História Lágrimas - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance, Suspense
Exibições 4
Palavras 452
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Gente me perdoem esse cap estava pronto a um tempo só agora consegui postar!!

Capítulo 2 - Desaparecida


Tentei abrir a boca para falar, mais ele me interrompeu.

- E melhor mudarmos de assunto – ele falou e segurou as minhas mãos, como fosse segurar uma flor.

- O que acha de irmos amanha dar um passeio pela vila?
- Acho uma ótima ideia! – tentei sorrir o máximo para parecer que estava alegre.

POV JACK

Ela estava estranha a minha Anne, era como se ela soubesse de algo que não quisesse compartilhar, pensei em perguntar o que estaria acontecendo mais ela iria desconversar. Seus olhos que eram verdes tinham ficando em um tom mais escuro da cor de uma avelã, acho que ela sabia que eu estava desconfiado, Mas não queria me preocupar, por isso esta me escondendo algo. Pude perceber que ela estava com frio, pois estava segurando suas mãos, que possuíam um tom branco cor de neve. Ela esta fria como um gelo, notei que ela esta ficando branca rápido demais, percebi que ela iria abrir a boca para falar algo, mais ela não conseguiu seu corpo enrijeceu-se, é ela caiu em meus braços.

**

Depois que ela passou mal eu a levei ao hospital, acabaram tendo que internar ela. Eu fiquei o tempo todo ao seu lado segurando sua mão. Ela estava inconsciente, parecia ate um anjo só faltavam as assas. Depois que a encaminharam para o quarto, eu me sentei em uma poltrona cor de marfim ao seu lado, abri a janelas para que o ambiente ficasse mais arejado, notei que seus cabelos estavam perfeitamente penteados e ela estava com o seu doce cheiro de hortelã de sempre. Pude perceber que o barulho  bip..bip..bip dos aparelhos que estavam ligados a ela, há incomodaram pois, ela estava tentado abrir os olhos, em uma tentativa sem resposta. Ela estava conectada a vários tubos uns menores e outros maiores que eram transparentes, provavelmente eram para facilitar sua respiração. Naquele momento pensei como nossas vidas eram um fino tecido no tempo que poderia parar a qualquer instante, mas minha vida não possuía sentido antes dela entrar nela, não faria sentindo ficar sem ela, naquele momento tentei me afastar desses meu pensamentos ruins, que tolice, nada iria acontecer, tudo iria ser como antes.

**

Acabei adormecendo, quando olhei para a direção onde ela deveria estar ela não estava lá, já estava amanhecendo, corri o mais rápido que pude atrás de informações, mas ninguém sabia onde ela estava, foi como uma faca de dois gumes, um tiro dentro de mim, senti meus pulmões se fecharem.

-EII PSIU, VOCÊ AII- UMA VOZ DISTANTE E BAIXA SUSURRAVA

-Quem está ai?

- Eu sei para onde ela foi – a voz sussurrou

- Me conte logo, então!

-Não posso, prometi a ela que não diria uma palavra.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!!Sim estou me esforçando pra aumentar os tamanhos dos capítulos, tenham paciência!!Se você gostou e poder favoritar ou comentar eu agradeço é um incentivo pra mim. Xoxo!!
Continua no próximo .. Desculpe os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...