História L3ddy, em... Forever and Always( Primeira temporada.) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Bellatrix Lestrange, Cassandra Trelawney, Cornélio Fudge, Dolores Umbridge, Godric Gryffindor, Harry Potter, Hugo Weasley, Lílian L. Potter, Lord Voldemort, Sirius Black, Tiago Potter
Tags Alwaysandforever, Amor, B3ars, Bebida, Bissexualidade, Festas, Harry Potter, Heterossexualidade, Hogwarts Homossexualidade, Hot, L3ddy, Lemon, Luba, Magia, Ódio, Potterhead, Profecia, T3ddy, T3gão, Turma, Youtubers
Exibições 105
Palavras 2.136
Terminada Sim
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Dragons: Dragões

Ai meu Deus!

Gente eu não to postando as musicas dos capitulos mais juro que assim que eu me organizar arrumo isso!

Capítulo 11 - Dragons


Fanfic / Fanfiction L3ddy, em... Forever and Always( Primeira temporada.) - Capítulo 11 - Dragons

Pov T3ddy

 Minha cabeça estava um pouco dolorida quando acordei, e meu braço estremamente dormente, tentei me mecher mas algo ainda pesava sobre meu lado direito. Abri os olhos e para minha surpresa era o Lucas, ele estava ali dormindo ao meu lado. Pensei em chama-lo, mas não tive coragem ele estava tão ... tão... Ah foda-se eu to gostando de um cara que foi ligado a mim no dia do meu nascimento, bonita história e assustadoramente confusa, mas eu ja havia resolvido não iria fugir do que eu sinto... A minha saida foi tentar afastar meu braço sem acorda-lo mais obviamente falhei. Ele levantou a cabeça e me encarou ainda sonolento.  

-Desculpa não quis te acordar! 

 Luba corou e depois se jogou em cima de mim me tirando o ar. 

 -Seu babaca do caralho, fiquei com tanto medo! 

 Eu ri e acabei tossindo logo depois. 

 -Eu preciso respirar! 

 Falei meio abafado e ele se afastou. 

 -Aí, desculpa é que eu tava... tava... deixa pra lá, sente-se melhor? 

 -Estou um pouco tonto mas fora isso... estou vivo! 

 Ele sorriu e eu também não dava pra não sorrir diante dele. 

 -Claro ne, você dormiu por dois dias... 

-Tudo isso? 

 -Unhum! 

 -E os outros também apagaram? 

 -Não, só você! 

 O olhei um pouco surpreso, e minhas memórias daquela noite logo voltaram.

 -Sinto como se algo tivesse sido tirado de mim... Falei e fui interrompido por ele. 

 -E só sobrou um vazio... todos estamos assim! 

 -E como isso para? Perguntei, precisava me livrar dessa angústia. 

 -Thiago explicou que ... aquelas ciraturas elas roubaram nossas lembranças boas... vai passar quando lembrarmos do que nos foi tirado... o problema é que ... como lembrar ? 

 Suspirei e sentei na cama ele sentou ao meu lado. 

-Ao menos tem um lado bom... Falei e ele me encarou curioso.

 -Tem? 

 -Tem sim! 

Eles não roubaram você da minha memoria! 

 -Lucas, eu falei que eles só roubam as lembranças boas! 

 -Então... eu ainda lembro que você me beijou! 

 Ele corou e eu também, ficamos quietos por um instante e quando o Luba ia dizer algo thiago adentrou o local. 

 -Lucas Olioti, não sei se você estava em coma ou aproveitando para tirar um longo e prazeroso cochilo até a prova de amanhã!

 Thiago era um dos nosso professores favoritos, na verdade ele e Lily eram os melhores professores que ja tivemos, ela vinha logo atras dele, segurou minhas bochechas e beijou minha testa. 

 -É bom ver que está bem! 

 Logo depois fez o mesmo com Luba, que sorriu envergonhado, o loiro não sabia como agir quando era tratado com afeto, e isso era fofo e triste. 

 -Amanhã? 

 Lucas perguntou em tom baixo e entristecido, vi Lily o abraçar lateralmente e afagar seu braço. Eu notei a tristeza dele então fiz questão de segurar sua mão. 

 -Eu vou ganhar isso, ja te falei! 

 Ele me encarou e sorriu amarelo. 

 -Claro que vai! Mas antes precisa vir comigo vamos a um lugar!

 O Professor Potter tirou de sua bolsa uma capa e a colocou em volta do corpo então desapareceu, Lucas e eu nos olhamos assustados enquanto sua mulher ria.

 -Amor, não assuste os meninos! 

 Logo a cabeça flutuante do mesmo apareceu em nossa frente nos dando um susto ainda maior. 

 -Essa é uma das relíquias da morte! Lillyan explicou 

 -Relíquias da morte? Mas esse não é uma lenda do mundo bruxo? Luba perguntou e eu o fitei, como ele sabia sobre isso? 

Eu não fazia nem ideia do que se tratava. 

 -Sim Lubinha, essa é uma das relíquias da morte! 

 Os olhos verdes do garoto brilharam e ele me encarou.

 -E como isso vai me ajudar? 

 Perguntei ainda me sentido perdido no assunto. 

 -Isso vai te ajudar, por que nós vamos aqui embaixo para um lugar onde descobriremos qual será a prova! 

 Thiago disse e luba apertou a minha mão que segurava a dele. 

 -Agora? Perguntei. 

 -Agora! Ele respondeu.

 -Mas ele acabou de acordar precisa de um banho, comer e coisas assim... 

 Luba interveio, puxando a minha mão ao me ver pular da cama. 

 - Essa é a nossa melhor oportunidade, ninguém sabe que o T3ddy acordou! 

 Lily explicou para o loiro que fez uma careta de desaprovação.

 -E se alguém vir aqui? 

 Ele perguntou e eu encarei o casal querendo saber a resposta. -Se alguém vir aqui vai encontrar o T3

ddy dormindo acompanhado por uma professoara! Thiago disse e lily sorriu balançando a cabeça em aprovação. 

Ele estava tão desentendido quanto eu.

 -Mas tudo vai depender de você Luba! Lily concluiu.

 -De mim?

 -Sim! Ja ouviu falar na porção polisuco?  

-Unhum! 

 -Então ... 

 Ela nos mostrou uma garrafinha que certamente continha a bebiba. 

 -So precisamos de um fio de cabelo Puxou um fio do meu cabelo e eu gemi de dor, 

Thiago e Luba riram, enquanto a senhora Potter colocou o fio dentro da bebiba e entregou ao Luba. 

 -Você não precisa fazer isso!

 Falei mas era tarde ele ja havia feito, e segundos depois estava idêntico a mim. 

 Pov Luba

 Deitei na cama enquanto eles sairam cobertos pela capa da invisibilidade. Lily e eu conversamos sobre coisas aleatórias até que Mauro chegou e eu precisei fingir que estava dormindo. 

 - Oi Lily...

 -Ola querido! 

 Ele se aproximou de mim e afagou meus cabelos. 

 -Onde está o Luba? 

 Lily sorriu 

 -Foi tomar um banho e descansar um pouco... 

 Ela disse enquanto senti Mauro aninhar o ursinho do T3ddy ao meu lado, realmente a porção estava funcionando.

 - Que bom ... ele realmente precisa descansar, sabe, o Luba tem toda aquela marra e finge que não se importa com nada, mas ele se importa com os amigos, ele é um cara muito bom, mas ele sabe que quando se demonstra bondade desperta espectativa nas pessoas e eu sinto que ele não quer viver com a espectativa de ninguém! 

 Por Merlin, Mauro era uma das pessoas com quem eu menos falava mas ele me definiu de forma que parecia me conhecer a anos. 

 -Sim Mauro, o Luba é uma pessoa extraordinária, assim como você! 

 -Eu? 

 -Sim querido! Você vê alem dos olhos humanos, e eu arriscaria dizer que sera um otimo professor de advinhação. 

 Ele riu sem graça e tive que me conter para não rir também.

 -Obrigado Lily, você é uma das poucas pessoas que acham isso... Eu posso te contar uma coisa?

 -Claro meu bem! 

 -Eu li a xícara do Luba... 

 Nesse instante um arrepio percorreu minha espinha. 

 -Eu sei, Mauro, você viu a profecia!  

-Profecia?

 Ele questionou e eu continuei assustado foi difícil continuar fingindo ser o T3ddy mas era preciso. 

 -A Profecia que liga o Lucas ao Luba!  

-Então quer dizer que o T3ddy vai mesmo matar o Luba? 

 Meus olhos arderam a ideia que o cara que eu amava me mataria me deixava extremamente triste e confuso. 

 -Na verdade... T3ddy é o unico que pode matar o Luba, porém eles são almas gemeas, seria quase impossível ele fazer isso! Lily falou tentando parecer o mais natural possível.

 -Eles estão ligados por uma magia muito linda, o problema é que dentro do Luba existem duas almas... 

 Ela continuou e eu fiquei um pouco confuso e pelo visto não fui o unico. 

 -Do Luba, como assim?

 Lily suspirou, ela sabia que eu podia ouvir, e só estava falando por que eu não lhe daria a chance de me explicar em outra ocasião.

 -Vou te contar toda a história, Tom, era um aluno de Hogwarts fissurado na magia das trevas, ele queria um mundo apenas bruxo onde pessoas como T3ddy, você ou eu não teriam vez, apenas bruxos sangue puro sobreviveriam... 

 Ela dizia e Mauro não falava nada ele so a escutava, assim como eu, pela primeira vez eu saberia de tudo com detalhes.

 -Os pais biológicos de Luba acreditavam nisso, então Otto se uniu a tom e convesseram Carmen do mesmo. Três dias após o nascimento de Luba, Tom sabia que o garoto era dotado de grandes dons assim como sua mãe, Luba pode conjurar feitiços sem o uso da varinha... 

 -Mas isso é surreal! 

 Mauro falou assustado e por um instante eu quis rir, meu ego sempre se elevava quando falavam dos meus dons, ele podia não lembrar mas foi assim que conjurei o meu patrono a duas noites. 

 -Isso é um dom, assim como o seu de prever e adivinhar o futuro! Então... na grande lua Tom e os pais de Luba foram para floresta proibida e la se iniciou um ritual, Tom iria transfirir parte de sua alma para dentro do Luba, Vera a mãe do Lucas era muito amiga de Carmen e ela sabia que Carminha estava fazendo aquilo obrigada por Otto, Dumbledore era o padrinho do garoto então na noite em questão os pais de T3ddy foram atrás de Albus e lhe contaram, foi ai que a Srta Trelawney teve a profecia, T3ddy teria que ser ligado a luba para que Tom não conseguisse fazer isso antes. Então quando T3ddy ainda estava no útero Dumbledore e Minerva começaram a conjurar o feitiço, de ligação. 

-Que maluco!  

-Pois é, Mas alguém... que não descobrimos, avisou a Tom e ele mandou seus soldados para atacar-nos, Thiago Paschoal e eu tentamos empedir, enquanto Dumbledore e Minerva continuavam com a magia, Vera entrou em trabalho de parto, Molly e Arthur Wesley acompanhados por Sirius e Snape foram atrás de Tom, travaram uma luta, onde Otto foi morto por Sirius... Porém Carmen foi morta pelo próprio Tom acusada de traição. Molly conseguiu fugir com Luba e traze-lo para Dumbledore, que cuidou do afilhado com todo o amor do mundo, errando apenas em ter escondido essa historia dele... Dentro do Lucas exite parte de outra alma, no meio.da confusão ficou impossivel descobrir quem conseguiu fazer o feitiço primero, não sabemos se é parte da alma de T3ddy ou de Tom, a unica coisa que sabemos é que o unico que pode matar-lo é T3ddy, porém eles se amam de mais para isso. 

 -Por que você me contou tudo isso Lily?  

-Por que em anos Mauro, após Trelawney você foi o unico que conseguiu ler algo relacionado ao Luba, a mãe dele, antes de morrer o lançou um feitiço de proteção que empedia qualquer um de ler o futuro do garoto, para que Tom não descobrisse qual lado ele escolheria na batalha que mesmo deseja iniciar.

 -Então como eu consegui? 

 -Por que você simplesmente tem um grande poder! Mas peço que guarde segredo, sobre a história e sobre ler a xícara... 

 -Não se peocupe Lily Ninguém jamais saberá, não por mim! 

Mas perciso ir, tenho um encontro com as mandragoras... Assim que ele se foi, sentei sobre a cama e a encarei meus olhos ja tinham voltado ao tom verde sinal que o efeito da porção estava passando. 

 -Então foi assim? 

 -Sim, Luba, foi exatamente assim... 

Uma lágrima escorreu pelo meu rosto fazendo Lily se inclinar e limpa-la, ela sorriu e me fez um breve afago.

 -Eu preciso que você veja algo...

 Eu mostrei meu braço para ela mas não dava para ver a tatuagem me assustei por um segundo mas a mulher ainda me encarava curiosa. 

 -Então o que quer que eu veja?

 -Minha tatuagem, que Belatrix me doou... Ela me olhou assustada. 

 -Você permitiu? 

 -Era isso ou ela mataria o T3ddy! 

Segundos depois a tatoo apareceu e Lily se levantou horrorizada. 

 -Essa... essa... é a marca negra! 

 -A marca negra? 

 A mesma balançou a cabeça positivamente. Levando as mãos a boca. 

-Luba, eles te transformaram em um... Em um comensal da morte! 

 -O que? Como assim? 

 -Comensaias da morte, são a guarda de Tom! Ele os usa para suas matanças, e dizem que todas as vezes que ele envoca seus soldados se eles não aceitam ir ao seu encontro seu corpo é dominado por uma dor horrível, que só para despois de Tom realizar o que havia planejado e não precisar mais de seus soldados!

 Eu sabia como era, eu senti aquela dor e realmente era horrível.

 -E como eu faço para me livrar disso?

 -Eu não sei, mas descobriremos um jeito! Quando T3ddy voltou a infermaria eu ja não tinha sua aparencia, ele se aproximou de mim e roubou um selinho me fazendo corar e nossos professores rirem.

 -Babaca! 

 Chinguei baixo e me afastei dele, eu não queria ter nada serio com o Lucas, na verdade, eu queria sim chama-lo de meu, mas eu não podia, isso colocaria sua vida em risco.

 -Você fica mais bonito assim, não que eu não seja gostoso pra cacete, mas eu prefiro você! 

 T3ddy falou sentando ao meu lado na cama eu bufei rolando os olhos, os outros dois ali riram. 

 -Então o que será a primeira prova? 

 Lily perguntou e Thiago lhe respondeu, enquanto T3ddy repouso a cabeça no espaço entre meu ombro e pescoço, dessa vez não me afastei, queria ter ele assim... 

 -Dragões!      


Notas Finais


Porção polissuco: considerada uma poção complexa.Leva um mês para seu preparo.Transforma quem a bebe em uma réplica perfeita de uma pessoa pré-determinada.
Essa poção não é recomendada para fazer transformações de pessoas em animais, podendo, nesses casos,  apresentar sintomas diferentes, como, por exemplo, a difícil reversão para forma original
Igridientes: Hemeróbios, sanguessugas, descurainia, sanguinária, pele de araramboia picada, Pó de Chifre de Bicórnio, um pedacinho da pessoa em que quer se transformar. 

No filme e um pouco mais complexo mas como eu disse ... mudei umas coisas para adaptar L3DDY!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...