História Kyuketsuki Akuma - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 3
Palavras 970
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Ayoo!
Voltei com mais um capítulo dessa maravilha! -q
Desculpem a demora :c

Tenham uma boa leitura ♥ ~

Capítulo 3 - O clã misterioso...


Eu me levantei rápido e peguei do meu cinto um estilete, apontando para o ruivo.

–Ohoho... Até que você é durão... – O ruivo riu de mim e se aproximou, segurando meu pulso, me impedindo de tentar algo contra ele. Ele me puxou pelo pulso, para perto dele, olhando em meus olhos. –Eu sou seu “primo”, sua mãe era minha tia, aquelas pessoas eram caçadores de vampiros... O resto eu te conto mais tarde, quando estivermos em um local seguro.

–Eu não vou com você... – Falei com raiva.

–Você não tem medo de mim... – Ele inclinou sua cabeça para o lado. –...Akira?

–Você... – Agarrei o pulso da mão dele, que me segurava. –É difícil algo me dar medo.

O ruivo segurou meu pescoço e me jogou no sofá, se aproximando e ficando em cima de mim.

–Você vai... Por bem ou por mal...

Eu tentei tira-lo de cima de mim, mas sua força era muito maior que a minha. Quando percebi, ele havia se aproximado mais um pouco, ficando com seu rosto próximo ao meu pescoço, senti uma picada e vi sangue escorrer... Ele afastou seu rosto depois de alguns segundos, lambendo os lábios sujos de sangue... Logo depois, ele pegou um pequeno frasco de vidro do bolso de sua calça, colocando um pouco do meu sangue dentro.

–...O que você pensa que está fazendo?! – Gritei, tentando novamente me soltar.

Ele sorriu e limpou sua boca, ainda suja de sangue. Ele se levantou e se virou, quieto...

–O que você vai fazer com isso? – Falei ainda meio nervoso, me levantando e sentando no sofá.

Ouvi outra risada, logo depois ele se agachou e começou a desenhar um símbolo no chão, com giz. Depois de terminar o desenho, ele pegou o frasco de sangue e derramou em cima do símbolo, o fazendo emitir uma luz fraca, que foi aumentando com o tempo. Ele se levantou e se virou para mim, me puxando pelo pulso novamente.

–Vamos conhecer sua família, Akira...

Ele andou para o centro do símbolo, me levando junto. Uma luz ofuscante tomou conta da minha visão, quando pude enxergar novamente, me deparei com um salão grande... Um altar... Paredes de pedra... Algo que parecia com um castelo...

Eu empurrei o ruivo, gritando novamente.

–Eu não quero me envolver nisso! Me leve de volta!

Pude ouvir uma voz masculina se aproximando, diferente das vozes que ouvi antes.

–Calma garoto, ninguém aqui vai te matar. – Um homem alto, de mais ou menos 30 anos, seus cabelos eram loiros e ele usava óculos, suas roupas eram bem parecidas com a do ruivo que me trouxe aqui... O loiro se aproximou e tocou o ombro do ruivo. –Bom trabalho, Shion.

–Quem é você? – Perguntei ao loiro, ainda nervoso.

–Eu sou Hirako Kurotane, atual líder da família Kurotane, e líder do clã Asabe.

–O que? – Eu cruzei os braços e virei a cabeça. –Vocês só podem estar brincando comigo...

O loiro se aproximou de mim, me olhando dos pés à cabeça.

–Akira... Kurotane... Não é?

–Ham... Sim...

–Filho de Sakura Kurotane e Ayato Asabe?

–Como você...

–Finalmente o achamos! – Fui interrompido pelo loiro, que me abraçou logo após sua fala. Novamente, eu não entendia nada...

–É meio obvio que é ele... O sangue dele abriu o portal. – Disse o ruivo, olhando a cena, com as mãos nos bolsos da calça.

Hirako me soltou e deu dois passos para trás, virando para o ruivo, ou melhor, Shion...

–Shion, a Haruka quer falar com você.

–A Haruka? – O ruivo sorriu. –A quanto tempo eu não ouço falarem sobre ela...

–Ahaha! – Hirako riu, sarcasticamente. –Você ficou uns 13 meses fora!

–Eu sei, idiota, eu fui irônico...

–Pavio curto. – Hirako riu novamente.

–Ei! Eu ainda estou aqui! – Entrei na frente de Hirako. –Me diga tudo que preciso saber, já estou de saco cheio de vocês...

–Aah... – Hirako suspirou, colocando suas mãos em meus ombros. –Vamos para o meu escritório.

Hirako saiu andando em direção a uma grande porta, ao lado do altar. Eu o segui, olhando para Shion ao passar por ele, ele estava sério...

Ao passar pela porta, me deparei com um grande e largo corredor, haviam várias pessoas andando por ela, homens e mulheres. Todos olhavam para mim, mas não era um olhar de “desgosto”, mas sim um olhar feliz, como se estivessem felizes por me ver... Mesmo não me conhecendo...

[Shion POV]

Após o garoto sair do salão, eu acabei rindo, não sei porque, mas achava aquilo engraçado... O fato dele ser tão inocente e irritado... Mas ele desafia o perigo sem pensar duas vezes... Se eu não fosse obrigado a “salvá-lo”, eu já teria sugado todo o seu doce sangue...

Fui em direção a mesma porta em que Hirako e Akira saíram, andei um pouco e entrei na segunda porta a esquerda. Era a sala de estoque de sangue, onde Haruka costuma ficar, ela cuida a compra e venda dos frascos. Me aproximei de uma prateleira e pude ver seu longo vestido do outro lado... Encostei na prateleira, cruzando os braços.

–O que você quer, maninha?

Haruka se assustou e olhou pelo espaço vazio da prateleira, seus cabelos eram curtos, de um tom azul claro... Seguiam perfeitamente as linhas de seu rosto...

–Shion! – Ela deu a volta na prateleira, e correu para os meus braços, me abraçando. Ela é o tipo de garota animada e inocente... A primeira vista. –Como foi a investigação? – Ela perguntou, com um tom e olhar sério.

–Normal.

Ela riu e se soltou dos meus braços, se afastando um pouco.

–O que descobriu sobre ela?

–Não deu tempo de ter uma boa investigação sobre ela... Mas achei isso. – Peguei um relógio de bolso, que estava dentro do meu sobretudo.

Haruka pegou o relógio e abriu. Dentro dele havia o símbolo do clã Asabe.

–Traidora de merda... – Haruka falou baixo, com raiva...


Notas Finais


Dessa vez vou tentar trazer o mais rapido possivel os capítulos
Então se estiverem ansiosos, não se preocupem! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...