História Kryzallis Anther (KAO) -INTERATIVA- - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sword Art Online
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Kryzallis Anther, Mmorpg, Muita Magia, Originais, Romance, Rpg, Sword Art Online, Vrmmorpg
Visualizações 29
Palavras 4.489
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Well, é o último capítulo que enviarei neste mês pois tenho fics para atualizar além dessa pessoal.

Desculpem os erros ou qualquer descrição errada, estou com sono e por cima irei pra escola com sono, mas isso foi pra deixar vocês com um capítulo pala lerem, e aliás, aqui tem música :v

Acho bom observarem a música que coloquei, retrata um pouco vossa Aurora.

Ps: Estarei discutindo coisas nas notas finais.

Capítulo 9 - Boss, e um novo andar.


Fanfic / Fanfiction Kryzallis Anther (KAO) -INTERATIVA- - Capítulo 9 - Boss, e um novo andar.

O som de metal era distribuídos em todo o local, acordando assim os três garotos presentes considerando que a garota, que estava em uma jaula separada dos três, utilizava de sua rapieira para quebrar as barras da jaula de ferro.

- POR. QUE. ESSA. MERDA. NÃO. QUEBRA ?! - Batia freneticamente com a raiva no olhar, e qualquer um que olhasse para ela, bom... Iria encontrar o inferno. - PORCARIA, EU TENHO TEMPO SABIA ?! - Bateu mais uma vez porém o impacto fez com que um forte som seja distribuído pelo local, causando um eco e até mesmo um barulho irritante.

- Ahn... - Z tentou argumentar mas o olhar de Aurora perante si fez com que se encolhesse no canto da grade em que estava. - Desculpa, não faz nada comigo desculpa! - Balançava as mãos freneticamente com um grande medo do olhar da garota ao outro lado da sala.

- ... - Aurora se calou por um momento e se sentou na jaula também em silêncio. - Idiotas. - Todos ficaram sem entender o comentário da garota.

Detalhando o que todos passavam em exato momento, estavam trancafiados em uma sala completamente arenosa onde do lado esquerdo estava uma jaula onde os garotos estavam presos, e do lado direito a jaula onde Aurora estava solitária e as barras que estava batendo indicavam arranhões, mas se regeneravam com o tempo.

- Você por acaso tentou usar alguma skill para explodir a tranca ? - Aaron perguntou para a garota que o olhou de soslaio, pelo fato de ter coberto o rosto com os braços e as pernas, fazendo assim com que apenas seus olhos e parte da testa e cabelos sejam vistos.

- É uma área anti-tudo. - Sua voz saiu abafada e logo após isso olhou as mãos que estavam avermelhadas pelo esforço. - Seja o que aquelas formigas forem, elas não possuem um padrão, mas sim possuem vida própria e agem como uma pessoa humana agiria, só não falam. - Suspirou deitando no ferro frio da jaula de lado, olhando para todos os garotos do outro lado. - Me pergunto desde quando a virtualidade evolui tanto assim...

Z estava encostado também em um canto da jaula enquanto Midnight estava junto a Aaron, ambos sussurravam um plano, mas aquilo não era importante no momento, pois a porta de ferro foi aberta, fazendo vento soprar e um pouco de areia ir para todos os lados, Aurora fechou os olhos fingindo dormir e não demorou para fazer o mesmo, ouvindo assim os sussurros de ambos os garotos, e a porta de uma das jaulas abrir. Ouvindo passos pesados do outro lado da sala a garota abriu os olhos vendo que formigas agiam como pessoas humanas, observando o perímetro em volta e falando uma linguagem tanto quanto estranha, assim pegando Z que utilizou da tática da garota e indo embora o arrastando e fechando a porta da outra gaiola, mas antes disso Z deixou um pequeno pedaço de um graveto que tinha achado pelos cantos da gaiola, fazendo com que a porta de tal jaula tenha dado a impressão de ser fechado, mas não. E assim quando saiu de lá sendo arrastado por tais formigas, uma cena tanto quanto cômica, deu um pequeno sorriso a garota que conseguiu entender tudo.

- Ô gente... - Aurora comentou se levantando, chamando a atenção dos dois garotos que não tiveram medo (Ou tiveram) de encarar tais formigas.

- Fala... - Midnight comentou ficando em pé também, mas por coincidência se apoiou na porta que estava solta, assim caindo de cara na areia e fazendo Aurora literalmente rachar o bico junto com Aaron. - PAREM DE RIR DA MINHA DESGRAÇA!

- ME DESCULPA MAS NÃO DA! - Aurora falou em um tom afinado e com a mão na barriga se recompondo em seguida. - Mas agora fiquem em silêncio e saiam da porcaria dessa sala. - Aaron olhou para Aurora estranhando, e apenas uma única palavra estava em sua mente, "Bipolar".

- Okay. - O loiro saiu de dentro da jaula, e esquecendo do corpo de Midnight acabou por pisar nele arrancando suspiros de risadas que Aurora continha, e apoiou as mãos na grade da jaula da mesma a olhando seriamente. - Mas você vai ficar bem ? - O tom de preocupação era claro e isso acabou por incomodar Midnight que tentou levantar, mas as dores impediam o movimento, a areia poderia ser fofa mas era apenas uma fina camada que cobria puro metal.

- Na medida do possível! Eu acho... - Aurora tentou ser um pouco gentil dando um leve sorriso apreciando a preocupação do garoto em sua frente, e se aproximou das grades, colocando as mãos frias sobre as de Aaron que se surpreendeu. - E não precisa se preocupar, eu vou ficar bem aqui, basta pegarem a chave e me tirarem daqui... Eu até que tenho um pequeno medo de ficar sozinha. - Aaron corou perante a aproximação da garota, mas após ter as mãos abandonadas pelas mãos frias de Aurora "acordou" para a vida.

- O-ok... - Midnight estava se levantando, olhando para os dois com uma cara estranha, ciúmes ? Talvez. - Midnight, vamos ? - Perguntou segurando a espada com a mão direita, mas acabou por ter sido deixado no vácuo, e Midnight andou até a porta a abrindo e saindo dali a passos rápidos. Aurora vendo tal cena ficou com uma cara pensativa.

Ela realmente estava mexendo com ele.

.

..

...

Z que estava desde então sendo arrastado por formigas, um fato engraçado e estranho, teve as mãos presas para que não pudesse acessar o menu e tirar algum item.

- Ahn... Pra onde a gente vai ? - Tentou conversar com tais formigas, e vendo que não seria respondido, mesmo podendo ou não ser respondido, continuou a andar dentre os túneis arenosos, até que viu novamente aquela formiga obesa e negra segurando o que seria uma bola de demolição ligada á correntes em seu corpo. - "Sinto que todas entendem o que falo" - Pensou sem nada para fazer a não ser andar, e notou logo a frente uma parte do túnel em que estava onde se abria, para uma vasta caverna que continha brilhos em tom amarelo.

Ao entrar no que seria outra entrada, ou a saída deu-se a percepção de que o teto da caverna não existia mais, e das bordas caiam areia, o piso como sempre era arenoso, e composto por rochas sólidas, com alguns buracos onde se davam para ver casulos de novas formigas, mas logo a frente, onde se localizava o que seria um trono estava uma formiga com aspectos de um corpo feminino, e claramente não deveria medir esforços para ver que se tratava de uma formiga-rainha, e sentiu seu corpo sendo empurrado, assim se ajoelhando perante a grandiosa rainha, que com a mão direita humana fez um aceno, fazendo todas suas servas do ninho ficarem em postura.

- Ahn... Oi ? - Z sentiu quer era o momento de falar, e com uma das mãos tal formiga rainha criou linhas roxas no ar, que gerou letras similares ao japonês coisa que entendeu rapidamente.

"Por que entraram no meu ninho e destruíram parte da colônia ?"

- Moça, acontece que eu não sei de nada, eu fui o último a entrar nessa tal "Colônia".

"Está mentindo"

- Não, eu não estou, isso é realmente sério, apesar de que-

A rainha bateu uma das mãos no trono e rapidamente escreveu mais palavras.

"Você já está me irritando, fale logo a verdade ou será alimento das larvas!"

Tais palavras fizeram Z se arrepiar, morte por comilância de larva não estava em sua lista de mortes preferidas, preferia morrer no frio, sentindo aquela coisa de querer estar quentinho, coberto por uma coberta... Mas era hora de pensar em outras coisas.

- Ma-mas moça, eu vi que três players entraram aqui antes de mim, e por conta disso os segui pa-para ver se chegaria a algum lugar! - Falou uma verdade coberta de mentira, e no cursor de sua visão apareceu uma mensagem que o fez ficar descrente do que leu.

-/Nova quest iniciada: Traidor oval/-

-/Descrição: Você dedurou seus companheiros de luta e está prestes a se livrar das mãos de Aranya, ela não quer que destrua seus ovos para assim revolucionar a colônia com mais sete formigas-rainhas, mas seria capaz á tentação de ter matado com suas próprias mãos a boss do andar de forma genocida ?/-

-/Ganho de exp: 190000 (Um bônus de 100000 pelos sete ovos destruídos)/-

- "É sério isso ?" - Pensou consigo mesmo, observando aquela janela escrota da quest, e como o spoiler havia dito Z foi livrado das algemas, e caindo livre no chão pensou seriamente sobre a quest, até que viu uma formiga voar de encontro com o que seria o rosto da rainha, assim a tornando irritada ao ver um dos seus mortos.

- Z! CADÊ VOCÊ ?! - Ouviu a voz de Midnight e sentiu olhares ameaçadores em volta de si, como se tivesse traído a colônia inteira, impedindo sua saída natural e pacifista. E as antenas da rainha se juntaram formando um raio negro que iria ser disparado contra si, e a única coisa que lhe faltava de escapatória era pular no casulo da larva em sua frente, mas não estava com tanta coragem pra ser comido, até que se lembrou novamente que estava de mãos livres e poderia pegar sua foice, assim a pegando e sorrindo para as formigas que o rodeavam em um círculo perfeito.

- Cheguem mais perto por favor ? - Se agachou enquanto as formigas caíram na sua provocação e se levantando rapidamente dando surpresa a todos, tocou a ponta da foice no chão, liberando um campo de gelo em cerca de cinco metros. - Frost... - Todas as formigas foram congeladas e tomando um buff de cinco segundos, que o dá 100% em todas as velocidades. - RUSH! - Rapidamente girou cortando a todas as formigas em volta e as matando, a rainha vendo tudo o exército ser congelado á simples cristais soltou uma grande onda de gelo que percorreu o local inteiro, assim acabou que pela sua própria agressividade, rompeu os casulos de onde saíram filhotes mal-feitos.

Completamente arrependida do que tinha feito colocou as mãos humanas em sua cabeça, balançando freneticamente e ficando com raiva, batendo as patas no chão e tomando assim uma aura vermelha. Tal aura sugou todo o vento presente no local causando uma extrema tormenta, e juntando novamente ambas as antenas criou uma espécime de buraco negro da coloração vermelha, que sugou a todas as formigas no local, mas uma em específico, a tal formiga negra mudou sua forma, virando assim uma espécie de mantis cinza, e pulou rapidamente para o teto, assim a bola nas antenas de Aranya foi jogada brutalmente ao chão, e um tremor com raios vermelhos foi feito, fazendo pedras pontiagudas caírem e por algum motivo Midnight, que até então estava fazendo a limpa em formigas foi atingido sem querer, Aaron foi ao seu encontro para ajudá-lo mas simplesmente negou por teimosia e por estar "De mal" com o loiro, que não teve escolha a não ser ficar ao lado de Z.

- Z...

- Hum ? - Comentou olhando para o garoto ao seu lado, e as barras de vida da rainha surgiram acima de sua cabeça, indicando um máximo de 175 barras, e logo ao lado do número estava escrito em explícito: "Floor Boss".

- Cuide do Midnight por favor, por algum motivo ele não quer minha ajuda, eu acho que consigo solar ela... - Z sorriu e abaixou a foice que estava apontada para a Rainha, caso fizesse alguma coisa.

- Okay, mas caso ver que tem dificuldades, por favor deixe-me te ajudar... - Deu de costas á rainha tocando no ombro de Aaron. - Parceiro.

A Rainha perdendo a paciência do discurso com uma de suas patas cortou violentamente o ar e Aaron pulou para não ser atingido, não contando com a presença do Mantis que observando tudo com seu instinto ocultado, saltou em direção ao garoto que não tinha chances de se mover no ar, mas tirou a adaga média do menu e a jogou contra o inseto que desviou o curso de tal ferramenta mas acabou por perder o ângulo e simplesmente cair, e nisso ainda no ar o loiro rapidamente fez três cortes leve com a espada liberando três ondas claras e brilhantes, de coloração amarelada que partiu rapidamente em direção á Aranya e ao entrar em contato com o corpo da mesma penetrou lentamente, causando dano continuo e fazendo suas barras descerem demasiadamente pouco ficando apenas com 173 barras, mas a culpa não era do dano, e sim da resistência da mesma que estava absurdamente alta.

Ao cair no chão, de pé meio sem jeito suspirou temendo o que viria a seguir, pois além de tudo isso, a batalha ainda seria bem longa pelo visto.

- Aaron! - Z correu ao seu lado, e olhou para trás vendo Midnight ao longe.

- Sim ? - Olhou para o garoto que em sua mão direita tinha um chaveiro dourado, e balançou o mesmo sorrindo debochado.

- Olha só o que eu consegui, a chave pra gente tirar a Aurora da jaula dela, talvez ela possa ajudar. - Aranya fez um corte em X com as garras, obrigando ambos a se afastarem, e pisoteou o chão fazendo novamente o local tremer e Z quase largar a chave, mas se manteve firme. - S-Se conseguir aguentar ela rapidinho, eu e o Midnight podemos ir lá!

- Não vale nada custar. - Aaron olhou sério para o Mantis que estava na cabeça de Aranya, a mesma poderia até mesmo ter o tamanho de um prédio com 5 a 8 andares.

- Okay, boa sorte! - Aaron pegou a espada em sua mão direita, e a adaga média, que desde então estava fincada no chão em sua mão esquerda, ao terminar de se preparar deu uma última olhada novamente na Rainha antes de partir correndo em sua direção, e a mesma moveu a garra direita cortando o vento rapidamente, emitindo assim um furacão que veio em sua direção, e novamente criou um raio cujo ao atingir o furacão tornou ele mais selvagem e devastador, sugando até mesmo os filhotes de formiga que estavam em volta, mas Aaron teve uma ideia pensando nos filhotes. - "Ela fica com raiva quando perde parte da colônia ou seus ovos" - Observou em volta, vendo que apenas atrás do trono continham um máximo de sete ovos grandes, envolvidos por musgo e raízes. - "Então aqueles ovos são a fraqueza dela".
 

Com a adrenalina correndo no corpo, e o furacão que tornava a movimentação mais difícil pois se saísse no chão com certeza iria ser sugado para o centro daquilo, então apenas contornou sem que Aranya o visse, pois o furacão que tinha feito também atrapalhava um pouco a visão das coisas e passou por debaixo da mesma que até então não tinha percebido, mas ao passar por debaixo do abdômen ela sentou no chão com o intuito de esmagar Aaron o que foi falho, pois o garoto era mais rápido e partiu para os sete ovos que guardavam futuras rainhas. Mas teria feito cálculos precipitados pelo fato de que ainda existia o Mantis, mas não teve paciência.

- SAI DA MINHA FRENTE! - Fez um corte em X no Mantis que evaporou de exato em pequenos cristais fragmentados, feito de data, assim ganhando um EXP do monstro e jogou rapidamente a adaga média no chão. - REDEMPTION! - Criando um enorme selo no chão de onde saíram espadas sagradas, em um máximo de trinta e cada dez espadas foram em direção aos três ovos que foram destruídos se formando em uma gosma amarela, e nisso esferas vermelhas partiram em direção á Aranya e causaram grande dano á Rainha, fazendo sua barra de HP descer de 173 á 125 descendo um total de 48 barras, ou seja, cada ovo destruído causava uma redução de 16 barras na vida da mesma, e após receber tais esferas vermelhas se enfraqueceu, tendo a defesa da casca reduzida e ficando meio mole. Ali Aaron viu a oportunidade perfeita para atacar investindo contra a formiga e subindo em suas costas enquanto ela ainda se recuperava, pulando em suas costas e fincando a espada a arrastando e rasgando ao meio o casco das costas de Aranya, dando vista a uma espécime de coisa brilhante que pulsava fazendo o garoto ter pequenas náuseas de nojo, ou simplesmente por ser gosmento.

Mas ignorando completamente isto começou a cortar rapidamente aquilo, e vendo que a cada corte que dava seu dano era aumentado em dez vezes e mais vermelho a esfera ficava, após tudo isso a rainha começou a gritar de um jeito estranho, mas a casca começou a se regenerar rapidamente e ela se levantou novamente se debatendo completamente para os lados, assim forçando o garoto a pular para o chão novamente e vendo que sua barra de vida teria descido para 91 barras, já estava cansado e não tinha potes de MP para se reabastecer.

- "Droga, onde estão vocês ?".

.

..

...

Aurora estava ajoelhada no chão, sem nada para fazer com o claro tédio na face. Alguns tremores teriam ocorrido então deduziu que eram o grupo de três garotos agindo, e parou de ficar ajoelhada, assim deitando de barriga pra cima olhando o teto negro da jaula em que estava, cantarolando completamente baixo uma música que teria ouvido no dia passado acompanhando do ritmo primeiramente para depois o canto, pois nunca conseguia cantar algo sem ritmo(Pesquisem pela música Mirror Mirror).

- "Mirror, tell me something...
Tell me who's the loneliest of all ?

Mirror, tell me something
Tell me who's the loneliest of all ?
Fear... Of what's inside me
Tell me can a heart, be turned, to stone ?

Mirror, tell me something...
Tell me who's the loneliest of all ?
Fear of what's inside me
Tell me can a heart, be turned... To stone ?"

Indo em ritmo perfeito com a música que estava em sua mente Aurora acabou por se soltar um pouco e cantar em voz alta, e não em sussurros.

"Mirror, mirror what's behind you ? 
Save me from the things i see!
I can keep it from the world
Why wont you let me hide from me ?!

Mirror, mirror... Tell me something...
Who's the loneliest of all ?

Mirror, mirror what's behind you ? 
Save me from the things i see!
I can keep it from the world
Why wont you let me hide from me ?!

Mirror, mirror... Tell me something...
Who's the loneliest of all ?
I'm, the loneliest... Off... All..."

Acabando por cantar, fechou os olhos azuis por um tempo e ouviu passos apressados no corredor, se sentando no chão férreo da jaula e vendo Z e Midnight surgirem perante a porta.

- Olá, demoramos ? - Z perguntou pegando o chaveiro que continha diversas chaves e tentando uma por uma na fechadura. - Além disso, bela voz! - Estava apressado, e seu comentário fez Aurora ficar sem jeito, estavam ouvindo ela cantar ?

- Sim, o que aconteceu ? - Desinformada, uma coisa ruim que acontece é que Aurora quando fica isolada de notícias parece a pessoa mais burra da Terra.

- Acabamos por achar a floor boss e deixamos Aaron combatê-la, espero que fique bem. - Aurora mordeu o lábio e tentou se lembrar mentalmente da boss do primeiro floor, arregalando os olhos em seguida.

- Ele não vai conseguir matá-la sozinho...

- Por ? - Midnight perguntou surpreso, o desempenho do loiro naquilo tudo estava ótimo até demais.

- Aranya, a floor boss é uma bomba relógio pois quando enfraquece amolece a carapaça dando em vista o seu núcleo de data, e quando se bate muito nesse núcleo a ponto de ficar vermelho... - Uma grande explosão foi ouvida, fazendo o local tremer. - Explode. - Z conseguiu abrir a jaula e Aurora se levantou rapidamente.

- Precisamos correr! - Falou após largar o chaveiro no chão, que foi atribuído ao seu inventário de itens especiais e o trio foi correndo em direção ao barulho da explosão, mas o problema era que após a catástrofe partes do túnel acabaram por cair e bloquear as passagens, mas pelo fato de ser magra (Ou pequena demais), Aurora conseguia passar por alguns buracos que continha em tais bloqueios, e ajudava os garotos abrindo um lugar maior, o que acabou os atrasando.

- Tem mais informações sobre essa tal Aranya ? - Midnight perguntou ao lado da albina.

- Ela tem um movimento especial capaz de dar Hit kill chamado blood thunder, mesmo em um paladino isso dói severamente. - O local tremeu de leve, fazendo a areia cair rapidamente e assim ocorrer um desmoronamento nos túneis, fazendo Aurora ficar sem opções. - Me dá sua mão! - Pegou na mão de Midnight e na de Z, assim novamente invocando um círculo branco á sua frente e os passos se tornaram gélidos, mas ambos os garotos ficaram chocados ao ver um buff de aumento em 999% (O que passava dos limites) da velocidade de movimento da garota. - Cryogenic Flash! - Começou a correr deixando um rastro de piso congelado e pequenas estacas de gelo, assim chegando rapidamente ao local da batalha, onde Aaron estava tendo dificuldades aos olhos da garota, que segurava na mão esquerda e direita bonecos de pano que estavam passando mal, ou até mesmo nocauteados pela velocidade rápida. - AARON! - Gritou pelo nome do garoto que a viu em cima do pico, que se dava entrada para a sala de Aranya.

Entendendo mais ou menos o que ela queria dizer, esperou para que chegasse perto, a vendo saltar da altura daquele pico, se enquanto caia se apoiar em selos brancos com o formato de um floco de neve que apareciam aos seus pés, tais selos que também usou no primeiro encontro que tiveram com a tal formiga negra, ou falecido Mantis.

- Oi... - Perguntou cansado.

- Você por acaso fez ela explodir ? - Percebeu que o garoto ao seu lado estava fraco, e evidenciava alguns ferimentos pelo corpo, mas nada grave.

- Sim... - Novamente mordeu o lábio, se não estivesse em um jogo seu lábio estaria drasticamente sangrando.

- Bom, agora vamos juntos, mas antes. - Pegou alguns potes de HP e MP para o garoto se recuperar. - Beba. - Aaron negou.

- Não, eu ainda consigo me virar. - Aranya que estava em frente a ambos um pouco enfraquecida, teve seus sete ovos quebrados com a explosão e estava com cinquenta e uma barras de vida, o que era muito no meio tempo de Midnight e Z terem ido e voltado com Aurora.

- Okay, mas não me venha chorando caso morrer e voltar pro lobby.

- Ta bom! - Aurora passou a palma da mão em sua rapieira, a envolvendo novamente com o encantamento congelante e invocou um selo negro á sua frente, que criou de início duas pequenas esferas brancas, mas mudando de cor, perdendo o pigmento negro e indo para o branco, um total de dez esferas foram lançadas contra Aranya em um movimento com os braços, e novamente fez tal movimento lançando mais dez, e por fim golpeou o selo com a rapieira, fazendo assim um projétil maior que atingiu a cabeça de Aranya, congelando seu corpo quase inteiro.

- VAI! - Aaron partiu em direção a Aranya e golpeou suas patas que estavam congeladas graças aos projéteis de Aurora, deixando a mesma assim sem a capacidade de andar, e por conta disto caiu de lado no chão, causando um tremor no local. Porém sem se abalar notou a presença de Aurora correndo em sua direção e novamente decidindo gastar todo o MP utilizou da skill Redemption. E vendo naquelas espadas que ergueu uma oportunidade de skill combinada Aurora deu uma rasteira pra ir mais rápido, deslizando na areia e parando ao lado do garoto. - Vamos usar uma skill combinada. - Ergueu o braço que estava segurando a rapieira, apontando a ponta da lâmina de tal tipo de espada para Aranya, formando um selo branco atrás de ambos, que anulou o efeito da skill de Aaron e tornou as espadas com um aspecto divino, sendo tal aspecto espadas brancas envolvidas por uma aura dourada, e assim se teleguiaram em direção á Aranya.

- DIVINE WINTER! - Gritaram juntos no improviso e as primeiras espadas se teleguiaram em direção á Aranya, mas após tais espadas ambos pularam saindo do alcance do selo branco e milhares de espadas surgiram de tal selo feito por Aurora, formando um grande brilho no local e causando dano continuo e forte na Rainha que não teve ao menos um tempo de se debater, pois em questão de segundos sua barra de vida fora drenada por tais espadas congelantes com aspectos divinos, e no fim da skill, todas as espadas que acertaram, o corpo da Rainha se desfizeram explodindo e liberando farpas de gelo no corpo da floor boss, que morreu de uma vez perante a skill dupla. Comemorando a vitória Aurora deu um sorriso de leve enquanto o garoto ao seu lado se sentia satisfeito, sentando no chão arenoso e dando um grande suspiro.

- Ehn... Até que não foi tão complicado assim... - Completamente desgastado, suas ações demonstravam o contrário.

- Para de mentir seu idiota, é claro que está cansado! - Aurora deu um tapa na cabeça do loiro, e um aviso perante o corpo falecido da rainha apareceu, parabenizando ambos de terem matado a grande formiga.

-/Parabéns por terem matado a floor boss/-

-/Como recompensa ambos recebem: 

Uma quantia de 200 milhões em dinheiro.

900.000 de EXP.

Seu nick registrado no lobby, para que todos vejam quem concluiu o andar/-

Aurora apenas achou desnecessário a parte do dinheiro, mas mesmo assim sorriu satisfeita por ter deixado sua marca no primeiro andar, e em seguida o corpo de Aranya desapareceu junto do trono, dando visão a um portal que levaria ao segundo andar.

- Acho que é hora de ir! - Z falou ao longe em um tom claro para todos escutarem, ele e Midnight estavam tranquilos aliás, viram uma luta rápida, digna de dois players porém rápida.

- Sim! - Aaron se levantou, e Midnight se aproximou de Aurora que o olhou com um olhar diferente do comum, parecia estar feliz.

- Parabéns bruxinha! - Bagunçou o cabelo da garota fazendo a mesma revirar os olhos.

- Os créditos não são só meu idiotas, também tem o Aaron... - Midnight ignorou o aviso da garota, e todos conversando, mesmo que de um modo idiota, foram para o segundo andar de tal jogo que ainda lhes teria muito a proporcionar.
 


Notas Finais


Aranya - https://vignette2.wikia.nocookie.net/grandchase/images/9/9b/Aranya.jpg/revision/latest?cb=20111230014108

E bom gente, acho que tenho de discutir com vocês o assunto dos gêneros, pois inicialmente eu tinha a intenção de realmente adicionar o yaoi e o yuri a fanfic, também como hentai ou lemon, mas o problema é que parei de ver essa fanfic com uma classificação indicativa de 18, ou seja: Eu simplesmente acho que não é necessário hentai aqui, pelo simples fato de não conseguir imaginar.

E outro fato também é que acho que ninguém vai aceitar por ai formar um par pra fazer um yaoi ou yuri considerando que tenho apenas 3 a 4 pessoas que comentam pra mim saber a opinião, então tipo... É :v

Apenas debatam, uma tentativa de yaoi ou yuri morreu, mas querem hentai na fanfic ou não ?

E além do mais me deem sugestões para dungeons e vila, eu não consigo pensar em tudo sozinha não, por mais fácil que pareça!

E talvez o próximo saia no fim deste mês, gomen mas eu tenho outras fanfics também!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...