História La Dulce Tentación. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Jennifer Morrison, Lana Parrilla, Once Upon a Time
Personagens Anna, August Wayne Booth (Pinóquio), Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Elsa, Emma Swan, Lilith "Lily" Page, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Tinker Bell, Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Emma Swan, Regina Mills, Swan Queen
Visualizações 424
Palavras 1.572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey amorinhas, cheguei!!

Como vocês estão? Espero que bem! 😊

Primeiramente, quero agradecer a vocês pela repercussão da fic. Obrigada pelas curtidas e comentários, isso me motiva. Muito obrigada! 😊 💚

Boa leitura. 👓📑

Capítulo 3 - Capítulo 3


Duas semanas havia se passado, após aquela carona. Emma e Regina estavam criando uma bela amizade, claro que as provocações continuavam por parte da morena, mas Swan fingia não notar, no fundo a loirinha gostava. 

Com esse tempo Regina finalmente conseguiu arrumar devidamente os cômodos de sua casa, com a ajuda dos amigos e consequentemente de Emma que ficou encantada pelo piano de longa calda preto da morena,  Mills se ofereceu para ensinar a loirinha tocar e Emma não poderia ter ficado mais feliz. As constantes visitas da morena na casa dos Swan's diminuíram, pois agora Mary Margaret trabalhava por tempo integral, como enfermeira em um hospital local.

Emma sentia falta da presença de Mills em sua casa e por isso passava algum tempo na casa da morena depois da escola, vendo filmes, conversando trivialidades ou ajudando a mais velha corrigir algumas atividades.

(...)

Manhã de quarta-feira, a turma de Emma estava deixando a professora de química extremamente irratada, pela agitação dos alunos, a mesma recebeu o apelido de Cruela, por sua semelhança a vilã da Disney. Cansada de tentar conter os alunos, a professora se sentou em sua cadeira masageando as suas têmporas e pedindo para o sinal tocar logo. 

Após longos dez minutos, o sinal finalmente toca indicando a troca de aulas. Emma que estava contida lendo um livro, rapidamente fechou o mesmo e olhou ansiosa para porta, esperando uma certa morena passar pela mesma.

- Buenos días ! - Saudou Mills, com um sorriso no rosto.

- Buenos días, teacher. - A classe responde animada.

Regina a pesar da fama de Evil Queen, era  muito querida por todos os alunos.

- Swan, você poderia me ajudar a pegar uns livros, que acabei esquecendo na sala dos professores ? - Pergunta Mills, olhando para a loira.

Antes que Emma tivesse a chance de responder a mais velha, a sala explodiu em um coro.

- Huuum...- Todos disseram ao mesmo tempo e gargalharam ao notar que as duas mulheres estavam coradas.

(...)

- Regina, você não disse que os livros estavam na sala dos professores ? - Questiona Swan, enquanto andava ao lado da professora até a biblioteca.

- Disse sim, me desculpe querida. Acho que acabei me confundindo. - Diz Mills, com um sorrisinho de lado.

- A idade está chegando, né professora. Sei bem como é isso. - Provoca Swan. E recebe um olhar mortal de Mills.

- Cala boca Swan. Eu não estou velha coisa nenhuma, e só para você saber...Dizem que panela velha é que faz comida boa. - Diz Mills, invadindo o espaço pessoal de Emma, fazendo a mesma dar passos para trás, até encostar na parede ficando encurralada.

- E-eu n..ão duvido.. dis-so. E-era só uma brin..cadeira. - Gagueja Swan, encomodada pela proximidade de Mills.

Regina aproxima mais o seu rosto para perto da loira e sorri, ao notar que a mais nova fechou os olhos e prendeu a sua respiração.

- Não brinque com fogo Swan, você pode acabar se queimando. - Regina diz, se afastando e caminha em direção a biblioteca.

- Talvez eu queira me queimar. - Pensa Emma vendo a mais velha se afastar. 

Suspirando profundamente a fim de acalmar o seu coração e normalizar a sua respiração, Swan segue  a sua professora.

- Swan me ajuda aqui. - Diz Mills.

A morena estava em cima de um banquinho de madeira, enquanto equilibrava alguns livros no seu ante-braço esquerdo e tentava alcançar outro livro.

- Regina, você por acaso é louca ? Eu poderia deixar você cair daí por sua teimosia. - Swan diz irritada.

- Eu não vou cai...- Mills é interrompida por um grito ao se virar bruscamente para xingar a loira atrás de sí.

Mais Emma foi bem mais rápida e evitou uma possível queda. A respiração de Regina estava descompensado pelo sustou, já  a de Emma por ter a morena nos braços.

- Peguei você ! - Swan diz ainda com a respiração descompensada.

- Obrigada Emma, você evitou uma queda feia. Acho que agora você se tornou a minha salvadora. - Brincou Mills. Causando a sensação de varias borboletas sendo libertadas no estômago da mais nova, ao ouvir a palavra minha sair pela boca da morena. - Mais acho que já pode me soltar. - Completou a morena sem graça pela proximidade.

Pareçe que o feitiço virou contra o feiticeiro. - Pensou Regina.

- Claro ! Me desculpe. Você está bem mesmo ? - Pergunta Swan, a fim de mascarar o seu desconforto.

- Estou sim, pode ficar tranquila, aliás ótimos reflexos você tem. - Mills diz, pegando os livros e saindo da biblioteca.

O trajeto para a sala de aula foi feito em silêncio, ambas perdidas em seus próprios pensamentos.

(...)

Assim que chegaram na sala, Mills agradeceu Emma pela ajuda e pediu para os alunos se a juntarem em grupos, para fazer uma atividade. Ruby junto com os demais posicionou-se no centro da sala, mais precisamente próximo a mesa de Regina.

Emma estava desconfortável com a presença de Mills e não ajudava em nada ficar sentada de frente para a morena. Disfarçadamente a loirinha tentou trocar de lugar com Ruby, que estava sentada do seu lado direito, enquanto do lado esquerdo estava Killian, mais a morena de mechas vermelhas recusou, deixando Swan irritada.

Eram incontáveis as vezes em que os olhares das mulheres se encontravam, e sempre causando um arrepio e algumas palpitações. Sempre Swan desviava o olhar e isso estava incomodando a morena. 

Regina deixou os grupinhos que terminavam as suas atividades conversarem entre eles, com um volume de voz baixo, para não incomodar os demais. O grupinho de Emma foi um dos primeiros a terminarem e conversavam trivialidades entre eles.

- Professora já que você não irá me dar a famosa chance, eu posso saber qual é a sua preferência por mulheres ? - Pergunta Killian.

- Bom senhor Jones, não que seja da sua conta, mais irei te responder. - Diz Mills, com um sobrancelha arqueada enquanto um sorrisinho faceiro brincava em seu rosto. - Eu gosto de pessoas, mais o que me chama a atenção são loiras de olhos claros. - O olhar da morena instintivamente recai sobre Emma.

Swan arregala os olhos e se engasga com a sua própria saliva, causando um crise de tosse. Ruby e os outros gargalham, enquanto Regina levanta rapidamente do seu lugar e se preocupa com o estado da mais nova. Mais Swan levanta a mão sinalizando para que a morena não se aproxime e sem dizer mais nada, ela corre para fora da sala deixando não só Regina mais os outros alunos confusos.

(...)

Emma correu para o banheiro e se olhou por tempo indeterminado o seu próprio reflexo.

Nobody sees, nobody knows
(Ninguém sabe, ninguém vê )
We are a secret can't be exposed
(Somos um segredo que não pode ser exposto) 
That's how it is, that's how it goes
(É assim, é assim que vai) 
Far from the others, close to each other
(Longe dos outros, próximo uns dos outros)  


 Mais seus pensamentos estavam longe de mais, ela se quer focava em seu reflexo, a loirinha repensava no que Regina disse minutos antes. 


In the daylight, in the daylight
(À luz do dia, à luz do dia) 
When the sun is shining
(Quando o sol está brilhando) 
On the late night, on the late night
(No final da noite, no final da noite) 
When the moon is blinding
In the plain sight, plain sight
(Quando a lua está cegando, À vista, vista simples)
Like stars in hiding
You and I burn on, on

(Como estrelas escondidas. Você e eu nos queimamos) 


Ela sábia quando alguém estava flertando e se questionava se a morena estava flertando consigo ou era apenas coisa da sua cabeça. 


Put two and to-gether, for-ever will never change
(Coloque dois e juntos, para sempre nunca mudará)  
Two and to-gether will never change
(Dois e juntos nunca mudará) 
Nobody sees, nobody knows
(Ninguém vê, ninguém sabe)  
We are a secret, can't be exposed
(Nós somos um segredo, não podemos ser expostos) 
That's how it is, that's how it goes
(É assim, é assim que vai) 
Far from the others, close to each other
(Longe dos outros, próximos uns dos outros) 
That's when we uncover, cover, cover
(É quando descobrimos, cobrimos, cobrimos) 
That's when we uncover, cover, cover
(É quando descobrirmos, cobrimos, cobrimos) 


Swan chegou a conclusão que Regina estava mechendo com ela,  de uma forma que ela acha impossível. Mills dispertava sensações novas e até então desconhecidas na loirinha.  Ela no fundo tinha medo da intensidade  e da proporção que àquilo estava tomando. Respirando fundo ela jogou um pouco de água em seu rosto e agradeceu aos céus ao ouvir o toque do intervalo e se olhando mais uma vez no espelho, saiu do banheiro encontrando Ruby encostada na parede próxima da porta. Assim que a morena viu a amiga aproximou-se cantarolando.

- Ela é amiga da minha mãe, e eu não quero nem saber. Eu vou pra cima, pra cima...- Cantarolou a morena com um sorriso lascivo.

- O correto seria amiga da minha irmã. - Swan diz, enquanto revira os olhos.

- Eu sei, mais a gostosa da Mills não é irmã da sua mãe. Pelo menos não de sangue. - Ruby diz, dando de ombros.

- Eu já disse que não gosto quando você chama a Regina de gostosa.- Swan diz, irritada.

- Ela é ciumenta ela. - Provoca Ruby. - Desculpe patinho, mais a minha cunhada é muito gostosa. Na outra reencarnação quero ter a sorte que você tem, para fisgar um mulherão daqueles  

- Ela não é a sua cunhada. - Emma grune irritada. - Quer saber tchau Luccas.

Sem esperar qualquer resposta vinda da amiga, Swan sai andando rapidamente pelos corredores até desabarecer.


Notas Finais


E por hoje é isso, Swens. 😉😘

Tadinha da Emma 😞 Regis é bem direta ela. 😏

Música usada no cap, é Uncover - Zara Larsson


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...