História Lafill - Um amor de primos - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 14
Palavras 1.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hmmm ,la vem tiriças para atrapalhar a relação. kkkk oi voltei cheia de ideias .obrigada pessoinhas ..Boa leitura

Capítulo 5 - Eu não me importo, eu quero você.


-Fillipe EU TE AMO .

Fillipe P.O.V

Espera é isso mesmo ? Ela se declarou para mim ? Ah nossa ,como assim .Foi tão verdadeiro ,acho que ela não está brincando . 

-Mas e daí ? Você não liga pra isso .

Quando eu ouvi essas palavras ,não aguentei ,ela já estava virada de costas saido do quarto corri e a abraçei por trás,ela parou .

-Eu também te amo Laís . 

Falei ainda a abraçando ,lágrimas ainda escorriam por seu rosto .A virei de frente a mim limpei aquelas lágrimas que tomavam seu rosto e beijei a .Selei nossos lábios delicadamente , ela apenas retribuiu ficamos em um selinho demorado por alguns segundos .Me afastei um pouco ainda deixando nossos rostos bem próximos .

-Eu te amo Laís . 

Beijei a novamente , mas desta vez foi um beijo de verdade, um beijo calmo e sincero  ,pedi pasagem com a língua e ela cedeu segurei em sua cintura e ela envolveu seus braços em volta de meu pescoço .Ela já tinha parado de chorar .

Laís P.O.V.

Aquele beijo sincero e cheio de amor ,era a melhor sensação do mundo ,depois de tanto tempo guardando esses sentimentos ,até quem fim, retribui o beijo ,ele pediu passagem eu cedi .

Fillipe P.O.V 

Por que que nunca me disse isso ? que me ama !

-Talvez fosse por medo .'falei olhando para baixo.

-Medo ?

-Sim ,me desculpe ,eu não sabia de tudo aquilo que você me falou .

-Ninguém nunca soube.

-Você ficou melhor sem mim ?

-Enquanto eu te ama naquela época sim.

-E agora ?

-Agora tudo mudou .

-Ainda quer que eu fique longe ? 

-Não .-Mas você realmente me ama ?

-Sim ,muito ,desde quando éramos pequenos .

-E por que fingiu que nunca existiu nada ?

-Quando nossos pais descobriram ,quiseram que eu me afastasse de você .

-Os meus também . 

-Então eu fingia que nada existia entre nós ,mas isso me machucava muito .Uma semana depois te procurei ,seus pais disseram que você não estava em casa, que iria ficar longe por uns tempos ,mandei mensagem , te  liguava todos os dias ,mandava cartas ,pedi para umas amigas sua falar com você ,mas nada dava certo ,pensei que algo sério havia acontecido .

-É naquela semana eu pedi para meus pais que eu não queria ver ninguém, quebrei meu cell ,guardei todos os tipos de aparelhos de comunicação, exclui minhas redes sociais ,me tranquei no quarto as únicas companhias que tinha eram minhas lâminas, eu não dormia , eu fiquei quatro dias sem comer ,não vi ninguém,as cartas minha mãe passava por baixo da porta eu pegava sem nem ler eu queimava-as, meus pais ficaram muito preocupados ,quando conseguiram abrir a porta ,me encontraram sentada no chão encostada na cama ,com os braços ensanguentados ,fraca ,magra, chorando com o pouco de energia que me restava ,as cinzas das cartas no chão.Eu estava em depressão ,me levaram direto para o hospital , precisei de transplante de sangue ,tomei diversos remédios ,fiquei duas semanas no hospital, os médicos que me acompanharam, não entenderam meu caso no começo , tive que fazer acompanhamento psicológico e muitas outras coisas ,até me diagnosticar com depressão ,disseram que toda depressão tem um motivo ,mas ninguém sabia o meu ,pois nunca contei sobre esse problema com você para ninguém, depois de umas duas semanas recebi alta , voltei para casa ,ainda um pouco fraca ,meus pais me deram muita atenção , queria saber os motivos mas eu continuei calada,voltei a escola ,mas me isolei de todos ,fiquei conhecida como a estranha depressiva ,eu brigava com meus pais para não ir aos encontros de família , mas eles não deixavam ,te ver naquela época foi muita tortura .Eu escondia os cortes ,passava maquiagem usava blusas com touca para esconder meu rosto .Eu não sabia mais o que era viver. Depois que consegui me afastar tudo melhorou ,voltei a conviver com meus amigos , meus braços só continham cicatrizes , minha saúde estava ótima , comprei um celular novo ,mas eu não era a mesma .Foi uma época difícil . 

-Nossa Laís eu não sabia ,Me desculpe por te fazer passar por tudo isso ,a culpa é toda minha .

-Não quero que sinta pena de mim .

-Nossa .'Ela mudou seu humor de feliz passou a séria '.

-Foi bom .Eu te amo ,você me ama ótimo perfeito ,mas não leve isso a sério.

-Mas Laís como assim ?

-Fillipe ,nada mudou .

-Claro que sim ,agora podemos ficar juntos .

-Não, não podemos.

-Por que ?

-Somos  primos .

-Eu não me importo, eu quero você Laís . 

-Não adianta ,não quero que você fique preso a mim .

-Mas vale a pena por quem a jente ama .

-FILLIPE VÊ SE ENTENDE , eu ainda tenho depressão, eu não quero passar por coisas do tipo novamente .

-Mas você não vai .Eu prometo .

-Não fassa promessas que você não pode cumprir . 

-Laís fica comigo !?

-Eu quero mas não da.

Ela saiu correndo fiquei me perguntando o que fiz de errado , eu a amo de verdade , não posso mais ficar sem ela .Eu sou um babaca .Mas eu me declarei para ela e agora quem está me rejeitando é ela ,isso é realmente horrível ,afs não acredito que agora ela vai se fazer de difícil, que ódio .

Laís P.O.V.

Não posso ,eu o amo ,mas não da ,é errado agora eu entendo ,mas eu o amo ,não sei o que fazer to muito confusa .

Desci para a cozinha ,me apoiei sobre o balcão senti lágrimas escorrerem por meu rosto .Sequei-as tomei água e fingi que nada aconteceu .Voltei ao quarto Fillipe estava no banho .Sai na varanda e subi no telhado ,faço isso isso desde pequena , mas ninguém nunca soube .Fiquei ali pensando em tudo que aconteceu .

Fillipe P.O.V.

Entrei para tomar um banho  para esfriar a cabeça, quando sai procurei Laís pela casa toda ,não a encontrei ,voltei ao quarto me arrumei ,deixei minhas coisas arrumadas pois iria embora amanhã de manhã , resolvi dar um saída já que Laís não estava ,afinal ela não me quer então não devo compromisso .

Deixei um bilhetinho em seu quarto: 

"Pequena ,resolvi dar uma volta iria te chamar mas não te encontrei .Voltarei um pouco tarde ,não precisa me esperar ,beijos fill".

Deixei o bilhete e saí ,fui a uma festa de um amigo meu ali perto ,ele havia me convidado eu ia levar a Laís comigo mas ela sumiu.

Chegando lá encontrei com Caio meu amigo que estava dando a festa comprimetei-o e fui dar umas voltinhas por lá .Estava realmente todos bem animados,músicas legais várias pessoas dançando,  meninas lindas ,bebidas ..

Peguei umas bebidas e fui me divertir um pouco ,até que uma garota de cabelos loiros compridos ,olhos claros corpo bem definido estava usando um vestido Preto apertado na parte dos seios bem acinturado e soltinho da cintura para baixo ,veio em minha direção ,conversamos um pouco e a chamei para dançar ,conversamos, rimos ,nos divertimos muito ,fomos para uma parte mais isolada da casa ela se aproximou e me beijou ,um beijo muito bom por sinal ,retribui o beijo desci minhas mãos até sua bunda e apertei a mesma ela segurou em meu pescoço aprofundando ainda mais o beijo.

-Quer terminar isso na minha casa ? 'ela me disse de uma maneira sexy'.

-






Notas Finais


Gente assim naum da ,coloquei uns mv's do bts no pc enquanto escrevia pelo cell ,a quem disse que consegui ,eu escrevia uma linha assitia o mv todo kkkk desculpa gente .tive que deixar o pc pra poder conseguir fazer um capítulo bom ,por isso o começo ta uma bosta..foi mal pessoinhas 😂😙

Quem será essa tiriça ??? hein ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...