

- Mas e ai Ino, o que você planeja fazer?_ questionou Temari.

 

 

Para falar a verdade eu não planejava fazer nada da vida, eu estou tão perdida quanto um cego em tiroteio, desaprendi o que é amor, amizade, carinho, to sem rumo, sem fé, eu acreditava no céu e agora estou sem chão nem um!

 

- Ainda não sei_ respondi suspirando.

- Como assim “não sei”, você retornou para Konoha sem nem um objetivo?_ questionou Tenten.

- Retornei para o casamento da Hinata e do Naruto_ respondi confiante.

- Então quer dizer que se eles casar só no final de ano você vai ficar o ano toda sem fazer nada?

- Não sei … eu consigo me virar com meu trabalho de porteira.

- E sua faculdade de moda?_ relembrou Temari.

- Vai pagar pra mim?_ perguntei.

- Não tenho dinheiro nem pra pagar a minha, dirá a sua_ respondeu ela.

- Então acho que eu não vou fazer _ retruquei ironicamente.

- a U.K oferece bolsas para quem não tem dinheiro o suficiente para pagar, as provas valendo a bolsa vão até o fim do mês e as aulas começaram só mês que vem, o dia ainda não foi dito. Porque você não tenta?_ Disse Tenten me entregando um panfleto que dizia o endereço e o telefone da universidade.

- Eu vou pensar, de qualquer jeito obrigada.

 

 

 

Depois disso conversamos mais um pouquinho descobri que ela e a Temari iram fazer faculdade lá, informei a elas que a Konan também iria fazer faculdade no mesmo lugar e elas comemoraram. Eu sinceramente não ia entrar para essa faculdade, muito menos fazer essa tal prova, eu não tenho tempo para fazer essa faculdade, apesar que trabalhar como designer de moda sempre foi meu sonho, mas acho que alguns sonhos não são para tais pessoas. Existem pessoas que realizam, e outras que apenas sonham … Bom eu faço parte das que sonham.

 

 

- Agora eu tenho que ir ou então serei demitida_ me despedi das meninas e fui trabalhar.

 

 

Eu assumo que fico muito feliz quando reencontro elas, parece que a velha Ino volta a tona, a Ino que sorria, amava, brincava, a Ino que era feliz! Quando eu estava com elas parece que todas as lembranças e sonhos vinham suavemente e invadiam minha mente, muitas vezes me distraindo das conversas.

 

 

- Você está atrasada!_ Disse o meu “pesadelo”

- Desculpa Dinho isso não vai se repetir …

- É bom mesmo se isso se repetir você já sabe o que te espera né?_ Disse ele retirando um soco inglês de seu bolso e me mostrando.

 

 

Além de trabalhar 12:00 horas por dia para ganhar uma merreca que não serve nem pra pagar um aluguel, eu assim como várias outras meninas que eram exploradas naquela boate nojenta sofríamos maus tratos toda vez que chegávamos atrasadas ou não fazíamos o “servicinho” para aqueles clientes nojentos direito. O pior de tudo é que se eu me demitisse eu morria!

 

 

- Tá esperando o que em sua vadia, vai trabalhar que hoje a casa está cheia!_ Disse dinho me empurrando em cima do sofá.

 

 

Ah como eu odeio ele, se eu pudesse eu o mataria.

 

 

- Você tem 10 min para se trocar, caso ao contrário eu quebro esse rostinho pálido _ disse ele gritando e batendo a porta ao sair.

 

 

Se por um momento eu acreditava que tudo podia dar certo quando eu tava com as minhas amigas, quando eu chegava aqui era despertada desse tal “sonho” e me tocava de que meu destino tinha mais a ver com um pesadelo!

 

 

Ino POV OFF.

 

 

 

Enquanto Isso …

 

 

 

Neji POV ON

 

 

 

Acordei com Gaara me chamando.

 

 

- Neji não se esqueça que você é a rapunzel não a Bela adormecida. _ disse ele caçoando de mim.

- Que horas são?_ perguntei ainda sonolento.

- 8:00 da noite, foi para a farra ontem?

- Não, só não tinha nada para fazer então resolvi dormi.

- Se arruma ai tarzan, eu e o sasuke trouxemos uns goró pra gente beber!_ Disse Gaara se retirando do quarto.

 

 

Eu me levantei vesti uma regata pois estava sem camisa e me dirigi até a sala, percebi que a casa estava vazia e só havia Gaara e sasuke na sala.

 

 

- Cadê o Naruto, a Hinata e a Pucca?

- Se você que mora aqui não sabe imagina eu, a porta estava aberta então eu fui entrando _ respondeu Gaara.

- A porta estava aberta?_ questionei.

- Sim ou tá achando que eu e o Gaara veio voando e entramos pela janela?_ respondeu Sasuke.

 

 

Desconfiei porque a Tenten sempre fecha a porta, será que aconteceu algo? Eu não estou nem ai não tenho mais nada a ver com ela, digamos que somos apenas “colegas”.

 

 

- ele tá preocupadinho com a Tenten!_ insinuou Gaara.

- Tou preocupadinho com sua irmã otário_ Disse eu me sentando no sofá e tomando uma latinha de cerveja.

- Não mais cá entre nós, você ficou mexido com a volta dela né?

 

 

Eu pensei em dizer não, mais no fundo era verdade eu fiquei mexido!

 

- Sim, ela foi muito importante pra mim, confesso que eu fiquei mexido mas não muda nada.

- Entendo ..._ disse Gaara.

- E se você reencontra-se a Ino?_ perguntou Sasuke.

- Não quero vê-la nem pintada de ouro.

- então tampa os olhos porque eu vi ela, com a Tenten e com a Temari na sorveteria hoje!_ Disse Sasuke surpreendo a mim e principalmente ao Gaara que ficou pálido na hora.

 

 

 

 

 


Notas Finais


Por hoje é só...

- > PRÓXIMO CAPÍTULO SEGUNDA-FEIRA DIA 17


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...