História Laços - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias My Little Pony
Personagens Princesa Celestia, Sci-Twi, Sunset Shimmer, Twilight Sparkle
Tags Princesa Celestia, Sci-twi, Sunset Shimmer, Twilight Sparkle
Visualizações 6
Palavras 2.236
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Família


Sci-Twi ficou no castelo da amizade, enquanto Twilight e Sunset foram até canterlot ver a princesa Celestia.

Sunset entra na sala do trono do castelo de Canterlot, a princesa já a estava esperando, ela então faz uma reverência e começa a falar:

 

Princesa eu…

 

Antes que  ela pudesse formular qualquer frase, Celestia desce de seu trono, levanta Sunset e a abraça fortemente.

 

Eu senti tanto sua falta Sunset Shimmer, todos esses anos em que você esteve longe eu me culpei por tudo o que fiz a você, por tê-la feito partir. Perdoe essa tola que tanto mal lhe causou.

 

Twilight fica surpresa diante da fala de sua tutora e amiga.

 

Como assim princesa, sou eu quem lhe deve pedir perdão, fui eu a culpada de tudo. - falou Sunset Shimmer confusa.

Sunset, eu sou a verdadeira culpada de tudo que te aconteceu. Me permita contar algo a você que eu já deveria ter dito há muito tempo e você entenderá. Tudo começou a pouco mais de trinta anos atrás, quando eu namorei um jovem pônei chamado Night Light...

 

O QUÊ????? -  Twilight Sparkle gritou antes que Celestia pudesse continuar - Você namorou com o meu pai? Como em nome de Celestia isso é possível?

 

Era justamente isso que eu iria contar Twilight, se você me permitir é claro.

Desculpe princesa, é que eu nunca pensei em você desse jeito, pode continuar.

Como eu ia dizendo, pouco mais de trinta anos atrás, eu conheci esse jovem pônei durante uma fuga do castelo. Eu já havia erguido o sol e aquele seria um dia tedioso sem nada em especial. Pedi para que remarcassem todos meus compromissos para o dia seguinte, pois estava me sentindo indisposta. Fui para meu quarto e pedi para não ser incomodada a menos que o futuro de Equestia estivesse em perigo.

Feito isso, usei um feitiço de mudança de forma que me deu a aparência de uma unicórnio comum. Me teleportei então para fora do castelo e passei a explorar minha cidade, afinal desde que me tornei princesa todos a minha volta sempre agem em seu melhor e eu queria conhecer meus súditos como eles realmente eram. Estava andando pelas ruas quando distraída esbarrei em um jovem pônei e acabamos caindo os dois. Eu me desculpei por tê-lo derrubado e ele disse que não era problema, afinal acidentes acontecem. Ele me perguntou o que (um lugar como eu fazia em uma pônei como aquela) uma jovem linda como eu fazia andando sozinha por Canterlot. Para não estragar meu disfarce, disse eu então respondi que havia acabado de me mudar para cá e que estava conhecendo o lugar. Night Light então se ofereceu para me mostrar a cidade, e eu aceitei.

Passeamos a manhã toda e almoçamos juntos, a tarde ele sugeriu irmos ao parque de canterlot apreciar o pôr do sol, mas eu disse que não poderia pois já tinha de voltar para o castelo. Ele me olhou e perguntou: Como assim voltar para o castelo? Quando percebi meu deslize, disse que tinha de voltar pois eu trabalhava lá, ou melhor, que começaria no dia seguinte. Marcamos de nos encontrar na semana seguinte, ao meio dia no parque.

Desde aquele dia eu o amei. Após uns dois meses, nos encontrando, eu decidi revelar quem eu realmente era, pois não queria que nossa relação seguisse fundamentada em uma mentira. De início ele ficou irritado por eu ter mentido para ele, mas ele entendeu que como princesa eu não poderia ter uma vida normal, e que tudo o que havíamos vivido até ali não poderia ser uma mentira e acabou aceitando.

Ficamos juntos por cerca de onze ótimos meses, claro que ninguém em Equestria sabia de nossa relação, somente meu mordomo de confiança. Mais ou menos uma semana antes da noite do pesadelo (por volta do dia 25/10), pouco antes de completarmos um ano de namoro eu terminei com ele, não por eu ser uma princesa e ele um pônei comum, isso nunca me importou, mas pelo fato de eu ser imortal e ele não. Ele merecia estar com alguém que pudesse amadurecer e envelhecer junto dele, viver uma plena e normal, enquanto eu tinha todo o reino para me preocupar e não podia me dar ao luxo de ter uma vida normal como qualquer outra pônei. Mesmo triste e abatido com o término de nossa relação, ele me prometeu que jamais revelaria nosso relacionamento a ninguém. Poucos meses depois soube que ele estava com uma jovem chamada Twilight Velvet.

Ainda não entendo que relação isso tem comigo princesa - disse Sunset Shimmer.

Nem eu princesa - concordou Twilight.

Logo as duas entenderão. Quando eu terminei com Night Light, nem ele e nem eu sabíamos, mas eu estava grávida…

O QUÊ???? Twilight e Sunset falaram em coro surpresas

Como assim grávida? perguntou Twilight - como eu nunca soube que você havia tido um filho?

Acho que  é isso que ela pretende nos contar Twilight - interrompeu Sunset

Sim eu estava grávida de um filho, no caso, uma filha de seu pai Twilight, sua meio irmã. Eu não quis contar ao Night Light porque quando a criança nasceu ele já estava de casamento marcado com sua mãe, e seria perigoso para a vida dele se alguém soubesse que ele tinha uma filha com a governante de Equestria, isso poderia tornar ele e sua família um alvo para os inimigos do reino, então eu optei por esconder dele essa informação e até hoje ele não sabe a existência dessa criança. Apenas os funcionários de mais alta confiança, meus amigos, sabiam dessa informação. Para não demonstrar publicamente minha gravidez, reduzi minhas aparições somente ao essencial, e sempre que precisava comparecer a algum evento, conjurava um feitiço ilusório para esconder minha barriga. Em setembro do ano seguinte (22 ou 23) minha filha nasceu e eu cuidei dela pelo seu primeiro ano, mas temi pela segurança de minha filha e de meu reino, então eu a deixei aos cuidados do orfanato de Canterlot, onde poderia visitá-la sempre que desejasse, sem atrair suspeitas. Eu a vi crescer e alguns anos depois a tomei como pupila. Essa criança é você Sunset Shimmer, você é minha filha.

Eu sou sua filha? Questionou Sunset Shimmer

Ela é minha irmã?

Eu sou sua filha? Fala Sunset com um misto de dúvida e surpresa e em seguida levanta sua voz.

 

POR QUÊ VOCÊ NÃO ME DISSE ISSO ANOS ATRÁS? SABE QUANTA DOR EU SENTI, QUANTAS NOITES EU FIQUEI SOZINHA CHORANDO ATÉ DORMIR ESPERANDO UM DIA SABER QUEM ERAM MEUS PAIS, PORQUE HAVIAM ME DEIXADO ALI?

 

O chifre de Sunset se ilumina, e faíscas saem dele enquanto ela anda de um lado para o outro encarando Celestia.

 

Eles não me amavam? eu não fui planejada? Eles queriam um potrinho?. Todas os pôneis eram adotados, menos eu. Todos encontravam uma família e eu não. Minha infância eu fiquei sozinha, sofrendo, até que eu decidi que já que meus pais não me queriam, eu não precisava mais deles também. A única coisa que me alegrava naquele orfanato eram as suas visitas princesa, mostrando que se importava conosco, que se importava comigo. Alguns anos depois eu entrei para a sua escola de unicórnios e eu te via como a mãe que eu nunca tive, pela primeira vez em minha vida eu pensei que poderia ser feliz, então você continuamente se negou a explicar o que havia no espelho, qual seria meu destino, você sabia que eu estava destinada a ser princesa e me negou isso, me expulsou de sua companhia, da companhia da única pessoa (pônei) que eu pensei que se importava comigo e com quem eu me importava. Eu te amava e você me abandonou. Eu fugi para o outro lado do espelho e você nem ao menos se preocupou em saber se eu estava bem, se estava viva.
 

Celestia fica em silêncio ouvindo Sunset enquanto Twilight não sabendo como reagir apenas observa estática a cena a sua frente. Com lágrimas nos olhos Sunset prossegue.

 

Eu fiquei sozinha por anos em um mundo estranho, sem família, sem amigos, sem ninguém para me apoiar. Quando o portal abriu novamente eu roubei a coroa da Twilight e iria utilizá-la para tomar Equestria e mostrar que você não tinha mais domínio sobre mim, que eu não era mais aquela pônei que te admirava, que queria ser como você, eu era mais forte. Se você não iria me dar meu lugar de direito, eu iria tomá-lo à força.

Twilight e as outras me derrotaram, e mesmo depois de todo o mal que fiz elas me perdoaram, aceitaram e viraram minhas amigas de verdade e me ajudaram a ser uma pessoa melhor. Twilight, Applejack, Fluttershy, Rainbow Dash, Rarity e Pinkie Pie me receberam em suas casas, suas famílias, elas foram a minha família naquele mundo, aquela que eu nunca tive enquanto vivi aqui em Equestria e sempre sonhei. Depois de tanto tempo eu finalmente achei a paz que procurava e você agora vem me dizer que isso foi tudo culpa sua. Você sabia de tudo e não fez nada, deixou que eu pensasse que ninguém me amava, que eu estava sozinha no mundo. Eu vim aqui para pedir perdão por meus erros, para tentar me aproximar de você mais uma vez e esquecer o passado, mas agora eu não sei se quero ficar perto de você novamente.

 

Sunset senta-se de costas para Celestia. Twilight se aproxima de sua amiga e põe um casco em seu ombro.

 

Sunset, eu não imaginei que você tinha passado por tudo isso. Mesmo depois de tudo o que você viveu, você se tornou uma pessoa, uma pônei melhor, não poderia perdoá-la? todos cometemos erros, alguns mais que outros, mas devemos ser capazes de perdoar…

 

Sunset rapidamente se levanta e vira para sua amiga.

 

ELA MENTIU PARA MIM TWILIGHT!!! TODA A MINHA VIDA FOI UMA GRANDE MENTIRA!!! COMO EU POSSO PERDOÁ-LA?! Se hoje eu sou uma pessoa melhor é porque vocês me mostraram que havia outro caminho, que eu poderia existir além de meus erros, mas tudo o que me aconteceu foi por culpa dela, ela sabia que éramos irmãs e ainda assim te mandou para me deter, sem te contar o quanto estávamos ligadas. Tudo teria sido diferente se eu ao menos soubesse que havia alguém no mundo com quem eu poderia contar, alguém que se importasse comigo, eu não teria me tornado um monstro cheio de ódio sedenta pelo poder, eu nunca teria sequer conhecido ou machucado minhas amigas, eu poderia ter sido uma pessoa feliz Twilight e ela me negou isso.

Sunset…    

Ela está certa Twilight. Sunset Shimmer, eu sei que o que fiz com você não tem perdão, eu jamais me perdoarei por não ter estado ao seu lado quando você mais precisou de mim. Por favor, perdoe essa tola, me perdoe por em minha covardia ter  te causado tanto mal. Todo esse tempo que ficamos separadas eu senti sua falta, ter te afastado de mim talvez tenha sido meu maior erro, você não tinha culpa nenhuma e eu a fiz pagar por meus erros. Mê dê a chance de recomeçar, de finalmente ser sua mãe estar ao seu lado, (Celestia se abaixa em frente a Sunset para poder olhá-la nos olhos) eu peço aqui para você não como a Celestia governante de Equestria, mas sim como uma pônei, uma mãe profundamente arrependida de seus atos, me deixe fazer parte de sua vida ainda que não seja como sua mãe, permita que eu seja sua amiga, mas se em seu coração você não puder me perdoar, eu aceitarei isso e não mais interferirei em sua vida.

 

Sunset Shimmer fica alguns segundos em silêncio antes de falar novamente com Celestia.

 

Princesa eu preciso pensar muito sobre isso antes de responder qualquer coisa, agora eu estou com muita raiva, não quero dizer mais nada de que eu possa me arrepender depois. Adeus princesa.

 

Depois de dizer isso, Sunset se afasta e sai andando cabisbaixa pelo hall do castelo.
 

Princesa Celestia, você vai ficar bem?

A imortalidade é um pesado fardo Twilight Sparkle, um que eu não desejaria a nenhum outro pônei. Dizem que com  idade vem a sabedoria, que você cresce e aprende com os erros da sua juventude, mas eis me aqui, viva a milhares de anos e ainda cometendo erros muito graves. Expulsei minha própria irmã para a lua, e em meu medo, minha covardia, abandonei minha filha, uma potrinha indefesa para quem eu era seu mundo, e fui a culpada por sua queda.

Princesa, eu conheço a Sunset Shimmer. Não sei como era seu relacionamento com ela antes, mas uma coisa eu sei, ela hoje é uma pônei muito melhor do que quando a conheci, não é mais a mesma égua que fugiu de você anos atrás. Ela aprendeu o valor da amizade, e que é muito importante saber perdoar quando um amigo erra porque ela mesma já passou por isso. Tenho certeza de que Sunset só precisa de tempo para se acostumar com a ideia e processar todos os fatos.

Quando foi que você ficou tão mais sábia que eu Twilight  Sparkle?

Não diga isso princesa, além de minha tutora você é minha amiga, amigos ajudam uns aos outros a superar os problemas. Vocês vão superar isso tenho certeza. Agora eu tenho que achar a Sunset e ver como ela está.

Tudo bem Twilight, vá ver sua amiga, ela precisa de você, eu ficarei bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...