História La Magie Noire et L'amour - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Plagg, Tikki
Tags Adrien, Marinette, Miraculous Ladybug, Romance
Exibições 49
Palavras 985
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Heey olha eu aqui! Desculpem a demora para postar, é que eu estou com um bloqueio de criatividade terrível! Tenho apenas 12 capítulos escritos dessa fanfic e não gosto de postar todos de um só vez, gosto de ter cps adiantados.

Maaaas, hoje finalmente consegui partir para cp 13 (e terá tretas) e postarei esse <3333
BOA LEITURA <333

Capítulo 8 - Oitavo: Kwamis


Fanfic / Fanfiction La Magie Noire et L'amour - Capítulo 8 - Oitavo: Kwamis

Adrien sentiu sua mente travar uma batalha interna contra o seu coração. O que fazer? Pelos deuses, Plagg havia perdido a cabeça por completo! O nervosismo consumia o loiro ao passo que vira Marinette e sua amiga Alya sumindo aos poucos de seu campo de visão e nenhuma ideia lhe vinha em mente. Pensou em segui-las, mas descartou: Nino lhe daria um sermão caso sumisse e ainda poderia parecer um perseguidor aos olhos das garotas.

Será que Plagg sabe voltar para casa? Pensou. Quando começara a caminhar sem rumo e ideias, uma voz familiar lhe chamou:

–Adrien, para onde está indo? Não pense que irá me deixar fechando a loja sozinho hoje.

Droga! Já anoitecera e não podia deixar tudo por conta de Nino. Respirando profundamente enquanto dava meia volta, seus únicos pensamentos eram orações pedindo a Deus que Plagg voltasse sem que ninguém o visse.

 

~X~

 

Alya e Marinette não demoraram muito para chegar até a mansão, onde foram diretamente a cozinha com os alimentos em mãos. A morena retirava cada alimento da sacola animadamente enquanto cantarolava, enquanto Marinette prendia seu cabelo em um coque para preparar a pizza.

–Deixa eu te ajudar, Alya –Tikki disse gentilmente, desamarrando as bolsas que haviam sobre a mesa. Não demorou muito para que a Kwami de joaninha abrisse a sacola de queijos e deixasse um grito escapar de seus lábios: –AH?!

–O que houve Tikki? –Marinette perguntou ao aproximar-se da sacola, porém sua Kwami a impediu de abrir a mesma.

–Não é nada, Marinette. Eu apenas confundi aquele queijo escuro com um bicho, hehe –ela sorriu sem graça, adentrando a sacola e encarando seriamente o ser que havia dentro dela: –Plagg.

–Que pena, queria que a Ladybug me visse primeiro –o gato deu um sorriso maroto e virou-se de costas para pegar um queijo, mas fora impedindo pela Kwami vermelha. –Ei, me solta!

–Marinette, eu estou me sentindo cansada então irei descansar mais cedo. Boa noite.

Usando seu poder de atravessar objetos juntamente com Plagg, Tikki voou rapidamente para fora da cozinha... e para bem longe do castelo.

–Ei, precisa desse drama todo? –Plagg disse emburrado, ainda sendo carregado pela mesma.

–Se tivesse pensado nas consequências, não precisaria desse drama que você reclama –a Kwami deu ênfase nas ultimas palavras, revirando os olhos e mostrando-se irritada.

O gato optou por permanecer em silêncio durante todo o trajeto, até porque já sabia muito bem onde Tikki estaria o levando... e não é até o Adrien. Já vou começar a me preparar psicologicamente para a sessão de broncas. Pensou.

Com as ruas praticamente desertas, afinal já passara das vinte horas, Tikki atravessou a imensa porta de madeira de uma estância termal*. E, dentro do local, estava um simpático senhor meditando com sua pequena tartaruga.

Ou melhor... com seu Miraculous da Tartaruga.

–Grande Guardião, o Plagg está passando dos limites. Foi um erro o senhor ativa-lo!

–Queria que eu ficasse preso para sempre no meu anel e guardado dentro de uma caixa de bijuterias? Isso não é nada agradável de dizer ao seu amigo de séculos, Tikki.

–Se acalmem –Wayzz, o Kwami da Tartaruga, disse gentilmente, se metendo no meio de Tikki e Plagg. –Pelos deuses, vocês realmente não conseguem mesmo se dar bem.

–O que houve, Tikki? –Mestre Fu, o Guardião dos Miraculous, perguntou para a Kwami vermelha. O seu tom de voz era calmo e paciente.

–Ele entrou na bolsa da Marinette e tenho certeza que foi de propósito! Ele quer causar confusão e destruição... a única coisa que ele e o seu Miraculous conseguem fazer –Tikki disse a última frase friamente ao encarar Plagg.

–Como é?! –Plagg irritou-se ao ouvir tais palavras e começou a voar em direção a Tikki impaciente, porém foi impedido por Mestre Fu.

–Vocês dois não irão brigar Sabem muito bem que se odeiam, mas são necessários estar juntos para funcionar.

–A Marinette estava se saindo muito bem antes mesmo do Miraculous da Destruição ser ativado!

–Mas eu pressenti que a sua Guardiã precisava de ajuda, tanto emocionalmente quanto fisicamente. Ela estava se sentindo desgastada de guardar esse segredo sozinha! Ter o Plagg ativado faria um peso sair do ombro de Marinette –Wayzz disse, tentando convencer os Kwamis Yin-Yang antes que eles se matassem.

–Mas agora o Adrien está apaixonado pela Ladybug –Tikki cruzou os braços, emburrando a cara ao olhar para Plagg e vê-lo sorrindo. –E esse gato de rua quer que eles descubram as identidades.

–Plagg, o que Tikki está dizendo é verdade? –Mestre Fu perguntou mostrando sinal de desaprovação em sua voz, mas não soou grosseiro nenhum momento.

–Eu não me importo se Marinette e Adrien descobrirem quem são por trás das máscaras. Mas como a Tikki disse, eu sou o Miraculous da Destruição... e eu quero ver o circo pegar fogo.

–Isso não tem graça! –Tikki gritou.

–Ela está certa, Plagg.  Olhe, dessa vez eu irei deixar passar, mas da próxima vez você pode voltar para dentro de uma caixa de bijuterias sim. É muito importante que eles nunca descubram a identidade um do outro. Vocês três sabem muito bem o que aconteceu com os antigos Ladybug e Chat Noir.

Tikki olhou para o chão tristemente ao sentir o peso de tais palavras, enquanto Plagg virou o rosto para o lado tentando se mostrar irredutível. Um silêncio devastador tomou conta do local.

Plagg, mesmo sem arrepender-se do que fizera, disse para o Grande Guardião:

–Não se preocupe, não farei mais isso. Mas vocês sabem que eu e Tikki formamos um só: somos o Yin-Yang. Adrien já está apaixonado, é só uma questão de tempo para que a Marinette se apaixone por ele. Então querendo ou não, os Miraculous da Criação e da Destruição irão se unir. Se o final deles for como os antepassados é outra história, mas esse conto já está escrito.

Sentindo-se afetado pelas memórias do passado, Plagg ergueu voo e sumiu do campo de visão deles.

 


Notas Finais


#DICIONÁRIO:
Estância termal: é a mesma coisa que SPA, Resort;

Gostaram amores? Esse capítulo ficou mais curto porque o próximo é maior ^^
No próximo capítulo haverá flashback do que aconteceu com os antigos Chat e Ladybug :)
Beijuuuus <333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...