História Ladrien - o plano B - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathalie Sancoeur, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Ladrien, Miraculous, Romance
Exibições 70
Palavras 1.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente, queria avisar que a partir do próximo cap eles vão ficar menores. Ladrien vai aparecer no próximo cap de certeza. Eu acabei Magia Miraculosa. E o mais importante, 17 favoritos!!! Eu não acredito! Eu comecei essa fic por causa de um arquivo que eu achei word quando eu fui postar um cap de Magia Miraculosa. Eu achei que estava em Branco e vi uma história começada, que era essa. Nutella 88 disse que era boa e eu continuei. Caramba, não achei que ia tão longe.

Capítulo 5 - Achada


 

Marinette estava muito surpresa. Não, surpresa não é a palavra certa. Ela estava muito feliz. Adrien se importava com ela! Adrien se importava com ela! No mesmo dia ela descobriu que Adrien admirava Ladybug e se importava com Marinette! Ela suspirou. “Adrien...” Agora poderia morrer em paz. 

Mas ao contrário de Marinette que exibia no rosto uma expressão sonhadora e alegre, as expressões que estavam no rosto do resto do resto das pessoas eram de preocupação. Menos as dos policiais que era de raiva por ter tido que ir até ali.

Na hora que foi vista pelas pessoas bateu um alívio geral. 

Alya que estava desesperada ficou muito feliz por achar sua tão adorada amiga. Ela correu para abraça-la.

Nino estava muito preoculpado, ele gostava muito de sua amizade com Marinette, teve até um período em que ele era apaixonado por ela. Quando a viu sã e salva deu um alívio no peito.

Os pais de Marinette de longe foram os que mais sofreram. Eles amavam a filha e queriam o seu bem, quando Alya deu a notícia de que ela tinha sumido eles entraram em pânico. 
 

Quando Adrien recebeu a notícia, algo nele se quebrou. Ele não conseguia descrever essa sençação, só sabia que era horrível. Mas quando a viu sem nenhum ferimento, ele ficou tão feliz. Se juntou à todos no abraço em grupo.

Recaptulando, Marinette chegou e abriu a porta. Viu todos preocupados com seu sumiço, falando com a polícia. Ao ve-la, todos correram para abraça-la.

Marinette não esperava por isso. Quando viu todos correndo para abraça-la, ela ficou meio chocada. Definitivamente ela não esperava por isso. Ela sabia que tinha que ter uma boa desculpa, e ela aproveitou esse meio tempo do abraço para pensar em uma desculpa. Ela simplesmente  não podia falar que estava lutando contra a Lila, umas das akumatizadas mais fortes, como Ladybug. Mas algo muito bom aconteceu e a atrapalhou a pensar. Adrien também a estava abraçando. 

Ao sentir seus braços em contato com o corpo dela uma sensação diferente, era como se seu corpo todo se aquecesse, ela ficasse mais relachada, dominada por aquele toque. Era tão bom, ela não sabia e não queria explicar, só sentir. Mas aquele curto momento atrapalhou seus pensamentos e ela não conseguiu pensar direito. 

A única desculpa que conseguiu pensar foi aquela que já tinha bolado. Estava fugindo de Lila porquê ela queria pegar ela também. Só saiu do esconderijo depois que viu que Ladybug e Chat Noir capturarem o akuma.

Quando os poucos segundos em que Marinette pôde tocar em Adrien acabaram todos se afastaram e encararam ela com um olhar preocupado. Todos olhavam esperando o que ela ia dizer. Principalmente os policiais. Eles precisavam fazer a porcaria do boletim de ocorrência.

-Marinette, o que aconteceu? Ficamos tão preocupados – perguntou Sabine Cheng com uma voz próxima do desespero

Marinette não sabia o que dizer. Ela olhou para cada rosto preocupado que a encarava e falou para a mãe do jeito mais convincente que conseguiu:

-Eu estava fugindo da Lila, ela também estava atrás de mim. Depois do que ela fez com Adrien – sua voz entristeceu ao dizer isso, ela ainda se sentia culpada pelo que aconteceu a ele – eu não podia dar mole. Não queria me machucar também. – então ela começou a chorar

Marinette não sabia se chorava por causa de Adrien estar machucado ou se foi para dar emoção na história mas deu certo. Todos compraram aquela.

Depois os policias foram para a delegacia e fizeram o sem graça do boletim de ocorrência. Eles acharam que tinham pegado altos casos de sequestro, mas não. A pessoa desaparecida em questão apareceu e abriu a porta sem nem ter a decência de estar machucada.

Alya, Nino e Adrien ficaram mais um pouco na casa de Marinette, ainda estava cedo então eles puderam ficar por muito tempo.

Depois de um tempo todos tiveram que ir embora. Primeiro foi Adrien, que saiu às 22:30 já que tinha que aparecer às 23:00 para o jantar. Logo após, Alya e Nino saíram juntos e foram de mãos dadas até o carro. 

Quando se viram sozinhos, só pai, mãe e filha começaram a se preparar para dormir. Mas o que eles não sabiam é que Marinette não dormiria tão cedo. Ela não conseguiria dormir com toda aquela culpa dentro de si. Adrien estava machucado por uma falha dela e ela mostraria que se importava com isso. Ela já sabia onde Adrien estava agora e ela iria até ele. Ela mostraria que se importa, e o melhor de tudo, Adrien a admirava! Isso já é um ponto de partida. Talvez como Ladybug ela tivesse coragem para falar com ele. Se ela tivesse, talvez ela poderia conseguir que ele se apaixonasse por Ladybug. Ela era só outra face de si mesma, não faria diferença.

– Que bom que você está bem, filha. – disse seu pai

–Sim – respondeu Marinette suspirando por Adrien 

Marinette estava ansiosa, eram 10 para ás 11. Daqui a pouco ela não poderia mais ver Adrien.

Então ela deu boa noite para os seus pais, deu comida para Tikki e subiu para o quarto. Ela tinha medo de não conseguir falar direito com ele, de gaguejar para caramba e Tikki a confortou.

-Vai dar tudo certo. Você consegue. Já fez isso antes.

-Fiz?

-Sim, quando o Simon mandou foi akumatizado. Falou com ele sem gaguejar. 

–Isso! Se fiz uma vez, posso fazer duas. Tikki transformar!

Ela se transformou em Ladybug e foi pulando de telhado em telhado a procura de um específico.

Quem visse lá de baixo poderia pensar que ela estava a procura do parceiro (o que em tese estava) ou que estava no meio de uma batalha com um akumatizado. Alguém mais bem informado poderia dizer que ela foi ver o estado de Lila no hospital, já que ela e Chat Noir a tinham machucado muito. Alguns lembrariam daquele pobre (não tanto, já que era rico) garoto que teve sua perna cortada e foi usado de refém e talvez apostassem que era para ver seu estado que Ladybug estava lá. Mas nem esses acertariam, Ladybug queria ver seu amado. Sim, para ver seu estado, mas principalmente porquê o amava e agora ela tinha uma faísca acesa de esperança de conquista-lo.

Depois que Chat Noir contou que Adrien admirava Ladybug, ela se sentiu a mais feliz das mortais. Depois que Adrien se machucou toda essa felicidade saiu dela. Mas depois que chegou em casa e encontrou Adrien, toda a felicidade voltou para ela. Ela não sabia porque mas sentia que Adrien estava bem desde que o viu com as muletas. Ela notou o esforço que ele fazia para andar, ela viu a perna toda vermelha e viu o sorriso no rosto dele ao vê-la.

Enquanto levava esses pensamentos em mente, ela percebeu uma coisa. Como Chat Noir sabia quem Adrien admirava ou deixava de admirar?


Notas Finais


Espero que tenham gostado, obrigada por lerem até aqui. Comentem o q acharam e até o próximo cap. Sinto uma descoberta vindo... ou será que não?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...