História La Gamme ( ABO ) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakuzu, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Kisame Hoshigaki, Madara Uchiha, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Pain, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Sasunaru
Exibições 39
Palavras 601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Mistério, Policial, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meu povinho que toma toddynho >.<
Tudo bom com vocês?! Comigo está tudo ótimo. :D
La Gamme está sendo a minha primeira fanfic, então tenham paciência quanta á erros ortográficos, quanto ao enredo, pois estou tentando ao máximo fazer o meu melhor...Tudo certin? Tudo certin!
Esse primeiro capítulo, como já diz o título, vai ser apenas um prólogo...não vai ser um capítulo muito grande.
Então, sem mais delongas, vamos ao " Chapitre 1".
Boa leitura! ;)

Capítulo 1 - Chapitre I - Prologue


Fanfic / Fanfiction La Gamme ( ABO ) - Capítulo 1 - Chapitre I - Prologue

A grande Paris encontrava-se em um tenebroso silêncio característico da madrugada, apenas eram ouvidos passadas rápidas e pesadas contra o asfalto molhado,pela chuva que caía em grande quantidade do céu, em  conjunto com uma respiração ofegante. O homem corria por entre os becos sujos e escuros, seu pulmão ardia implorando por oxigênio, mas ele pouco se importava.

"Não...não pode ter chegado a minha hora, não agora."

Esse pensamento, era a única coisa que se passava pela mente amendrotada da vítima.O homem parou bruscamente ao perceber que havia entrado em um beco sem saída. Olhou para todos os lados em busca de algum meio de escapar daquele local, mas já era tarde demais, eles o alcançaram.

"Vieram á procura do pagamento."

-Ora ora ora, estavas mesmo à tentar fugir de nós? Desperdício de energia.- Um dos perseguidores falava em um tom "encharcado" de deboche.- Poderíamos ter tido uma conversa amigável, quem sabe, para conversar sobre algo que você nos deve, algo que você nos prometeu ao assinar o contrato.

- Eu não sei do que você está falando.- A vítima estava tentando ao máximo retardar a sua morte.

- Ora, não se faça de desentendido. Queremos o pagamento pelo favor que lhe oferecemos, lembra?

- E-h eh...

A vítima estava com demasiado medo, isso podia ser visto á quilômetros de distância, mas, quem não ficaria com medo de estar cara a cara com aqueles dois alfas lúpus que o encaravam sem intervalo apenas esperando a hora de dar o bote.Mesmo a vítima sendo um beta, a presença que era emitida por aqueles dois fazia com que cada junta de seu corpo doesse. Os dois vestiam-se com roupas da década de 30 e usavam estranhas máscaras de ar (N/A: imagem da capa do capítulo).

-Urgh...- O silêncio foi quebrado por um dos perseguidores que,até então,se mantinha calado.-Pela sua expressão vejo que não tens o que nos deve.-Falou vendo a vítima ficar ainda mais amendrotada, ato que confirmou a tese do perseguidor.- Vamos acabar logo com isso.

Foi tudo tão rápido, em um piscar de olhos um dos perseguidores encontrava-se muito próximo ao homem que não teve tempo nem de gritar sentindo sua garganta sendo cortada e o líquido quente e vermelho começar a sair em abundância. O corte foi profundo atingindo suas cordas vocais, assim impossibilitando a vítima de emitir qualquer tipo de som.  O segundo alfa se pôs atrás do homem e sem cerimônia enfiou sua katana no corpo da vítima atingido em cheio o coração.

 Antes de dar o último suspiro, a vítima conseguiu ver, através da lente escura da máscara, bizarros olhos vermelhos que o fitavam com prazer, prazer em ver sua dor, sua agonia, sua morte. Assim que a vítima, que se encontrava deitada no chão, parou de fazer qualquer tipo de movimento, foi quando um dos alfas pegou um canivete do bolso do seu paletó e se agachou até ficar próximo da vítima. O alfa levantou a blusa do beta falecido até que tivesse a costa toda descoberta. Depois, o perseguidor começou á fazer um desenho na costa da vítima, e ao terminar, ele se levantou limpando o sangue que continha na pequena arma, guardando-a logo em seguida.

- Uma bela obra de arte, não é mesmo?- Falou o alfa que tinha feito o desenho, fitando o corpo ensaguentado do beta à sua frente.

 

- Sim, como todas as outras. Vamos logo, o nosso Senhor deve estar nos aguardando.

 

- Sim, vamos.

 

E assim, os dois alfas mascarados foram embora, deixando o beta com a marca em suas costas. A marca característica de todo o mal.

 

O Leque.


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim!
Não vou pedir ninguém para comentar ou favoritar, pois faz isso que quiser :)
Até os próximos capítulos meus amores!!
Desculpa qualquer erro ortográfico.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...