História Lados Opostos - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Hentai, Romance, Sasusaku
Exibições 74
Palavras 1.707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Presente


Sakura voltou para sala e se sentou no seu lugar, algumas meninas a olhavam torto apenas pelo fato de o Uchiha ter deixado à menina sentar ali.

Depois de alguns minutos, Sasuke entrou na sala, acompanhado de seus amigos, todos eles davam risada de alguma coisa, e Sakura preferia não saber.

Sasuke sentou no seu lugar e depois olhou para a Sakura, e disse:

_ Continue na escola, depois que o sinal de ir embora, tocar.

_ Por quê? – Ela perguntou sem olhar para ele.

_ Porque eu tenho um presente, de boas vindas para lhe dar. – Ele disse sorrindo de canto.

Sakura desconfiava que esse tal presente, tinha a ver com a ideia pervertida que o Naruto, tinha tido, e por isso, perguntou:

_ E se eu não ficar?

_ Eu já disse, eu mando nessa escola, todos fazem o que eu mando, e se não me obedecerem sofreram, em minhas mãos.

Sakura se arrepiou, aquele garoto a atraia e ao mesmo tempo a assustava, Sasuke olhou para Sakura, e falou:

_ Você fica.

_ Okay eu fico.

_ Boa garota, garanto que não ira se arrepender.

_ Espero. – Ela pensou.

No meio da aula de biologia, ela sentiu uma das mãos do Uchiha, na sua coxa, mas acabou a afastando, fazendo com que o moreno sorrisse.

A menina então olhou para o moreno, desconfiada, mas não falou nada, preferiu não arranjar mais briga.

Quando a aula acabou, veio o intervalo e Sakura saiu da sala, ela e as meninas marcaram de se encontrar na cantina da escola, mas no caminho, ela viu algo que não acreditava, Sasuke estava com aqueles mesmos garotos, fumando maconha.

O moreno viu que a menina estava os observando, e caminhou até ela.

_ O que você faz aqui?

_ Eu... Eu... Acho que me perdi.

Sasuke riu ao ouvir a menina, ele não acreditava no que Sakura dizia, por isso disse:

_ Você acha que eu vou acreditar?

_ É sério, eu sou nova aqui, então eu não conheço a escola toda, e alias, você poderia me dizer onde fica a cantina?

_Tanto faz, só espero que você fique quietinha se não...

_ Está com medo do papai, descobrir que o filhinho dele, anda fumando maconha, na escola?

_ Se você abrir a boca vai sofrer as consequências.

_ Qual? Não vai me dar, o meu presente? – Sakura falou rindo.

_ Não, esse está bem guardado. Agora vem, vou te levar para a cantina.

Sakura estremeceu ao sentir o garoto segurar a sua mão, ele percebeu e sorriu de canto para ela, naquele momento, Sakura esqueceu que aquele garoto, era um imbecil maconheiro.

Todos da escola os olhavam assustados afinal Sasuke, nunca tinha andado de mãos dadas com ninguém.

Quando chegaram na cantina, Sasuke soltou Sakura brutalmente e disse:

_ Aqui está, agora me prometa que não vai abrir, essa maldita boca.

_Okay eu não vou falar nada, agora sai de perto de mim, garoto bipolar.

Sasuke olhou para ela com a sobrancelha arqueada, e depois disse:

_ Tanto faz rosinha, mas não se esqueça, depois da aula...

Sasuke deu as costas à menina e foi embora, ela por mais que achava Sasuke irritante, não via a hora das aulas acabarem, para ela descobrir que presente era aquele.

Ela encontrou as meninas, e todas passaram a lanchar juntas, ela estava adorando suas novas amigas, todas elas eram legais, até mesmo Temari que no início parecia estar emburrada se soltou mais.

_ Então, eu vi que o Sasuke te trouxe até aqui. – Ino falou num tom malicioso.

_ É que eu me perdi, então pedi a ajuda dele.

_ E ele te ajudou? Que milagre! – Tenten falou.

_ Eu disse, ele gostou da Sakura.

_ Concordo. – Temari falou sorrindo.

A rosada riu nervosa, e terminou o seu lanche, ela queria contar para as meninas que tinha visto o moreno fumando maconha com os outros meninos, mas lembrou da ameaça do moreno, e por isso, ela optou por ficar quieta.

Quando chegou na sua sala, Sakura sentou-se no seu lugar rapidamente e passou a mexer no seu celular, até sentiu o moreno se sentar ao seu lado.

_ Você ficou quietinha?

_ Sim.

_ Ótimo, não vou ter que castigar você.

_ Que bom, não é?

Ele riu seco ao ouvir a menina, e depois disse:

_ Essa sua marra, vai acabar logo, Sakura.

_ Sasuke, por favor, vá se foder.

_ E se eu te falar que eu prefiro foder você?

Sakura soltou o celular, fazendo com que ele caísse na sua carteira, enquanto ouvia o moreno rir da cara dela.

_ Seu idiota, você nunca vai...

_ O que?

_ Me foder.

_ É o que nos vamos ver Sakura.

Assim que todas as aulas acabaram, Sakura tentou fugir do Uchiha, mas não conseguiu, ele passou a arrasta-la para dentro da sala, enquanto dizia:

_ Seja uma boa garota, rosinha.

_ Não me chama de rosinha.

_ Por quê? Não gosta?

_ Não, não gosto.

_Está ai, um belo motivo para eu, continuar te chamando de rosinha. – Ele disse dando um sorriso safado.

Sakura então percebeu o que iria acontecer ali, por isso ela tentou fugir da sala novamente, mas ele a segurou.

_ Não adianta rosinha, é hora de eu lhe dar, o seu presente de boas vindas.

 Antes que ela pudesse recusar ou protestar, ele a calou com um beijo desesperado.

Sakura ficou imóvel e submissa aos lábios dele, ela sentiu os lábios dele sugarem os seus e a provocando com sua língua quente e macia, era quase que impossível de Sakura resistir.

Justo quando ela estava me acostumando com a sensação gostosa de tê-lo, Sasuke interrompe o beijo e a olha com uma expressão séria.

_ Se era só isso, legal! Agora tchau.

Sakura tentou fugir, mas ele a segurou:

_ Ainda não acabou, rosinha, sente-se naquela mesa.

Sakura sentiu o seu corpo se arrepiar, e sentou-se à mesa do professor.

_ Agora abra as pernas.

_ E se eu não abrir, acontece o que?

_ Eu já te disse, um milhão de vezes, Sakura, se não me obedecer, vou castiga-la.

Sakura se assustou, ao ouvir o moreno, mas mesmo assim, ela abriu um pouco as suas pernas, logo a menina sentiu as mãos do Uchiha deslizando por suas coxas, subindo por suas costas.

_ O que você está fazendo, garoto? – Sakura perguntou assustada.

_ Dando boas vindas, a você.

_ Você já me deu boas vindas, se esqueceu? Ou aquele esbarrão...

_ Fique quieta.

Os lábios de Sasuke pressionaram contra o pescoço da rosada, e com a língua, ele começou alguns movimentos leves, seguido de mordidas fracas.

Ela deixou um gemido, escapar assim que uma das mãos do moreno atravessou o tecido da calcinha dela e acariciou a sua vagina vagarosamente.

Sakura sentiu seus músculos se contraírem assim que ele apertou um pouco o seu clitóris entre o polegar e o indicador.

 Em seguida ele direcionou os dedos até seus grandes lábios vaginais e começou a acariciar entre o meio deles bem lentamente, ele então penetrou a rosada com dois dedos e pressionou o clitóris com o dedão levando a Haruno à loucura, expressando-a em forma de grito alto.

_ Eu vou matar você, Uchiha. –Sakura disse rápido já sentindo o Uchiha parar com os movimentos dentro dela e retirando sua calcinha sem a menor das delicadezas.

_ A partir de agora, você é minha, ouviu rosinha?

_ S-sim.

_ Não quero te ver, com nenhum homem além de mim, tá me ouvindo?

_Aham.

_ Apenas minha. – Sasuke sussurrou no ouvido de Sakura, fazendo com que ela se arrepiasse.

_ Você Sakura, está me dando um baita tesão.  – Ele continuou sussurrando no ouvido dela.

Depois de alguns minutos na mesma posição de prazer, a menina chegou a seu ápice, deixando os dedos do garoto molhados.

Ele retirou seus dedos de dentro dela e colocou-os em sua própria boca, chupando o pequeno líquido contido ali.

_ Agora é sua vez.

_ O quê? Nem morta.

_ Me obedeça Sakura.

_ Eu odeio você.

Ela então fez o que ele mandou, e se ajoelhou de frente a ele, de costas para a mesa do professor em que ela estava debruçada há poucos minutos atrás.

Sakura ficou o encarando, enquanto ele abria o zíper da sua calça e a abaixava a calça até os joelhos, junto com a boxer preta.

 Sakura lambeu os lábios, ao o ver segurar o pênis do menino, em uma das mãos e começou a fazer movimentos lentos, já estava duro como deveria, ela já estava pronta para recebê-lo, mas a menina ficou parada, analisando enquanto ele se masturbava lentamente. Deixando a mostra sua glande e em seguida a cobrindo de novo.

Finalmente o Uchiha parou, tirou a sua mão do seu membro e deu um passo a frente, parando a centímetros do rosto dela.

A boca da menina se abriu em expectativa, e sem mais enrolação, Sakura agarrou o pênis do menino e começou a masturba-lo antes de enfiá-lo na sua boca.

Sakura ouviu os gemidos do Uchiha, assim que seus lábios sugaram a glande do moreno, e assim ela abriu a sua boca dando passagem para entrar em completo.

Ela começou os movimentos da forma mais lenta possível, indo até o final, perto das bolas, o enfiando por inteiro.

 As mãos dele agarraram seus cabelos cor de rosa, impulsionando-a para frente e logo puxando para trás novamente o em sua boca, e depois retirando.

Mais algumas chupadas e ela sentiu aquele líquido espesso descer pela sua garganta, Sasuke havia gozado, Sakura tirou o membro dele da sua boca e chupou em volta dele, saboreando as últimas gotas do gozo dele.

Ela se levantou e ajeitou e pediu a sua calcinha de volta, mas o moreno apenas colocou a mesma no bolso da calça, e disse:

_ Sabe Sakura, eu sempre quis que uma mina, me chupasse até gozar.

_ Okay, agora me devolve.

_ Eu te dei um presente, agora você me dar outro, aqui nessa escola é assim.

_ Eu não posso voltar para casa, sem calcinha.

Sasuke riu da menina, e falou:

_ Se vira.

O moreno deu as costas a rosada, e saiu da sala, enquanto Sakura gritava com ele.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...