História La Prima Vez - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Batman, Hera Venenosa
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Personagens Originais, Selina Kyle (Mulher-Gato)
Tags Batman, Drama, Gotham, Harley Quinn, Ivy Poison, Joker, Lucy Quinzel, Morte, Pansexualidade
Visualizações 48
Palavras 462
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Ali é proibido, Quinzel


Fanfic / Fanfiction La Prima Vez - Capítulo 2 - Ali é proibido, Quinzel

Lucy cresceu na mansão mais obscura - e aos seus olhos -, a mais misteriosa de Gotham. Gostava de explorar lá, desde os três anos, ou quando teve capacidade de subir as escadas e ser repreendida, descobriu um lugar em que ela infelizmente não podia ir mas que tinha mais curiosidade do que tudo para explorar.

A porta extravagante e bem mais bonita e brilhosa que as outras da mansão, eram alvo de fascínio pela menina. Porém, não passava perto daquele corredor sozinha, nem sequer podia olhar em direção da porta que alguém a falava "Ali é proibido, Quinzel".

Ou pelo menos até aquele dia.

Estava com Rocco no jardim, brincando com a única pessoa que a contava as coisas que eram proibidas da menina saber, como por exemplo quem era o seu pai, o que aconteceu com sua mãe, o porquê de morarem no meio da floresta. Entretanto nunca a contou o que havia atrás daquela porta de maçanetas tão encantadoras.

Quando Rocco se descuidou indo até o banheiro do primeiro andar e sem nenhuma empregada vigiando a loirinha, Lucy correu até as escadas, o que a leva para o seu estado atual: Agarrada na perna do homem de cabelos verdes, que encontrava-se surpreso e agoniado pela demonstração de afeto repentina.

— Olá, Lucy

— Você é o meu papai, eu achava que você não morava aqui — Ela disse com a fala abafada por conta do rosto enterrado na calça moletom do homem.

Antes que o palhaço pudesse falar alguma coisa, passos na escada foram ouvidos, era Rocco procurando a garotinha de cabelos loiros; Arregalou os olhos espantado assim que viu a cena, gaguejou por um instante sem saber o que falar.

— Me perdoe, Joker — Disse puxando a menina para perto dele, a tirando de perto do pai e fazendo a mesma fazer cara de choro — Isso não vai se repetir, foi um erro meu.

Joker olhou para a criança e sentiu-se perdido pelos olhos azuis da mesma. Eram a mesma tonalidade e brilho de olhos que Harley Quinn tinha, uma pontada no peito do palhaço o fez lembrar que ainda tinha coração, e em puro impulso, agarrou a cintura da pequena e a puxou para dentro do quarto, fechando a porta na cara de Rocco e o deixando de boquiaberta.

Joker arrumou a menina em seu colo e viu lágrimas brotarem e molharem as bochechas pálidas da mesma.

— Machucou a minha cintura — Disse fazendo beicinho e soluçando.

O palhaço sentou no chão e sentiu as pernas bambearem, o que ele estava fazendo?!

(...)

Rocco desceu as escadas na maior velocidade que podia, correu até o seu celular que estava sobre a mesinha da sala de estar, digitou os números rapidamente e esperou resposta.

Você precisa correr aqui. Agora!


Notas Finais


Desgurpa capítulos tão curtinhos ://
Comentários sempre bem vindos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...