História Lady of trafficking - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Ação, Amor, Briga, Drama, Gangster, Justin Bieber, Romance, Ryan Butler, Sexo, Trafico
Exibições 355
Palavras 1.067
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Leiam as notas finais ;*

Capítulo 44 - Misunderstood


Justin POV 

 

Depende a que eu e Aneline tivemos aquela conversa, estou tentando evitar de ficar em casa, não posso contar pra ela que estou querendo agilizar a morte de Robert, conheço a mulher que tenho, se ela descobrir, vai querer estar ao meu lado e lutar comigo, mas se algo der errado, eu tenho que ter certeza que vai ter alguém pra cuidar das crianças. Eu tenho que me virar com que tenho, os meninos, Chelsay, Cait e Daniel. Eles estavam me apoiando e respeitando minhas decisões em relação a Aneline e as crianças. Ultimamente eu esperava de três ou quatro da manhã pra não encontrar ninguém acordado, eu esperava eles sairem pra passear ou ir pra piscina pra eu sair de novo. Finalmente está noite íamos fazer a noite do poker. Estávamos todos bebendo e fumando, apostando nossas fichas. Como já era de se esperar eu ganhei e pra comemorar fumamos mais e bebemos mais... acordei no dia seguinte debruçado na mesa, tinha cartas e fichas ao meu redor e várias pontas de baseados, olhei pra fora e o sol já estava forte, fui até o banheiro e joguei uma água fria no meu rosto, a dor de cabeça estava me consumindo, não estava aguentando nem a luz do sol. Me sentei no enorme sofá esperando alguém aparecer, não demorou nada Chaz e Ryan entraram. 

 - Nossa disse, você te com uma cara horrível! - Ryan disse - 
 - Eu bebi pra caralho, fumei na mesma proporção! Não tinha como estar com a cara boa. - disse baixo - 
 - Não Drew, você está com cara de acabado, nem parece aquele galã que namora a gata da Any. - Chaz disse e Ryan bateu em seu ombro - Ué! É verdade. - deu de ombros - 
 - Mano, não esquenta, jajá vocês vão ficar bem de novo. - ri pelo nariz - 
 - Man, queria acreditar, na moral... mas sei que não vai acontecer, cada dia mais Any e Jeredy estão próximos, minha filha está cada dia gostando mais e mais dele... Austin nem vai saber quem eu sou, enquanto eu não mata esse desgraçado Ryan! - disse bravo - 
 - Mano, conta pra ela! - ele sentou do lado - 
 - Não posso Ryan, tenho que colocar minha família em primeiro lugar! - ele assentiu - 
 - Mas de algo der errado e você bater as botas, sua família não vai saber que você colocou eles em prioridade, vão acabar achando que você abandonou eles e vão te odiar! - assenti - 
 - Vou escrever uma carta e antes deu ir pra casa do Robert eu vou entregar pra ela! Ela precisa saber a verdade. - Ryan concordou - 
 - Mano, mas toma um banho e melhora essa cara, ou pelo menos para com essa vida de ficar até de madrugada acordado, você tá ficando com cara de velho, com olheiras, tá perdendo o charme! - ri pelo nariz e ele me acompanhou - 
 - Idiota! - me levantei indo ao o banheiro - 

Tomei um banho gelado, me olhei no espelho e eu realmente estava com cara de velho. Coloquei a roupa que eu estava mesmo e fui pro meu carro, fiz o caminho de casa e um pouco antes de chegar, eu vi Aneline e Jeredy vindo na direção contrária a minha. Com certeza foram ao cinema ou levar as crianças no shopping. Fui pra casa, nem subi pro quarto senão ia acabar dormindo. Fui pra cozinha e comecei a preparar um almoço, ia me redimir com a minha família, preparei um quilo de macarrão a bolonhesa, lavei a louça e fui pra sala, coloquei um filme pra eu assistir e acabei cochilando, quando acordei, olhei no relógio e já passavam das sete da noite, não ouvi nenhuma gritaria ou choro. Fui até a cozinha e ninguém tinha nem tocado no macarrão, subi as escadas e ainda assim não ouvia nada, nem ninguém.
Fui até meu quarto e tinham umas roupas em cima da cama, neguei pra mim mesmo não querendo acreditar. Ela tinha ido embora de novo! Corri até o quarto da Alice, ainda tinham roupas no armário, os sapatos dela também estavam todos.
Desci as escadas correndo atrás do meu celular, assim que achei disquei o número dela... foi direto para a caixa postal. Liguei pro Jeredy e a mesma coisa aconteceu. Eu estava afim de quebrar tudo! Fui até o meu escritório, a mesa estava bagunçada, mas não do jeito que eu tinha deixado, a planta estava por cima dos outros documentos. Alguém achou! 
Peguei um papel e uma caneta e comecei a escrever. Não é como da outra vez que eu estava triste, agora eu estou bravo, estou bravo porque ela fugiu com um homem, levou meus filhos e nem me deu as horas! Isso tudo porque pensei em proteger eles! É inacreditável como as coisas são injustas. Depois que escrevi a carta, coloquei ela na mesinha de centro da sala, peguei o carro e sai dirigindo pra casa do Daniel, eu não me importava com faróis, com os outros carros, com nada, eu estava simplesmente acelerando o máximo, cheguei na casa dele, pedi pro porteiro interfonar pro apartamento dele. Depois de uns cinco minutos ele saiu. 

 - E aí mano, o que houve? - ele perguntou me olhando espantado - 
 - Aneline fugiu com o Jeredy e levou meus filhos, foda-se o tempo e o planejamento! A gente vai matar esse desgraçado amanhã! E eu não quero nem saber! - ele me olhou de um jeito indiferente - 
 - Justin, sinto muito por estar com problemas com a patroa, mas eu disse pra você não deixar eles ficarem longe de você! Agora não tem jeito, vai ter que esperar o planejamento. Não tem como adiantar só pra desfazer a merda que você fez e além do mais só faltam 7 dias pra gente executar o velho! - assenti - Tenta entrar em contato com ela, mano! 
 - Firmeza! - me virei mais puto do que eu já estava e sai - 

Voltei pra minha casa, coloquei uma dose de whisky no copo e virei, eu ainda não estava acreditando que ela tinha feito isso comigo, ainda mais com o idiota do Jeredy, fez eu me desculpar com ele pra depois fazer isso! E o idiota aqui pensando em agilizar tudo pra podermos casar e finalmente sermos felizes.


Notas Finais


Meu bloqueio criativo passou e agora penso muito em cada detalhe da história! Agora que lady of trafficking está chegando ao fim, tudo vai tomar o rumo que eu disse lá no começo, que ja estava tudo planejado…
Eu adorei que vocês comentaram um monte de vezes pra eu postar, porque eu estava louca pra soltar esse capítulo hahaha ❤️
Comentem meninas, eu fico muito feliz quando tem comentário, me inspira a escrever mais e aproveitem porque ja já vai acabar!
Li um comentário e perguntaram de segunda temporada. Não tem nada previsto, mas como vocês sabem, lady of trafficking pode vir com uma segunda parte rs mas com certeza assim que eu acabar vou escrever outra do Justin, já tenho a ideia na cabeça! 😍
Beijocas na ponta do nariz 😘 #Taacabando #Sófaltam5


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...