História Kurry Coffee - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Originais, Shounen Ai, Yaoi
Visualizações 44
Palavras 300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


COÉ RAPAZIADAAAA!? Kkkk :v
Oi, negada. Tô sem sono, Tô com tédio e tô sem meus óculos. Talvez saia meio cagado, mas nada que não dê pra arrumar depois. Então, vô posta mais um. Desculpa ;';

Capítulo 5 - O que? Ciumes?? Eu???


Já é sábado. Faz dois dias que emprestei aquela bosta de livro pro Nathan, e ele não apareceu aqui nem uma vez nesses dois dias. 

Gostaria que ele aparecesse por aqui enquanto não estou no meu turno. Sei que mal conheço o garoto, mas sinto falta daquele ratinho na minha biblioteca... Ok... isso soou meio estranho.

Estava terminando de servir duas garotas quando meu celular soa o alarme. Três horas. É o horário em que eu fecho aos sábados. Me despedi das moças e então fui arrumar o balcão e abastecer os armários para a semana que vem, e finalmente, fechar e ir pra minha casinha. 

Chegando em casa, fui regar as plantas. Não consigo ficar parado, socorro. 

Sentei-me no sofá, mas não aguentei muito tempo parado ali. Então me arrumei, peguei o carro e fui pro centro, comprar algumas coisas que faltavam em casa.

Resultado: comprei carne, café, mangás, carne, uma blusa e aluguei um filme. Já falei carne? 

Fui dirigindo bem lentamente até em casa, e isso deixou outros motoristas nervosos comigo. Até que, em uma esquina não muito distante da minha casa, avistei uma menina ruiva de tranças com um garoto, lembrava muito o Nathan. Ah, tá. É o Nathan. 

Acelerei e parei ao lado dos dois que estavam na calçada. Parecia até um maníaco perseguindo duas crianças. 

_ O que faz na rua com uma moça bonita? _ Perguntei com um tom sarcástico. 

Nathan quase teve um ataque cardíaco. Quem não teria medo de um louco esquisitão numa camioneta preta gritando com você no meio da rua? 

_ Em que mundo ela é bonita?  _ Nathan tirou sarro da menina. 

Logo revidei:

_ Não falei com você. Falei com a ruiva. 

A garota de tranças caiu na gargalhada em quanto Nathan ficou com cara de besta.

 

 


Notas Finais


Turn dawn for What ;-; (eu num sei ingreis )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...