História Lábios Deliciosos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Izuku Midoriya
Tags Beijo, Todomido, Todoriko X Midoriya
Exibições 111
Palavras 1.494
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olaaaa
bem eu adorei o anime e ontem a noite escrevi essa fic ela se passa no final do episodio 07 da segunda temporada.
Amoooo esse shipp *.*

Capítulo 1 - Lábios deliciosos


01-Lábios Deliciosos

Midoriya Não podia acreditar no estava vendo, em questão de segundos Todoriko congelou metade da arena, de fato ele era muito poderoso no entanto somente o esverdeado percebeu que o portador do gelo e do fogo estava triste...
Rapidamente ele se levantou do seu acento asustando os que estavam ao seu lado Lida e Ochaco.

Lida:Midoriya-kun o quê foi?.-perguntou preocupado vendo o amigo de cabeça baixa.

Midoriya:Nada...Eu preciso ir na enfermaria...-falou baixo e calmo o que asustou os mais proximos, ele sabia que estava agindo estranho mas se não se apressasse Todoriko iria se afundar ainda mais no poço escuro que estar o seu coração.

Sem dizer ou olhar para alguém Midoriya subiu as escadas devagar, por fora estava calmo no entanto a medida que se afastava dos amigos seu coração acelerava os passos se tornaram rápidos e em segundos se tornoram em uma corrida desesperada corria descendo as escadas sabia onde era a sala de concetração de Todoriko por isso não precisava parar para perguntar a alguém, continuou a correr com o coração acelerado e a mente longe, não sabia o que estava fazendo mas ele tinha certeza que era o que precisava.
Caiu da escada mas continuou a correr pelos corredores da arena logo entrou em um corredor onde residia a sala de concentração de Todoriko parou em frente a mesma e ainda ofegante e de certa forma cansado colocou a mão na maçaneta mas as vozes vinda de dentro da sala chamaram a sua atenção.

Endevor:Shoto quero que pare de agir com imprudência, você é minha obra prima e só irá ultrapassar All Migth usando tanto o seu lado direito quanto o esquerdo.-as palavras de Endevor asustaram o pequeno esverdeado, como um pai pode falar isso do próprio filho? ele sabia que Todoriko era forte apenas com um lado e mesmo assim não o parabenizou por ter passado na prova, isso era tão frustrante para Midoriya e mesmo não entendesse ele não podia e não iria deixar ninguém duvidar da força do seu amigo.

Todoriko:Vá embora maldito! já falei que não usarei o meu lado esquerdo esse lado despresível e asquero...-o som de um estalo foi ouvido e algo dentro de Midoriya tremeu de medo e raiva.

Endevor:Cale essa boca pirralho, você é a melhor das minhas criações e eu mereço respeito, não desprese o meu poder você querendo ou não possui ele então trate de agir como eu mandar ou queimo o seu lado direito até restar apenas cicatrizes dolorosas e seu corpo.-Passos foram ouvidos e Midoriya se afastou da ports ficando encostado na parede ao lado dela, Endevor saiu e percebendo a presença do esverdeado o olhou mas ficou surpreso ao olhar para o pequeno.

Midoriya:Você é despresível...Usando o filho para satisfazer os desejos que não cumpriu? você não merece nem que te olhem Endevor-san.-Os olhos de Midoriya mostravam tanto ódio perante o senhor das chamas que fez o mesmo sorrir psicótico.

Endevor:Seu olhar é magnifico rapaz...mas lembre-se as pessoas queimam com facilidade.-Midoriya sorriu docemente desfazendo sua expressão de Ódio confundindo o homem.

Midoriya:Hai irei me lembrar disso mas...Lembre-se Endevor-san o fogo é fragil a ponto de apagar com uma simples gota de água.-a frase dita era completamente fria fez o homem se irritar e virar para caminhar para longe.
Todoriko ouvira toda a conversa dos dois não entendia o motivo de Midoriya dizer aquilo afinal não fazia parte da sua personalidade estranha, logo o esverdeado entrou na sala e fechou a porta atrás de side cabeça baixa caminhou até ficar frente ao amigo, Todoriko estava estranhando as ações de Midoriya mas nada poderia fazer ou iria acabar congelando tudo novamente.

Todoriko:O que quer aqui Midoriya?.-De fato Midoriya tambem não sabia o que estava fazendo ali derrepente sentiu-se completamente constrangido e receoso frente ao amigo.

Midoriya:Eu...Eu...Etto...Eu só...-começou a gaguejar se amaldiçoando por isso mas quando decidiu falar algo coerente hergueu o rosto e viu a face direita do amigo havia uma marca bem visível dos dedos grossos de Endevor, estava avermelhado e com um enchaço deu mais um passo a frente institivamente não percebendo sua ação deixando o outro surpreso com a aproximação.

Midoriya:Esta tudo bem Todoriko-kun?.-ao pronúnciar essas palavras surpreendeu o garoto a frente, jamais alguém lhe perguntou se estava bem seguido do seu nome com um sufixo dito com certo carinho no final, Todoriko ficou estático sem dizer qualquer outra palavra enquanto Midoriya se aproximava e herguia sua mão esquerda para alcançar o rosto do amigo.
Sentindo o toque da mão morna de Midoriya Todoriko tentou afasta-lo dando passos pra trás mas o esverdeado o acompanhava e logo se sentiu encurralado ao sentir a mesa tocar sua cintura, fechou os olhos respirando fundo e quando os abriu ficou surpreso com a aproximação repentina do esverdeado que tinha o rosto corado e os olhos lacrimejosos.

Todoriko:O...O quê você....-foi interrompido ao sentir agora as duas mãos de Midoriya em seu rosto.

Midoriya:Esta inchado mas geladinho enquanto o outro está quentinho como o inverno e o verão...Eu gosto...-as palavras atingiram Todoriko em cheio, haviam pessoas que apenas gostavam de um lado seu mas ele, esse garoto sem um individualidade certa estava ali dizendo que gostava dos dois lados dele e aquilo aqueceu o seu coração que era coberto com o gelo mais puro que tinha mas que se derreteu com apenas algumas palavras ditas pelo seu rival declarado.

Todoriko:Midoriya oque está fazendo? esqueçeu que somos rivais?.-perguntou o garoto voltando a realidade e segurando os pulsos de Midoriya sem muita força não queria machuca-lo.

Midoriya:Gomen...Eu...Eu não sei o que estou fazendo mas sei que é o certo...Todoriko-kun quando sai da arquibancada eu corri feito louco até aqui....Eu ainda não entendo o porquê mas...mas...mas eu precisava ver você e saber se estava bem...eu sei que não te interessa o que estou falando e que deve me achar irritante por ta falando assim de modo estranho mas de alguma forma agora to me sentindo nervoso e eu ja não sei o que dizer, to sendo muito idiota vindo aqui e estar preocupado com você mas eu realmente....-foi interrompido por ser seus lábios tapados pela mão direita de Todoriko, o mesmo deu pela primeira vez um minimo sorriso que deixou o esverdeado sem palavras.

Todoriko:acalme-se tsc' respire devagar Midoriya, você fala demais, além disso obrigado...Por ter vindo.-falou retirando a mão da boca do esverdeado que o olhava fixamente era dificil o garoto a frente dizer algo para agradecer alguém e Midoriya podia ver o quanto ele estava constrangido com essa situação.

Midoriya:Etto...não foi nada eu realmente queria te ver, não, não pense que so vim por isso eu realmente estava preocupado e ainda teve o seu pai que me irritou por falar daquele jeito com você e eu não queria que ficasse mal por causa daqueleas palavras, não estava bisibilhotando nada okay foi um acidente por que eu tava vindo pra cá e encontrei a ports fechada então começaram a falar e eu não queria ir embora sem ver você e....-Todoriko sorriu de canto e puxou o queixo de Midoriya pra cima o beijando os lábios do esverdeado eram macios e como estavam abertos devido a fala constante dele foi facil passar a lígua pra dentro da boca alheia, com calma passou a explorar a cavidade sentindo o sabor de menta, aos poucos foi deixando os braços circularem a cintura do baixinho o puxando mais pra si e aprofundando mais o beijo, o esverdeado se deixou levar pelos toques e pela boca do mais alto sentido-se cada vez mais quente aos poucos o ar foi faltando e tiveram que parar o beijo devagar como se estivesse aproveitando cada segundo ate que se separaram por completo Midoriya estava ofegante e ainda com a mente nublada no entanto ao olhar para cima e ver os olhos de Todoriko ele arregala os olhos surpreso e se afasta bruscamente do amigo.

Midoriya:To-Todoriko-kun...eu...eu preciso ir.-falou desviando o olhar e correndo ate a porta no entanto seu pulso fora segurando e seu corpo virado e impressado na porta bruscamente.

Todoriko:Você fala demais Midoriya...Por acaso...esse...esse foi o seu primeiro beijo?.-perguntou olhando fixamente para o esverdeado que desviou o olhar corando violentamente.

Midoriya:Ha-Hai.-Falou abaixando a cabeça visivelmente constrangido, O maior sorriu de canto, estava sorrindo demais nos ultimos momentos.

Todoriko:Fico feliz por isso...-o rosto corado de Midoriya se hergueu fitando os olhos heterocromáticos do amigo.-Por daqui em diante somente eu poderei beija-lo....você é meu Midoriya Izuku.-as palavras de Shoto fizeram o coração do esverdeado bater acelerado, era uma sensação estranha e completamente deliciosa de se sentir.
Todoriko Shoto estava sendo possessivo e egoísta mas provar dos lábios de Midoriya lhe despertou essa doce e deliciosa sensação e ele não abriria mão dela jamais.

Todoriko:Espero você depois da nossa luta...Dê tudo de você Izuku.-O menor recebeu mais um selo em seus lábios antes de sair corredo dod braços de Shoto com o coração acelerado e sentimentos confusos mas ele tinha certeza de uma coisa...Os lábios de Todoriko eram quentes e deliciosos.

Notas Finais


obrigado pela lituraaaa e incentivo a ter mais fics do casal !!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...