História Kytsuné - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Japonesa
Personagens Personagens Originais
Tags Luta
Visualizações 2
Palavras 1
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Quando me perguntei o que eu era estava tonta não sabia o que fazer meus pais estavam ali me olhando pareciam assustados ao mesmo tempo preocupados eu sabia pelo o olhar deles que sabiam o que estava acomtecemdo comigo mais não diceram nada estava tonta de mais então desmaiei quando acordei estava no carro do meu pai

Mãe: filha tudo bem?

Pai: acorde vamos já estamos chegando!

Quando levantei percebi que tinha duas caudas e quatro patas junto com um fucinho

"Mais o que como espera caudaaa! fucinhooo! pataaaaa! ahi! ahi! ahi! ahi! ahi! o que ta acontecendo!"

Fiquei tão assustada que fiz meu pai sair da estrada então meu pai passol para o banco de trás e minha mãe ficou com o volante

Pai: lua calma eu estou aqui não precisa ficar assustada se acalma!

Quando meu pai falou isso me acalmei na hora eu sempre fui muito apegada a ele mais do que a minha mãe fiquei lá nos brassos do meu pai ele me acariciava para me acalmar acabei dormindo quando acordei ainda estava tranformada estava numa abitação estranha não parecia minha casa aranhei a porta era uma casa japonesa percebi pela madeira e pelo tipo de porta concegi sair tinha uma luz brilhante no fim do coredor fui ate la meu pai e minha mãe estavam lá junto com um garoto estranho ele também tinha uma cauda

!?: ha ela acordol finalmente! Você e bem pregissosa

Pai: filha você esta bem?

Não concegi responder a ele minha voz não saia

!?: isso e normal não se assuste animais não podem falar! Vou desfazer isso logo antes que seja permanente

Neste estante ele fez alguma coisa e me transformei de vouta a minha aparência só que estava diferente meus cabelos estavam brancos e longos minha pele estava branca como a neve e as caudas ainda estavam lá

Mãe: você esta bem?

Lua: sim mais o que acomtecel?

Pai: ham hee como podemos explicar

!?: simples você e uma ibrida de uma Kitsuné e uma kiube animais místicos que tem a aparência de uma raposa em sua forma original e que dominam os sete elemento ar,água,fogo,terá,metal,raio e por fim natureza e claro que as Kitsunés também tem o poder da cura mais isso não e importante a não ser que você ache porque eu não acho!

!?: desculpa não me apresentei meu nome e subaro hakusho

Lua: prazer

Subaro: não se empolge muito pode ser bonita mais não gosto de você ibrida

Lua: como e que e quem você pensa que e pra falar assim!!

Subaro: só falei a verdade!

Foi ai que percebi que ele era lindo tinha calelos brancos os olhos dele eram azuis como o mar a pele era mais branca que a minha ele era realmente lindo

Subaro: não pence que vou chamar você de minha linda ibrida

Capítulo 2 - Minha linda ibrida


Fanfic / Fanfiction Kytsuné - Capítulo 2 - Minha linda ibrida



Notas Finais


Bem e isso não sei quamdo o terceiro vai sair por conta da net espero que gostem😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...