História Kpop Horror Show - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, K.A.R.D, Red Velvet
Personagens B.M, Irene, Jimin, Jisoo, Jiwoo, Jungkook, Lisa, Seulgi, V
Tags Blackpink, Bts, Horror, Idols, Kard, Kpop, Medo, Red Velvet, Show, Susto
Visualizações 7
Palavras 882
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei! Com mais um capítulo da fanfic!
Espero não ter deixado nenhum de vocês ansiosos, viu?! Hehe

Vou tentar fazer e postar o mais rápido possível. E prevenir a fanfic de ser excluída desse rascunho ;u;

Sem enrolação, bora até as notas finais!

Capítulo 2 - Ataque dos gatinhos


Fanfic / Fanfiction Kpop Horror Show - Capítulo 2 - Ataque dos gatinhos



P.O.V Jiwoo


Aigoo, que susto! Caímos de repente no meio de um buraco, estou começando a ficar meio assustada aqui. Mas não vamos desistir! Vamos formar uma equipe, mesmo que não seja somente com o B.M. E se nos juntarmos aos outros idols? Acho que pode ser interessante.


– Jiwoo, vamos ter que achar um lugar para ficar por aqui. Eles disseram que existem quartos por aqui - B.M diz para mim. Ele sempre parece um líder.

– E sair por aí nesse escuro?

– Claro, oras! Tem alguma ideia melhor? – Definitivamente, o melhor que podíamos fazer era procurar o que fazer nessa escuridão.


Saímos pelo corredor e não encontrávamos nada, nada mesmo! Parecia que estávamos andando em círculos. Mas eu sempre prestava atenção nos mínimos detalhes na parede.

Estava tudo normal, mas muito cansativo. Ficar andando ali por horas? Nem pensar!


– Matthew... Vamos parar? – Eu olho para ele com cara de pidona – Não aguento mais ficar aqui só batendo perna!

– Mas, Jiwoo... Temos que achar algo de importante!!

– Não podemos parar só um pouquinho...? Ah vai, por favor!!

– Ok, ok... Daqui 10 munutos a gente volta a procurar.


Adoro usar meu jeitinho para convencer as pessoas. Se não funcionasse, eu ia encher o saco dele até pararmos.

Sentamos por ali e eu continuei a observar a parede, o teto, o piso... Eu sou muito curiosa. Comecei a passar a mão pela parede, vai que tinha algum botão ou aqueles tijolos soltos? Passei a mão e fui passando por toda a parede. Ela era áspera, com tijolos cinzas ou pretos, não conseguia enxergar naquela escuridão.

Estava um tédio só, eu queria fazer algo, não esperar! Mas só íamos sair depois de 4 minutos. Eu olhava para aquela parede tanto... Tem que ter alguma coisa nela! Eu estava tão nervosa que passei a mão pela parede que nem louca. O B.M olhou pra mim como se eu fosse uma idiota procurando algo. 

Mas a melhor parte foi quando eu finalmente achei mesmo algo!! A parede, depois de um certo ponto, começou a ser lisa e depois áspera. Tinha algo ali. Chamei Matthew e ficamos observando por algum tempo aquilo e tentando descobrir onde aquilo se abre. 

Fomos pensar em procurar aberturas? Só quando eu cansei de procurar. Me deitei no chão e vi um claro saindo de baixo da tal "parede falsa". Decidimos tentar puxar a porta pra cima e... Deu certo!! A porta se abriu e achamos um quarto. Não acredito que conseguimos!!

• • •

O quarto era bagunçado, mas tinha luz e um banheiro. Tinha somente uma cama, mas um colchão no chão. Posso dizer que haviam algumas teias de aranha por ali, umas poeiras por aqui, mas nada demais. Aleluia!

Depois de cada um decidir onde iam ficar e essas coisas, não tínhamos mais o que fazer. E agora que achamos o quarto? Temos que esperar? Ganhamos algo? 

Como sou muito curiosa, eu sabia que devia haver alguma coisa por ali, e sai abrindo as gavetas, armários, e tudo o que tinha por ali.


– Jiwoo, pra que essa bagunça toda no que acabamos de arrumar? – B.M pergunta, olhando para o que eu estava fazendo

– Fala sério, não vamos ficar aqui sem fazer nada. Eu quero achar algo que tenha por aqui!

– Só eu acho que você não vai achar nada? – Após ele dizer isso, ouvimos algumas batidas saindo do chão do quarto. Parecia que tinha uma pequena fechadura ali.


Ficamos procurando alguma chave por o que pareciam horas, e já estávamos começando a ficar bem cansados. Até que, atrás do espelho do banheiro, haviam 2 chaves.


– Olha só quem achou as chaves! – Digo para Matthew, que olhou pra mim animado

– É isso aí, Jiwoo! Vamos abrir a fechadura.


Testamos a primeira chave e parecia que já havia encaixado. Destrancamos e, quando abrimos, vimos... Espera, Irene? Seulgi? O que está acontecendo?


– Ah, que tontura... Olá, B.M! Olá, Jiwoo! – Disse Seulgi, saindo daquele quadrado apertado

– Pera... Mas como vocês chegaram aí dentro? – Eu e B.M queríamos saber

– Culpa da Seulgi!! – Irene nos responde, saindo daquele local


Depois que saíram, sentamos numa roda no chão e elas contaram o que aconteceu. Nos disseram que, depois de acharem algumas alavancas e Seulgi abaixar uma delas, nada aconteceu. Mas quando deram um passo à frente, alguma coisa puxou elas pelo pé e prenderam as duas naquele buraco. Estranho e medonho! Devemos tomar cuidado por aqui.

Tudo resolvido, não é mesmo? Menos uma coisa que não saía de mim: Pra que servia a outra chave? Enquanto B.M conversava com as meninas, decidi me levantar e procurar outra fechadura, não havia outra coisa a se fazer, eu achava. Foi até fácil achar algo trancado: um baú velho e empoeirado. Eu nao devia ter aberto aquilo.


– Hey, galera! Eu achei um baú por aqui – Digo tirando a poeira de cima – Vou abrir, okay?

– Espera, Jiwoo! Vamos ver se não tem nada... – Ele diz, mexendo o baú e tentando ouvir algo lá dentro

– Deve estar vazio – Diz Seulgi

– Mas eu vou abrir do mesmo jeito! – Com essa frase, pego a chave e abro o baú.


Dentro do baú tinham... Gatinhos? Que fofura!!

Todo mundo foi para perto ver essas coisinhas lindas... Mas eles nao gostaram muito... Os gatos começaram a ficar furiosos e pular em cima da gente. Socorro, o que eu faço? Esses gatos não para de nos atacar!


Sai! Sai! Eu vou cair!!






P.O.V Jiwoo OFF


Notas Finais


Esse capítulo ficou mais longo que o outro, acho que me animei ^^'
Espero que tenham gostado!
Sugestões? Coloca nos comentários!! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...