História Laçados pelo Sangue. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Policial, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente esse é o primeiro capítulo,que é narrado pela Valerie,mas nem todos os capítulos serão narrados por ela, até porque a história não é só dela.

Capítulo 1 - Podemos ser às únicas!


Fanfic / Fanfiction Laçados pelo Sangue. - Capítulo 1 - Podemos ser às únicas!

(15/11/2016)

É véspera do meu aniversário é eu ainda estou aqui,nesse lugar cheio de humanos insignificantes, nesse orfanato...eu nem deveria estar aqui,eu não sou órfã,bom pelo menos de pai não.É engraçado, depois de todo esse tempo que ele foi embora,eu ainda não consigo odiar ele,deve ser porque ele foi a única pessoa da minha família que realmente tentou ser legal comigo, é pelo menos tentou me defender daquele monstro que não estava no meu armário ou embaixo da minha cama...estava no quarto ao lado,na mesma cama que a minha mãe dormia,junto com ela, abraçado, aquele homem não pode ser chamado nem de pessoa...na verdade nem um homem pode!

Bom, vamos voltar para a realidade,essa bosta de realidade-eu río de mim mesmo, só de pensar em quão minha vida é bosta.Uma das freiras me rindo é pergunta com uma cara de bunda horrível

(Freira) Está rindo do que pirralha insolente?

-Eu fico com raiva,mas lembro que se eu xingar essa vadia eu vou acabar sendo levada para sala de bons modos, é lá não é nem um pouco bom, acredite,eu sei bem disso-

(Valerie) Nada não, senhora Meredith-Eu abro um sorriso falso enquanto olho diretamente para ela,ela saí resmungando alguma coisa que eu sinceramente não entendi porra nenhuma.

Eu sigo para o meu quarto,que divido com mais três garotas, lá tem duas beliches,em uma beliche fica a Ingênua é Burra: Kayne Winter, encima dela temos a garota mais louca.acredite ela é mais louca que eu, ela se chama Mariana mais conhecida como Marih, porém só eu posso chama-lá de Vampira.Embaixo de mim temos a irmã da Kayne,chamada de Bel Winter,a irmã inteligente, ela também é minha melhor amiga, ela é como uma irmã que eu nunca tive,ela é uma pessoa que eu sempre posso confiar, até se a situação for pra esconder um cadáver,eu tenho certeza que ela me ajudará...ela  foi a única que eu tive coragem de contar meu segredo.

Esse segredo fala sobre como as mulheres podem derrotar os homens,na verdade é mais uma estratégia do que um segredo,eu penso todas as noites antes de dormir,eu penso em como nós mulheres... podemos ser às únicas nesse mundo. Começar de baixo não seria fácil é claro, primeiro que precisaríamos de alguns escravos para podermos reproduzir.Se o bebê fosse mulher, andaria como rainha,forte,se fosse um homem, seria um escravo, tratado como um lixo.Eu digo que começar de baixo vai ser difícil,por que ninguém vai aceitar isso,as mulheres de hoje em dia não são como as de antigamente, até às Feiministas de hoje em dia não são como às de antigamente.Elas não seguem às regras que foram ditas a elas, mas eu vou mudar isso, você deve estar se perguntando: "Mais é seu pai?",Bom,meu pai sumiu,tem 1% de chance de ele estar vivo e 99% de chances de ele estar morto, então eu não confio muito que ele vá aparecer,mais se ele aparecer, andará do meu lado, não como um escravo, mais como o único rei, já meu irmão,bem...eu não ligo pra ele,a única coisa que eu lembro dele é de que ele me deixou aqui, é fala que não pode me visitar porque é pastor é esse orfanato é católico. Att,eu não ligo pra ele,quero mais é que ele se foda.Eu realmente sei que ele é satanista é não evangélico, é também sei que ele está planejando algo grande...como um culto maluco e assassino, é eu tenho certeza disso!!

Às vezes eu tenho saudades do meu irmão...não o satanista maluco,mais sim o meu irmão mais novo, ele sumiu faz muito tempo,acho que se ele estiver vivo,pode ser que ele tenha 11 anos,um a menos que eu...bom eu estou fazendo aniversário hoje então agora tenho 13, meio que 2 anos mais velho que ele...bom vocês entenderam,ele é um 1 ano mais novo.

Bom vou dormir, antes que eu acorde as meninas sem querer.


Notas Finais


Pra quem não entendeu muito esse capítulo, ela está escrevendo em um diário,por isso fala "você" ou "vocês".Mais bom, espero que tenham gostado desse primeiro capítulo, até o próximo,bye ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...