História Laços - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Bousara, Naruhina, Sasusaku
Visualizações 395
Palavras 1.707
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Divórcio


Fanfic / Fanfiction Laços - Capítulo 17 - Divórcio

 

(Sakura on)

10 meses se passaram desde o dia em que o Naruto pediu a mão da Hinata, e ela aceitou. Hoje, véspera do casamento, estamos na maior correria! Eu, o Naruto e o Sasuke estamos embalando as coisas do Naruto, para levar para sua nova casa. É uma casa linda! Grande, fica perto daqui, e ele está muito animado. 

- Caramba Naruto, quanta roupa você tem!? - disse o Sasuke, carregando a ultima caixa de roupas do Naruto.

- Nunca imaginei que seria tanto! Esta sempre com essa sua camiseta velha laranja. Hahaha! - falei, brincando também.

- Seus idiotas! São vários tons de laranja ok. - respondeu o Naruto, bagunçando o meu cabelo.

- Aham, sabemos. Vou descer essa ultima caixa, te espero la em baixo Naruto. - disse o Sasuke, descendo pelo elevador, nos deixando a sós.

- É, acho que isso é um tchau. - disse o Naruto, colocando a mão na cama onde dormimos por muitos anos. 

- Esta preparado!? - perguntei, sentando ao seu lado na cama.

- Sim! Eu esperei  por isso a muito tempo.. vou construir a minha família. Quer dizer! Não que você não seja minha família Sakura-chan, mas vou ter filhos... muitos filhos! Vão correr pelo quintal, junto com os cachorros, enquanto a Hinata faz a janta e eu ajudo ela! Quero ter um cachorro também. E você vai ser a madrinha de todos eles. Até dos cachorros! Hahaha. - respondeu ele, acariciando meu rosto.

- Hahaha claro! Vou ser uma boa madrinha. - falei, sorrindo.

- Mas... apesar de feliz por conta disso tudo, eu não queria te deixar. Quer dizer, eu sei, vamos continuar conversando, se vendo todos os dias no trabalho, mas é diferente. Quando você estiver triste, eu não vou estar aqui a noite, para dormimos abraçados. Nem para vermos filme de terror e ficarmos morrendo de medo de qualquer barulhinho! E nem vamos poder brigar mais para ver quem limpa o banheiro essa semana hahaha. Eu vou casar amanha, mas parece que estou me divorciando hoje. - disse ele, segurando a minha mão, firme.

- Ei! Não fique triste. Agora você terá seus filhos pra protege-los dos filmes de terror, terá a Hinata para brigar para ver quem limpará o banheiro, e quando eu estiver triste, com certeza vou na sua casa choramingar no seu ombro e a Hinata vai entender. Porque ela tinha um irmão, e ela sabe que é assim que funciona. Certo!? - falei abraçando-o, segurando as minhas lágrimas.

- Sim! Você sempre tem razão Sakura-chan. Obrigada por tudo, obrigada mesmo. - disse ele, retribuindo o abraço.

- OW! - gritou o Sasuke, aparecendo no quarto, dando o maior susto em nós.

- Sasuke! - falei desmanchando o abraço.

- Foi mal!! Estou descendo!! Estou descendo! - disse o Naruto levantando. Então ele beijou minha testa e saiu na frente.

- Esta tudo bem? - perguntou o Sasuke, percebendo o clima.

- Estou me divorciando! Como eu estaria bem!? - respondi, sorrindo.

-  As vezes, você percebe que gosta da pessoa e acaba sendo tarde demais. - disse ele, pegando mais umas coisas do Naruto que estavam no chão do quarto.

- Nunca pensei que isso aconteceria. Não conosco. Não comigo. - respondi, deixando uma lágrima escorrer.

- Existem laços que são maiores do que de marido e mulher, pai e mãe. Mas não fique assim, ele sempre, sempre estará ao seu lado. Só não vai mais dormir na mesma cama que você! Mas até ai, quem sabe agora, finalmente, você não arruma um namorado? Já está ficando velha hahaha. - disse ele, rindo.

- Seu idiota! Vai logo levar essas coisas! - falei, jogando o travesseiro nele... 

... no dia seguinte...

(Sasuke on)

- Meu deus! Que demora.. estou morrendo de frio nessa Igreja. - disse a Karin, enquanto esperávamos a noiva. 

- Para de reclamar. - respondi, preocupado. Afinal, o Naruto não parava de andar para lá e para cá no palco da igreja, que nem uma barata tonta.

- Sasuke! Fala direito comigo. 

- É o casamento do meu melhor amigo! E você não para de reclamar.

- É casamento do meu primo também. - disse ela, me encarando feio.

- ... vou falar com a Sakura. - falei, me afastando.

- Espera Sasuke. - disse ela, segurando meu braço.

- O que!? - perguntei.

- Desde que você reencontrou eles, você esta cada vez mais se afastando de mim. Isso não é justo, eu estive com você esse tempo todo. Você não tem direito de me jogar fora como um brinquedo que já não tem mais graça. O mínimo que você me deve e respeito. Eu dou tudo de mim por nós, e eu queria que você desse tudo de você também. Por favor. Futuramente, será nós dois aqui, nessa igreja, casando. - disse ela, com os olhos cheios d'água. Foi quando eu parei e pensei em tudo que estava acontecendo. Eu realmente havia me afastado muito dela. Não foi de propósito, foi algo natural. Eu me sentia mais feliz estando com a Sakura, com o Naruto, do que com ela. E quando ela disse sobre casar, não consegui me imaginar entrando nessa igreja com ela. Por mais que ela seja especial para mim... eu estava confuso, eu estava.. apaixonado por outra pessoa. E eu precisava dizer isso a ela. 

- Karin, eu não acho que aqui seja o melhor momento mas.. eu sinto muito. - falei, nem conseguindo olhar nos seus olhos.

- Como assim!? - perguntou ela.

- Eu.. eu deveria ter dito antes mas, as coisas foram rolando e eu...  me desculpa. Me desculpa mas estou apaixonado por outra pessoa. Realmente, não é justo te fazer passar por isso, por isso estou sendo o mais verdadeiro possível. - respondi. 

- Ai meu deus! A Sakura... - disse ela, colocando a mão no rosto.

- Karin, eu nunca faria algo para te machucar. Você é a minha irmã. - falei tentando abraça-la, mas ela logo se afastou.

- Eu vou embora. - disse ela, saindo correndo para fora da Igreja.

(Sakura on)

- Ei! A quanto tempo. O que faz aqui fora!? - disse o Sasori, aparecendo na porta da Igreja.

- Sasori! Eu sou madrinha, então tenho que esperar a Noiva chegar! - respondi, surpresa, cumprimentando-o.

- Entendi! Você está uma gata. - disse ele, me olhando dos pés à cabeça.

- Seu besta! você também esta bem bonitinho! - respondi, analizando-o

- Hahaha sabe, podia ser nós dois agora, casando. - disse ele, dando seu sorriso malicioso. 

- Não! Não comece. - falei rindo.

- Sinto sua falta. - disse ele, colocando a mão no meu rosto.

- Você parece estar bem! Que continue assim. - respondi, tirando sua mão.

- Sakura, a Hinata chegou.  - disse o Sasuke, nos interrompendo. 

- Ok! Até mais, Sasori! - respondi, caminhando até a Hinata.

- Sakura! - disse a Hinata, sorrindo ao me ver, assim que desceu do carro.

- Meu deus você esta linda! - falei ao vê-la parecendo uma princesa.

- Está mesmo. - disse o Sasuke, ajudando-a a subir as escadas.

- Vou avisar o Naruto e o Padre que você chegou. Sasuke! Organiza os padrinhos em fila! Eu já volto. - falei, mas antes de entrar na igreja a Hinata me puxou de canto.

- Sakura. - disse ela.

- O-oi! - respondi.

- Obrigada. Obrigada por confiar em mim para cuidar do Naruto a partir de agora. Eu sei o quanto ele é especial para você. E sei que se você tivesse dito: ela não Naruto. Ele com certeza não estaria comigo agora. Ele me faz muito feliz! Ele é um homem e tanto, e eu sei que parte dessa personalidade perfeita dele foi graças a você. Então obrigada. Eu prometo faze-lo a pessoa mais feliz desse mundo. Não prometo a deus, nem a ninguém, prometo a você. VOCÊ. - disse ela, segurando a minha mão.

- Hinata, se você não fosse uma boa pessoa, eu seria a primeira e interromper esse casamento agora! Desde o ensino médio vocês se amam. Vocês se merecem. Eu mais do que ninguém sei o quanto o Naruto sofreu por você, e sei que agora, nesse momento, o maior sonho dele esta sendo realizado. Você é a princesa dele, você é o sonho dele, você é a vida dele agora. Então não importa o que aconteça, não tenha medo, não pense em desistir, tenha paciência. Ele te ama, e muito, e vocês serão muito felizes! Posso te garantir isso. - respondi, abraçando-a forte... então, sem dizer mais nada, entrei na igreja e fui avisar o Naruto.

- O que foi Sakura-chan!?!? Ela não vem!? Meu deus o que eu fiz! - disse o Naruto desesperado.

- Para de ser idiota Naruto! Ela acabou de chegar e vou te contar um segredo! Ela está LINDA! - respondi, cochichando em seu ouvido.

- Ai meu Deus! Obrigado Sakura-chan. - disse ele, ficando todo arrepiado. Então eu sorri, e voltei para fora da igreja, para entrar junto com o Sasuke, como padrinhos.

- Sua cara não está muito boa não. - disse ele, enquanto esperávamos os outros padrinhos que entravam na nossa frente.

- É claro! Ela é perfeita para ele e eu estou morrendo de ciúmes do meu Naruto! Apesar de muito, muito feliz por ele. - respondi, olhando feio para ele.

- Ok, espera. - disse ele, me segurando antes de entrarmos.

- O que foi!? Precisamos entrar Sasuke! Somos os próximos. - falei, desesperada.

-  Cala a boca. - disse ele, colocando a mão na minha nuca e... me dando um beijo, um beijo suave, gelado, e ... gostoso.

- O-o que foi isso!? - falei, me afastando.

- Você não está sozinha. - respondeu ele, sorrindo. Então ele me deu seu braço, e entramos na igreja. O Naruto estava no altar, e ele sorriu para nós, com os olhos cheios d'água. Apesar da emoção do beijo que senti agora, eu sorri de volta para ele e lembrei, lembrei dele dizendo "um dia eu irei casar com aquela garota! E você entrará como madrinha, ao lado do Sasuke, tão linda como a própria noiva Sakura-chan, e vamos dançar comemorando, a noite toda!" 
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...