História Ladrão de Corações - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~desver

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags 091, Jikook, Kookmin, Romance
Exibições 123
Palavras 655
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - ;feliz aniversário, nós te amamos; único


Fanfic / Fanfiction Ladrão de Corações - Capítulo 1 - ;feliz aniversário, nós te amamos; único

Seu corpo é uma obra de arte; sempre que me flagro admirando-o me pergunto se é uma daquelas esculturas feitas de doce, ou apenas uma escultura antiga, feita para ser apenas admirada.

Seus beijos me tiram de órbita, você é viciante, Park Jimin. Deixe-me rouba-lo e levar para longe daqui, longe de todo esse mundo preconceituoso e patético, para longe de olhares feios e palavras maldosas.

Você roubou meu coração, nada mais justo do que roubar você pra mim; teria teus beijos quando quisesse, sua voz sempre sussurrando em meus ouvidos, seu corpo sempre colado no meu, seus gemidos apenas para mim e, o melhor de tudo, todos os olhares e palavras carinhosas.

Talvez soe um pouco egoísta da minha parte, afinal você tem família, amigos, namorada. Mas, não é como se eu conseguisse evitar te querer vinte e cinco horas por dia do meu lado, na minha cama, andando comigo de mãos dadas pelas ruas, ou até mesmo me levando para a faculdade, em qualquer lugar.

Planejei uma fuga com você durante dois meses, sempre lhe vendo apenas aos fins de semana, como o combinado, mas então o dia chegou.

Bem no dia do seu aniversário eu bati na sua porta, seus pais - homofóbicos assumidos, devo ressaltar - abriram a porta e me informaram sua localização, seu quarto, não foi um problema entrar na sua casa, afinal eu era seu melhor amigo, depois de beijos e juras de amor às escondidas no seu quarto, pedi para que me levasse à um lugar para que eu desse o seu presente de aniversário.

Foi então que eu propus para você, no dia do seu aniversário de 18 anos, para que fugíssemos e vivêssemos na capital, em um lugar onde ninguem nos acharia, lá poderíamos casar, ter o nosso cantinho, ter filhos talvez, e viveríamos felizes.

Me lembro que você negou de primeira, dizendo que eu era maluco e que não teríamos condições para nos sustentarmos, principalmente pelo fato de que eu sou um ômega,  que não são muitos os lugares que me aceitariam trabalhar sendo um menor de idade.

Passando-se dois dias, Park Jimin apareceu na minha porta, os ponteiros do relógio marcavam às três horas da manhã, lembro que o carro do pai dele estava na frente da minha casa e uma mochila estava nas suas costas, o olhei estranho e perguntei o que ele fazia na minha porta às três da manhã, com um sorriso tão lindo e uma mochila nas costas, foi então que eu ouvi a última coisa da lista mental que fiz.

Eu vim fugir com você, meu amor”

Depois desse dia, nós juntamos as economias que tínhamos para comprar uma casa em incheon, aconchegante e lindinha, com um jardim na frente e móveis confortáveis, Jimin arrumou um emprego bom e me fez continuar a cursar uma faculdade.

Agora, sete anos depois que fugimos de Busan, sou Park Jeon Jungkook, tenho um casal de gêmeos, Jinki e Jennie; lindos, Jinki lembrava a mim - palavras de Jimin -, Hani era parecida com a mãe de Jimin, mas na personalidade era o mesmo em peso.

Agora, no aniversário de uma oito anos que decidimos fugir, oito anos que decidimos ser felizes, cá estamos nós, deitados na nossa cama, curtindo o nosso momento.

-- Jimin, você nunca me contou o que fez com o meu coração roubado… - eu brinquei.

-- Você pode ter certeza que, ele está guardado em um lugar que nunca mais vai sair. - sorri para o alfa.

-- Jimin, eu tenho um presente 'pra você, amor. - abaixei a cabeça do alfa na direção de sua barriga.

-- Que cheir-- Jungkook! - Jimin Me chamou quando corri para o banheiro, com medo de sua reação. - amor, eu te amo.

-- mesmo? - ele assentiu - Nós te amamos.

-- Eu quero uma outra menina! - disse enquanto me levava novamente para a cama. - Boa noite, amor.

- Feliz Aniversário, eu amo você, Park Jimin.


Notas Finais


ei ei ei ei
primeiramente, eu quero dedicar essa fanfic pra kooka, @singkook parabéns meu amor, que você continue sendo esse amor de pessoa que você é, com as fanfics maravilhosas e, o mais importante, falando comigo SNSJNS.
enfim, eu quero te desejar um feliz aniversário, saúde, paz, kpop, tiros e muito dinheiro e fôlego pra sobreviver ao kpop e aos tiros, quero que saiba que eu te amo e que sempre que quiser pode contar comigo, eu te amo viu, florzinha.
++obrigada a becca pela capa <333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...