História Laços - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruhina, Sasusaku
Exibições 260
Palavras 1.447
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - O Primeiro Beijo


Fanfic / Fanfiction Laços - Capítulo 5 - O Primeiro Beijo

... no intervalo... 

(Naruto on)

- Sabia! Ela sempre vem estudar no laboratório de química no intervalo.. aproveita que ela está sozinha e vai agradece-la! - disse a Sakura-chan, me empurrando para a porta do laboratório.

- S-Sakura-chan!! Eu não sei se é uma boa ideia.. ela está ocupada sabe! - falei inseguro. Ela era realmente muito, muito linda. E além da Sakura-chan, eu nunca tive contado com uma garota.

- Para de ser mole! Você nunca teve medo de nada, vai me dizer que você tem medo de uma garota!? - insistiu ela, sorrindo.

- Não é bem assim! Eu tenho medo de você, e você é uma garota! - falei sorrindo sem graça.

- Ai meu deus.. cala boquinha e vai! - disse ela me empurrando forte. Então, acabei esbarrando na porta e ela abriu com tudo, me fazendo cair no chão.

- A-ai.. - falei sentindo uma dor danada nas costas e, quando olhei para a porta, a Sakura-chan já não estava mais lá.

- V-você está bem!? - disse a linda garota dos cabelos longos, me ajudando a levantar.

- Estou.. foi mal! He..he. - falei sem graça, sorrindo para ela.

- Você me assustou.. você é o garoto que o Neji-niisan.. bem.. - disse ela, abaixando a cabeça.

- Sou eu! O meu nome é Uzumaki Naruto. Eu vim te agradecer por ter me ajudado aquele dia! - falei estendendo a mão para ela.

- O meu nome é Hyuuga Hinata.. E eu que deveria pedir desculpas pelo o que meu irmão fez com você. - disse ela, apertando fraco a minha mão.

- Ah! Relaxa.. eu estou bem agora! Mas e ai.. o que você faz aqui!? Porque você estuda sozinha!? - falei tentando puxar assunto.

- Bem.. eu gosto de estudar sozinha pois me concentro mais! - disse ela, voltando para o seu microscópio.

- Então eu devo estar te atrapalhando! Desculpa.. estou de saída.. hehe.. - falei caminhando para a porta.

- Tudo bem! se quiser.. você pode ficar. - disse ela, dando um leve sorrindo. Então eu fiquei. Aquele foi um intervalo gostoso. Ela me explicou algumas coisas de biologia, que eu não entendia nada mas concordava com a cabeça para não fazer feio! Ela era totalmente  diferente do tipo de mulher que é a Sakura. É quieta, não é de expor sua opinião, tímida, reservada. Mas ela era muito, muito encantadora.. 
 

... a noite...

(Sakura on)

Era noite quando o Naruto apareceu de baixo da minha janela e, como costume, escalou o muro e entrou pela janela no meu quarto. Eu havia acabado de sair do banho, e estava apenas de sutiã e calcinha quando ele apareceu. 

- NARUTO!! - falei dando um tapa na cara dele.

- AAAAAI!! Foi mal.. eu não sabia que você estava de trocando!! - disse ele se virando para parede.

- Seu tarado! Quantas vezes eu já falei para você bater na porta antes de entrar! - falei colocando uma camiseta larga por cima.

- Hahaha como se tivesse muita coisa para ver ai! - disse ele, virando-se novamente para mim, rindo.

- Eu só não te jogo da janela porque não tenho tal força! - falei mostrando a língua para ele.

- Haha gato tem sete vidas Sakura-chan! - respondeu ele, se jogando na minha cama.

- Idiota! Então, o que faz aqui!? - falei deitando ao seu lado.

- Vim te contar da Hinata! - respondeu ele.

- Ah! Verdade.. e como foi!? - perguntei, sorrindo. 

- Não sei.. isso nunca tinha acontecido comigo! Eu .. eu gostei dela, sério. Mas ela é muito diferente.. sei la. Eu não tenho mãe, o orfanato é só de meninos.. só tenho professores homens. O único exemplo de mulher, menina é você. E ela é totalmente diferente de você! Por isso eu não sabia como agir.

- Isso é normal! É só o começo. Que tal você chama-la para sair!? 

- Sair!? Não!! Eu não tenho dinheiro.. e eu nunca tive um encontro. Sem contar que.. eu tenho 15 anos e nunca beijei uma garota!  - disse ele, ficando todo vermelho.

- M-mas isso não significa nada! - falei tentando disfarçar, afinal, eu também nunca beijei ninguém antes.

- Espera.. você também nunca beijou ninguém!? - disse ele, percebendo minha reação.

- É lógico que nunca beijei ninguém! Se não você saberia .. idiota. - respondi, vermelha.

- Assim você não consegue me ajudar Sakura-chan!! Que droga.. não queria fazer feio na frente da Hinata.. - disse ele colocando a mão no rosto.

- Que inveja.. haha. - falei sorrindo.

- P-por que..? 

- Queria estar passando por essa fase também. Com o Sasuke. Queria que ele estivesse aqui. Queria poder estar aprendendo como é beijar.. conhecendo novos sentimentos. mas tudo bem. Ele está em um lugar melhor. E você esta comigo!! - falei segurando sua mão.

- Sakura-chan.. n-nós poderíamos tentar.. - disse ele, aproximando seu rosto com o meu.

- Não!!! Isso seria muito estranho! Hahaha. - falei rindo, sentindo meu rosto quente.

- Ah.. verdade né.. - disse ele, virando o rosto, aparentemente decepcionado. Apesar de conversamos muito sobre tudo, afinal, somos melhores amigos, nunca discutimos sobre o.. amor. Claro, ele sabe que eu gosto do Sasuke, e eu sei que agora ele está afim da Hinata. Mas digo do amor entre nós. Eu o amo, ele é tudo que eu tenho desde os 7 anos. E eu sou tudo para ele também. Mas é um amor diferente. Não é carnal, e muito mais sentimental. Ele é o irmão que eu nunca tive, o primeiro garoto que reconheceu minhas qualidades, muito alem da minha testa enorme. E eu sou a família que ele nunca teve. Isso sempre ficou bem claro entre nós. Mas algo alem disso, nunca conversamos sobre. E um beijo.. parece algo muito carnal.

- Você quer tentar? - falei, ainda com vergonha.

- Não.. tudo bem! Eu entendo. O primeiro beijo tem que ser com alguém especial. - respondeu ele, ainda sem olhar para meu rosto.

- Qual é Naruto! Você é especial para mim. E falando sério, antes você do que beijar um garoto que vai me iludir depois sumir. Não tem problema, aprendemos tanta coisas juntos.. isso será apenas mais uma.

- falei, virando o rosto dele para mim. 

- Verdade, Sakura-chan! - disse ele, sorrindo. 

- Então fecha os olhos! - falei me aproximando.

- Espera! Não vamos fazer isso deitado. Vamos fazer sentados. - disse ele, levantando e sentando na cama. 

- Ai meu Deus! - falei sentando também, rindo daquela situação.

- Esta pronta..? Você vira para aquele lado e eu viro para esse ok!?  - disse ele, se aproximando. Tentando segurar o riso.

- Okay! - respondi sorrindo, olhando no fundo dos seus olhos azuis. Então, lentamente ele encostou seus lábios nos meus. Eles eram bem gelados por conta do frio, mas depois que as nossas línguas tocaram uma na outra tudo ficou quente e.. foi horrível! Nossas línguas não se entendiam, sem contar as dentadas que dávamos um no outro, e as mordidas doidas nos lábios que aconteciam sem querer. 

- Ai meu Deus!! Isso foi horrível!!! Hahahahaha. - disse ele se afastando.

-  Hahahahaha eu não consigo parar de rir!! - falei deitando novamente na cama, rindo até chorar. 

- O que foi isso Sakura-chan!?!? Hahaha. - disse ele deitando rindo também. 

- Honestamente, nunca levei tanta dentada na minha vida!! Hahaha. - falei secando minhas lágrimas.

- Nossa, eu achei que eu fosse morrer com falta de ar e com tanta baba! Hahahahaha.

- Para Naruto! Eu estou até com o abdômen doendo de tanto rir!! - falei segurando a minha barriga.

- Sakura-chan..! - disse ele, secando suas lágrimas, colocando a mão no meu rosto. 

- O-oi..? - falei encarando-o.

- Obrigado! - disse ele, me abraçando forte. Foi naquele dia que percebemos, que não nascemos para viver um romance. Que apesar dos nossos sentimentos se entenderem, nossos corpos não são nada compatíveis! Mas isso não afetou em nada na nossa amizade. Pelo contrário! Nosso laço se fortaleceu mais e mais. Como se nos tornássemos inseparáveis. Unha e carne, queijo e goiabada. Um amor que era superior a carne, ao desejo. Um amor sincero e verdadeiro entre dois irmãos, não de sangue, mas de coração. 

- Seu besta! Agora vai, você precisa pensar bastante porque amanha terá que chamar uma garota para sair! - falei assim que desfizemos o abraço.

- Ok ok! Me de boa sorte! - disse ele levantando, parando em frente a janela.

- Boa sorte loirinho! - falei, sorrindo.

- Hehe obrigado! Até amanha, Magrela. - disse ele saindo, naquela noite fria.. 
 

 


Notas Finais


O que estão achando da fic pessoal!? Espero que estejam gostando! Obrigada por ler e acompanhar!
Beijos, Saychan!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...