História Lábios Vermelhos - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Angel, Anna Heartfilia, Aries, Azuma, Bickslow, Brandish μ, Cana Alberona, Câncer, Carla (Charle), Droy, Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Knightwalker, Erza Scarlet, Flare Corona, Gildartz, Happy, Irene Belserion, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Levy McGarden, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Mystogan, Sting Eucliffe, Tauros, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Erza, Hentai, Irene, Natsu, Natsu X Erza, Natsu X Irene, Natsu X Mira
Visualizações 284
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Harem, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Novos moradores


- Então vão mais dizer que raios vocês estão fazendo na minha casa?

- Deitada no sofá não esta obvio - disse a ruiva nua com seus grandes melões voltados para o teto e claro que eu tentei evitar olhar muito pra quilo mais claro que não me segurei e com pouco começou a sair sangue de meu nariz - Ora ha ficou animado já me vendo nua que bonitinho - Disse ela se levantando e ficando de pé na minha frente onde puder ver totalmente seu corpo, e cara que corpo aonde tive que me segura por inteiro ate que ela chegou mais perto e então me olhou nos olhos e disse - Você e virgem, quem diria que encontraria alguem assim hoje em dia - disse olhando com um sorriso maliciosos.

- Irene para de provocar o rapaz! - falou o velho.

- Porque eu sei que ele ta gostando de me ver pelada não e Rosinha - nisso ela começa acarecia seus cabelos e com a outra já coloca por baixo das calcas - Já ta duro quem diria e também e bem grande pra sua idade, quanto anos você tem 16, 15, ou 17 anos, sim você já e maduro suficiente pra saber o que eu faço, vou te dar muito prazer agora - se aproximando do rosto totalmente corado e ainda se segurando o sangramento nasal ate que não aguentou e desmaio de falta de sangue.

- Ta vendo o que você fez - Disse a outra ruiva irritada

- O que?

- Você quase matou o rapaz de hemorragia, tudo porque você tem que ficar sempre nua dentro de casa!

- Olha você também, não e nenhuma santa já que fica com calcinha e sutiã, sempre que fica em casa!

- Parem vocês duas o rapaz vai viver ele só precisa de cama só isso.

- Deixa que eu levo ele pra cama.

- Negativo a Erza vai leva lo!

- Acho melhor trancar a porta caso alguém queira abusar dele enquanto dorme.

- Tsc exibida! - disse mostrando a língua peã outra.

Eu apaguei devo ter tido um pesadelo bem estranho por pensar que tinha duas ruivas na minha cada ontem, devo ter trabalhado demais, só pode ser isso, então acordo no meu quarto de boa e como todo dia vou pro banheiro escovar meus dentes e quando abro a porta encontro uma ruiva semi nua escovando os dentes no meu banheiro e com uma espada a seu lado, fico paralisado vendo ela ate que ne me vê, logo fala.

- Bom dia dormiu bem ontem?

- Nani!?

Nisso acabo tropeçando e caindo porem acabei por cair em uma coisa bem macia e quando reparo o que e levo mais outro susto, a ruiva de ontem a peladona me encarando cheia de malícia e desejo, foi quando eu percebi que os seus travesseiro era seus enormes peitos.

- Nem  acordo e já  quer brincar com meus seios? Você e bem safado pra um virgem sabia eu gostei disso - disse sorrindo.

- Ora bom dia fiz o café da manha vai querer que? - disse o velho.

Estava preste a fazer um escândalo quando alguem acerto minha cabeça, e acabei apagando de novo, logo que acordo todos estavam ali me encarando e junto na minha cabeça tinha um gato alado, que sorriu ao me ver.

- Aye quer dizer que não morreu que bom!

- Quer sair da minha cabeça gato e porque estou amarrado em uma cadeira qual e?

- Não tive escolha acabei por ter acerta BA cabeça porque achei que ia fazer algo estúpido ou algo do tipo.

- Como me acerta na minha cabeça e invadir a casa dos outros fosse algo bem normal de se fazer, mais afinal quem são vocês?

- O desculpa pelo incidente de ontem, eu sou Makarov e sou um tutor dessas duas aqui, elas são Erza e Irene e estão sobre o meus cuidados.

- Prazer em te conhecer - disse fazendo uma reverência.

- Eai docinho - disse mandando um beijo.

- Então ta mais o que exatamente vocês querem e porque estão aqui na minha casa?

- Pode não parecer mais essas duas são anjos, só que caídos ou melhor dizendo expulsas do céu e como toda criatura merece uma segunda chance, então elas tem que enfrentar demônios, e por isso que estou aqui pra guialas, e porque estamos nessa casa e porque conhecia o dono dessa casa seu nome era Gildart e ele me devia uma.

- Acontece que eu acabei herdando essa casa dele, Gildarts era meu tio e por isso que moro aqui.

- Quem diria que coecidencia maravilhosa a proposito qual seria o seu nome jovem?

- Natsu agora sera que podem me desamarra eu tenho mais o que fazer.

Nisso a ruiva maior veio e ne tirou das cordas então falei.

- Escutem já que vão ficar aqui pelos menos não destruía nada, eu já tenho responsabilidade demais pra ficar de baba de vocês.

- Tsc como fosse crianças pra fica dando ordem em mim - Disse Erza com tom de arrogância porem quando ele tirou um pedaço de bolo da geladeira sua feição de seria e desafiadora mudou pra uma com olhos brilhante e com a boca cheia de baba.

- O que deu nela?

- Ela e viciada em doce tadinha - disse a outra sorrindo.

- Ei Erza se você manter a casa em ordem eu te trago um bolo grande de morango tudo bem pra você tudo bem?

Nisso a louca pulou em cima de mim e me abraçou bem forte fazendo me levanta do chão e como se não bastasse começou a me  chacoalhar de um lado para o outro.

- Tudo bem Natsu eu vou cuidar muito bem daqui - nisso ela olha pra nim e cora e depois se esconde atrás do sofá envergonhada.

- Mais o que e dessa vez?

- Bipolaridade!

- Tsc que seja escuta eu to indo trabalhar tenta não destruir nada!

- Adoro homem que trabalha sabia?

- Você adora qualquer tipo de homem mesmo escutem vamos nos prepara e ajeitar a nossas coisas e depois sairemos atrás de algumas criaturas já que não vamos depender a boa vontades do garoto.

Bom acabei mentindo a respeito, na verdade eu estava indo de encontra de uma certa albina de antes ou seja era um encontro, mais não um encontro amoroso era só amizade mesmo, já que ela continua freira e por isso não posso fazer abandonar o convento, o caminho era longo e marquei com ela de irmos da uma volta pelo parque, estava animado ate que vi ela e ela me viu e soltou seu sorriso que fazia meu coração pular pra fora do meu corpo, como ela conseguia ser sexy e linda assim disse em minha cabeca ate que.

- Não sabia que me achava linda e sexy nat kun?

- Como você sabia o que eu estava pensando você le mentes por acaso?

- Você pensa muito alto sabia?

- Desculpe! - disse corado

- Você fica bem bonito quando fica sem jeito, não fica assim afinal eu gostei do seu elogio - nisso ela coloca seu braco entrelaçados com o meu - Vamos?

- Sim! - Aquele dia promete, somente eu e ela juntos como um casal de namorados, quer dizer do amigos sim somos apenas amigos mais porque me sinto tao leve perto dela, como se estivesse borboletas voando em meu estômago, talvez seria isso que estivesse acontecendo comigo talvez isso seria amor, sim isso era amor e estava apaixonado pela Mira mais tinha vergonha de me declara foi por isso que marquei de sair talvez assim eu tivesse coragem de me declara, ja que nos conhecemos a poucos dias mais o suficiente pra nutrir algo.

Estava tudo certo ate que algo inesperado acontece.

- Socorro!!!!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...