História Laços Distintos - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Personagens Originais
Tags Kawaii, Sasunaru
Visualizações 78
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hellow friends 😅

Capítulo 3 - Primeiro passo: Alvo


Uma vez por ano, Konoha celebrava o fim das guerras. Nesse dia tão festivo, se encontravam clãs distintos que, naturalmente acabavam se conhecendo e unindo à paz. Para Sasuke, todo esse teatro era uma perda de tempo. Não existia paz, você a construía, com sacrifícios e orgulho. Desde que presenciara o fim de sua linhagem, o moreno nunca mais acreditou na humanidade, na esperança ou em qualquer outro convicto que movesse os aldeões. 


"Todos egoístas e arrogantes, que proferiam palavras doces e gentis, palavras que deveriam ser sinceras — apenas para usar e abusar da bondade alheia"


Seu  pensamento sobre seus ancestrais também não era bom. Mas tudo isso iria mudar...


— Sasuke-kun!?

Aquela voz feminina soou um pouco próximo, mas o garoto não se preocupou em descobrir à quem pertencia, parecia estar em outro mundo.

— Você não vai dançar ?

A Haruno mantinha um sorriso satisfeito nos labios, como se fosse conseguir o que estava querendo.

O olhar gélido e distante de Sasuke apenas confirmou o óbvio. 

Sakura deu alguns passos para trás e voltou para frente no mesmo ritmo, suas pálpebras se fecharam e abriram rapidamente algumas vezes por segundo e só estava ciente do que acontecia ao seu redor quando foi puxada por sua amiga Tenten, para longe do moreno.

— Sakura, quer parar !? Você ainda não  percebeu que ele não 'tá afim nem de ficar nessa festa...?

A Haruno pareceu pensar e sorriu inocente, ainda sem entender o que acontecia.

— Como assim Tenten ? Eu poderia ter conseguido, Sasuke só está tímido...

— Só você vê isso.

Neji, que se encontrava atrás da Mitsashi se pronunciou. Sua expressão dizia tédio, e o Hyuuga encarava o copo de um líquido esverdeado, pela metade, em sua mão esquerda, como que analisando o conteúdo fornecido no festival.

— Ah! Qual é pessoal, somos jovens e temos que aproveitar a vida...Estamos no festival da paz...


Tentou argumentar mas os rostos conhecidos desde a infância por si não mudaram. 

— Oh! O que foi ? Não conseguiu fazer com que Sasuke visse essa sua testa de marquise ?!

Ino riu, tirando sarro sem prévia, aproveitando a face ruborizada e raivosa de Sakura.


— Vamos parar com isso vocês duas!

Tenten mostrou metade de seu corpo entre as amigas e sua expressão ficou desafiadora.

— É isso aí, Tenten! 

Kiba deu um soco no ar e esperou a suposta briga de garotas começar.


Sasuke, que ainda estava próximo do grupo podia ouvir suas risadas e atitudes infantis. O moreno encarou a floresta atrás do festival. O vento havia cessado, mas sua intuição nunca falhava, algo estava para acontecer.

🌻🌻🌻


Todos organizavam seus trajes e seus capuzes, a noite era favorável e ninguém queria perder a oportunidade.


— Temos vinte minutos pra sair!

Um homem alto, com um porte de segurança adentrou o ambiente da Akatsuki, avisando a antecipando o próximo passo da organização.


— Devemos mesmo ir hoje ? Quer dizer... Orochimaru está colocando ele em perigo, expondo-o para Konoha dessa maneira...

Karin repreendeu as ações do sennin, ainda entretida nos nós que seu traje fazia, enquanto se esforçava para arrumar.

— Sabe que não devemos ir contra ele, afinal, Orochimaru sempre sabe o que vai acontecer antes mesmo de nós...tudo está preparado...

Juugo respondeu à companheira ruiva e recebeu a atenção de Suigetsu.

— Está querendo insinuar que Orochimaru quer impor sua posição ? Tipo mostrar que ainda não perdeu ?!

O Hozuki comentou algo criativo e sentiu a presença forte de Itachi por detrás.

— Quais seus pensamentos sobre ele...?

Itachi ressaltou.

— S-sobre Orochimaru-sama ?! Nenhum...e-eu...

Não Orochimaru. Naruto.

Karin, Juugo e Suigetsu permaneceram imóveis, afinal, desde quando Itachi tinha interesse no Uzumaki ?!


— Ele é ingênuo demais, mesmo para a idade dele, Orochimaru conseguiu enganá-lo direitinho.

Karin socou a cabeça do Hozuki e berrou indignada.


— Você não ouse tentar negar que também era assim...


— O quê ?! - Agora Suigetsu quem pareceu chocado. — Eu não fui tão burro quanto àquele minúsculo não! Eu tinha atitude, ok ?.


Hãh ?!

Itachi notou que aquela discussão tomaria seu precioso tempo e deixou-os à sós, sendo acompanhado apenas pelo par de olhos castanhos de Juugo.


~•~

— O que isso faz ?

O loirinho perguntou ao sennin, enquanto apontava distraidamente para um pergaminho marcado por kanjis desconhecidos.


— Isso...- Pegou o objeto em mãos o  aproximou mais do garoto. —...pode conjurar qualquer elemento, desde que seja iniciado da forma correta...- observou os olhos azuis brilhantes de curiosidade e sorriu.


— Se eu falar esses símbolos aí, eu vou conseguir controlar o mundo...?

A imaginação de Naruto foi uma das qualidades que Orochimaru havia encontrado desde que o viu de primeira. Sabia que ele seria quem quisesse, enquanto houvesse imaginação.

— É claro, mas existem milhões desses pelo mundo, então pode demorar. Por isso faça assim, guarde apenas o necessário aqui...- Tocou na testa coberta por fios dourados. —...e anote o resto em papéis especiais, assim não será preciso tentar se lembrar de coisas que não importam...

O pequeno pareceu entender, pois confirmou com a cabeça e voltou a observar o homem passar as mãos por mais pergaminhos daqueles.


— Quanto tempo vai demorar para não se tornar mais importante...?


— O que...?


— Konoha...


Orochimaru parou o que fazia e fitou o rosto abatido da criança. Se sentou em um banco não muito velho, amadeirado, e puxou o pequeno para seus braços, sentando-o em seu colo.


— Konoha deixou de ser importante pra você há muito tempo, pequenino.


Naruto ficou surpreso.


— Deixou !?

Orochimaru assentiu.

— Quando alguém sofre muito em um determinado lugar, tende a ser mais fácil desapegar e torná-lo só uma lembrança ruim.


Aquela pareceu ser a frase mais importante para Naruto, como se fosse daquilo que precisasse saber para viver em paz.


— Então por que estamos voltando ??

O loirinho viu sua pequena mão ser gentilmente pega na de Orochimaru e o seguiu até o corredor, onde os levariam até a saída.


— Porque antes de partir, precisamos primeiro nos despedir.

Sorriu docemente após e continuou caminhando com o menino para fora, já se encontrando com todos os outros devidamente arrumados.

 Orochimaru cobriu o loirinho com seu manto extenso e o aninhou em seus braços, mantendo sua cabeça escondida na roupa.


— Já estamos prontos ?

Teve muitas cabeças confirmando e seu sorriso se alargou.

— Então vamos, não podemos deixar nossos convidados esperando!

Declarou e, por fim, teletransportou-se com todo o resto para o único alvo específico.






O festival da paz...




Notas Finais


Não me matem, eu att então está todo sob controle...😃😃


Até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...