História Laços de Paixão (Romance Gay) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Bissexual, Bissexualidade, Boyxboy, Criação, Drama, Explicito, Festa, Gay, Hetero, Heterossexual, Homo, Homossexaual, Lemon, Lgbt, Originais, Original, Paixão, Romance, Romance Gay, Shounen Ai, Yaoi
Visualizações 90
Palavras 870
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 13 - Cap 13: O Beijo


Fanfic / Fanfiction Laços de Paixão (Romance Gay) - Capítulo 13 - Cap 13: O Beijo

Quando cheguei em casa aproveitei que meus pais não estavam e a primeira coisa que fiz foi deitar e começar a pensar naquilo tudo que estava acontecendo, eu não acreditava que tinha realmente beijado um cara, muito menos o Eric...

Horas antes:

Eric: Eu tenho que te confessar uma coisa e tenho quase certeza que você tambem tem algo a me dizer.

Ele disse ainda com as mãos na bancada me prendendo ao redor de seus braços e em sua frente, não me deixando nenhuma brecha para escapar.

Henry: Do que diabos está falando Eric? - eu disse virando o rosto para não encaralo, eu sabia exatamente do que ele estava falando, me lembrava muito bem daquela noite.

Eric: Pare de dar uma de desentendido, você estava espiando quando eu estava com a Bruna certo?

Henry: E..Eu não estava espiando, eu abri sem querer achando que la era o banheiro, apenas isso, foi um acidente.

Eric: Você ficou me encarando demais pra ter sido apenas um acidente.

COMO ELE SABIA QUE EU TINHA ENCARADO?

Henry: O QUE?

Eric: Tinha um espelho atrás da Bruna  que dava para ver com clareza a porta sendo aberta.

Henry: Então... porque continuou?

Ele aproximou mais o rosto de mim e disse com uma voz rouca bem perto do meu ouvido.

Eric: quando eu vi que era você me excitei ainda mais.

Senti meu corpo todo tremer e minhas pernas bambearem, segurei firme nos ombros dele pois estava com a sensação de que cairia a qualquer momento.

Henry: Eric...

Eric: Eu sei que você também ficou quando me encarou, eu vi você olhando de cima a baixo nas minhas costas, vi você prestando atenção em cada movimento meu e senti o quanto você queria estar no lugar da bruna, aquilo me deixou maluco e naquele momento eu quis que fosse você ali no lugar dela também.

Eu estava em choque, não conseguia dizer mais nada, apenas fiquei o encarando e quando ele notou que eu não responderia ele continuou.

Eric: Eu não consegui continuar depois disso, por isso saimos rápido do quarto.

Saber disso me aliviou e eu não fazia idéia do porque, saber que ele não transou com ela depois de me ver tirou uma parte de um peso desconhecido das minhas costas.

Eric: Quando começamos a nos aproximar eu senti a mesma coisa em muitos momentos, no acampamento eu não te tirava da cabeça depois daquela conversa na cachoeira e queria que você estivesse dividindo a cabana comigo, deitado na mesma cama que eu, pensei que fosse algo de momento, mas agora com você aqui entre os meus braços, segurando meus ombros, e totalmente corado eu percebo que aquilo não foi um desejo passageiro.

Henry: Eric... por favor.. - não conseguia formular mais nenhuma frase, meu rosto estava completamente vermelho.

Eric: E porra, ouvir você chamando o meu nome me enlouquece.

Ele me puxou diminuindo ainda mais a distância entre nossos corpos que eu estava tentando ao maximo que podia afastar e me beijou com força, sem pedir permissão, sem esperar um movimento meu, ele só tomou meus labios com toda a vontade que tinha e eu adorei aquilo como nunca havia sentido.

Eu correspondi sem pensar duas vezes, ele definitivamente estava tirando minha sanidade, ficamos nos beijando muito sem nos desgrudar nem um segundo, nossos corpos colados um no outro apenas com pedaços de pano nos impedindo de sentir nossas peles juntas, ele parou o beijo e tirou a camisa, voltou a me agarrar empurrando meu corpo um pouco pra trás me fazendo sentar na bancada. Ele segurou firme na minha cintura e começou a beijar meu pescoço subindo de novo até minha boca enquanto suas mãos foram até o botão da minha calça o abrindo, um gemido sufocado escapou quase ao mesmo tempo de nossas gargantas e isso deixou o clima ainda mais quente, se é que isso era possivel.

Paramos de repente quando escutamos a porta da frente se abrindo, eu desci da bancada abotoando a calça, quase caindo de tão apressado e sentei na cadeira enquanto Eric colocava a camisa e abria a geladeira fingindo procurar alguma coisa.

Teriamos tirado o resto das peças de roupa que sobraram se não tivessemos sido interrompidos, isso fez minha consciência voltar e dei graças aos céus mentalmente por essa interrupção.

Como vão meus queridos?.- disse Enzo entrando na cozinha e cumprimentando ao Eric e a mim com um beijo na testa.

Henry: Muito bem Enzo e você? - disse ainda vermelho e com o rosto um pouco escondido tentando disfarçar.

Enzo: Melhor impossivel, preciso contar uma noticia a vocês.

Eric: Boa ou ruim?

Enzo:Ótima, arranjei um investidor novo na França e vou pra la no sabado.

Eric: Isso é ótimo pai.

Enzo: Vou voltar em 3 dias, acham que podem sobreviver?

Eric: olha se você comprar vodka eu sobrevivo.

Enzo riu e se sentou na mesa chamando Eric pra se sentar também, pois precisavam conversar sobre o futuro da empresa. Aproveitei a oportunidade para me despedir e dizer que tinha que voltar pra casa, Eric me pediu para ficar mas eu recusei, dei um abraço no Enzo, acenei para Eric e fui até o meu carro correndo para poder fugir dali.

Agora:

Aqui estou eu, deitado olhando para o teto pensando em toda a minha burrice, em como minha vida tinha virado de cabeça para baixo, mas também pensando na maldita pegada do Eric... POR QUE DIABOS EU CEDI?

•◇•



Notas Finais


DESCULPA POR NÃO TER LEMON E NÃO ME MATA *Please*

Não se esqueça de votar e comentar se gostou


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...