História Lágrimas De Amor - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lacrimosa
Personagens Anne Nurmi, Personagens Originais, Tilo Wolff
Tags Anne Nurmi, Romance, Tilo Wolff
Visualizações 5
Palavras 1.575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Será Que Amo Você?


Fanfic / Fanfiction Lágrimas De Amor - Capítulo 3 - Será Que Amo Você?

A minha querida adorada Anne

Sempre estarei com você.

                                                   Tilo Wolff 

Narração Tilo Wolff 

Uma semana depois que Elizabeth tinha me deixado,eu finalmente consegui compor mais músicas,Anne ficava grande parte de seu tempo comigo e me ajudava bastante nas letras,ela ainda me mostrava seus desenhos de roupas e sem dúvida Anne tinha muito talento para desenhar.

Quando finalmente terminamos nosso disco (eu tinha adiado até eu me recuperar do transtorno de Elizabeth),fizemos o lançamento do disco e depois de alguns meses vimos que o público adorou a voz de Anne no disco.

Antes que saíssemos em turnê Tobias,Anne e eu ficamos compondo músicas para a banda do Tobias,eu ainda brigava com ele por causa do nome,mas meu irmão era teimoso e quis aquele nome mesmo,Tobias disse:

-Cara,você e o Till criaram os melhores nomes das bandas.

-Na verdade Rammstein foi idéia do Richard.

-Como sabe Anne?

-Till me disse,depois de eu recusar 10 vezes fazer sexo com ele.

-O que?Till está ficando doido?

-Hei Tilo calma aí né.

-Cara,ela é casada.

-Tecnicamente eu sou noiva.

-Mesmo assim.

Confesso que eu tinha sentido um pouco de ciúmes de Till,e também porque Tobias gostava de Anne,eu disse:

-Tobias,porque em vez de colocar só Gosth,não coloca algo mais.

-Tilo,tem razão,que tal Ghost satânico?

-Péssima idéia Anne.

-Que tal Ghost B.C?

-Boa idéia Tilo.

Disse Anne,Tobias disse:

-Cara,vocês são ótimos com idéias para banda,deveriam se casar.

Senti minhas bochechas arderem provavelmente eu estava vermelho e como eu sou branquelo não dava para esconder minha timidez ou vergonha,Tobias disse:

-Você gosta dela,esta vermelho.

-Tá legal,não te ajudo mais.

-Tilo,ele só está brincando.

-Mas ele conseguiu me irritar.

Tobias deu risada e percebi que Anne também estava vermelha,Tobias disse:

-Tilo,tem falado com Elizabeth?

-A assassina de bebês?Não.

-Que droga.

Disse Tobias,eu disse:

-Tobias,tem certeza que quer entra no mundo da música?Sabe que sua vida vai ser diferente do que é agora?

-Verdade Tobias,passeios no mercado,lanche com os amigos,muda tudo.

-Já tenho um jeito de ninguém me reconhecer meninos.

-E qual seria?

-Você só saberá quando eu fizer uma apresentação ao vivo.

-Tilo,Tobias podia fazer abertura do nosso show.

-Ficaria legal Anne,Till e eu podíamos fazer isso.

-Não quero ficar famoso por causa dos meus irmãos.

-Não vai ficar famoso por causa da gente,faz uma apresentação diferente se o povo gostar vão procurar,não se lembra que foi assim com Till?

-Lembro,mas sei lá...Nem tenho baterista.

-A gente arruma.

-Podia falar com alguns dos ex membros do Lacrimosa.

-Eles aceitariam,você é meu irmão.

-Tá legal Tilo e Anne os dois beberam muito vinho,preciso ir,depois nos falamos.

-Tchau Tobias.

Disse Anne,quando Tobias saiu Anne e eu ficamos compondo mais músicas,ela disse:

-Acha que vai dar certo esse projeto do Tobias?

-Acredito que sim,não curto muito satanismo,mas diferencia bastante meu estilo e o estilo do Till.

-Acha que essa roupa combina com você?

Ela me mostrou um desenho lindo,eu disse:

-Caraca você é boa.

-Combina?

-Claro que combina.

-Que bom que gostou.

-Você desenha as roupas do George?

-Não,ele odeia meus desenhos.

-Brincou?

-Não,quero ver quando tivermos um filho como vai ser.

-Espero que demore um pouco,não quero perder minha companheira de palco.

-E quem disse que quando eu engravidar vou deixar a banda?

-Achei que quisesse se dedicar ao bebê?

-Só no começo,não vivo sem Lacrimosa.

-Vai ser uma boa mãe Anne.

Ela sorriu para mim,eu gostava de ter Anne comigo,ela era minha anjinha,Anne acabou dormindo na minha casa,eu acordei primeiro que ela e fiz o café da manhã,enquanto Anne não acordava fui no banheiro e peguei uma tesoura e comecei a corta meu cabelo.

Eu amava meu cabelo grande mas ele me fazia lembrar de Elizabeth e eu não quis lembrar dela,quando eu estava cortando meu cabelo,Anne apareceu no banheiro,ela disse:

-Tilo,porque está cortando o cabelo?

-Não alcanço atrás,pode fazer isso.

Ela deu risada e começou a corta o cabelo,Anne levava jeito para corte,ela disse:

-Eu que corto o cabelo do George.

-O que mais você faz que eu não sei?

-Cozinho muito bem.

Quando ela terminou de corta meu cabelo mexi no armário do banheiro até que achei descolorante e tinta loira e pintei um pouco do meu cabelo,Anne disse:

-Você é maluco Tilo.

-Tenho que mudar,Elizabeth amava meu cabelo assim.

-Bem,você fica bonito com qualquer cabelo.

-Obrigada Anne.

-Passa o pente vai ficar melhor os fios.

-Vai desbotar a blusa,caiu descolorante nela.

-Aí caramba.

-Usa uma minha pega no guarda roupas.

-Acho que deixei uma blusa minha aqui.

Anne tirou a blusa e estava sem soutien,ela disse:

-Que foi Tilo?Parece que nunca viu seios na vida.

-De uma amiga é a primeira vez.

Ela deu risada e foi pegar sua blusa eu entrei no chuveiro com roupa mesmo pois eu não ia faltar com respeito a Anne,ela entrou de novo no banheiro,e disse:

-Tilo,o que acha de ir comigo no...O que está fazendo?

-Tomando banho.

Ela deu risada de novo,ela disse:

-Sabe que não sou mais virgem né?

-Até porque se você ainda fosse George seria gay.

-Meu Deus Tilo,você é mesmo irmão do Till.

-Meio irmão na verdade.

-O que?

-De pai e mãe só Tobias mesmo.

-Till é o mais velho?

-É eu sou o mais novo.

-Sou a mais nova de duas irmãs e um irmão.

-Logo faremos shows na Finlândia.

-Não acho que eu consiga ver meus pais.

-Daremos um jeito,eu quero muito ir na Suíça.

-Gosto de lá também.

-Uns anos atrás eu queria me mudar para lá,mas Elizabeth não quis.

-Agora que você está solteiro pode ir.

-Talvez,quando eu me acalmar.

-E isso será quando?

-Talvez demore.

Sai do chuveiro e fiquei de cueca na frente de Anne claro que fiquei com vergonha dela,depois de alguns meses eu já não me incomodava em ficar sem nada perto de Anne,afinal ela não me via com malícia.

Anne passava grande parte de seu tempo comigo pois George estava sempre no hospital e raramente dormia em casa,muitas vezes Anne dormia comigo,eu gostava da companhia de Anne.

Narração Anne Nurmi 

E mais uma vez eu estava em uma discussão com George,ele não queria que eu saísse em turnê novamente,eu disse:

-George,não vou discutir mais sobre isso.

-Anne,você mau fica em casa!

-Diz como se você ficasse aqui o dia todo.

-Tá mas quando estou quero minha mulher aqui!

-Mulher não,sou sua noiva.

-Isso não importa Anne!Quero você comigo!Não vê que essa banda é idiotice sua e do Tilo?

-Você não reclama quando o dinheiro entra em casa.

-Não vivo do seu dinheiro!Sou cirurgião e ganho muito bem!

-Não estou falando isso!Mas você só quer que eu fique em casa te servindo!

-Só quero ter uma esposa!Não uma mulher que fica em casa a cada cinco dias!

-Você fica em casa a cada sete dias,passa a maior parte do tempo naquele hospital!

-Porque eu preciso!

-George chega!Eu não aguento mais isso!Acabou!

-Esta terminando comigo?

-Estou!

-E para onde você vai!Não tem ninguém aqui!Só tem a mim!

-Qualquer lugar é melhor do que aqui!

-Faça o que quiser,depois não venha me pedir para voltar quando essa banda não seguir em frente!

-Adeus George.

Entrei no quarto e peguei minhas coisas Tilo me ligou,eu atendi:

-Oi Tilo.

-Anne,estive pensando,se você não quer ir na Suíça comigo antes de fazermos turnê?

-Tilo,podemos conversar depois?Eu me separei do George.

-O que?

-Eu...

-Anne,vem para minha casa.

-Tilo,não eu tenho que voltar para a Finlândia.

-O que?Nem a pau,vem para cá,depois quando estiver mais calma resolvermos isso.

-Tilo,não sei se devo ficar na sua casa.

-Anne,não pense muito só vem,eu te pego.

-Obrigada Tilo.

Desliguei o celular e voltei a arrumar minhas coisas,eu tinha muita roupa por isso as primeiras coisas seriam as roupas,minha sorte era que eu tinha deixado o teclado no estúdio do Tilo.

Quando ouvi a buzina do carro de Tilo desci as escadas com minhas coisas,George não estava na sala provavelmente tinha ido para o hospital,Tilo me ajudou com as malas e fomos para casa dele.

Quando chegamos Tilo colocou minhas coisas no quarto que Tobias costumava dormir quando dormia com Tilo,eu disse:

-Tilo,eu prometo ficar pouco tempo.

-Anne,não  se preocupe com isso.

-Tilo,eu não tenho ninguém aqui.

-Tem a mim ao Tobias,a banda,somos sua família,e depois que precisamos de você aqui com a gente.

-Você me deixa tão segura Tilo.

-Bem é meu trabalho somos amigos.

Tilo não sabia como a palavra "amigo" me deixava triste,Tilo quero você,eu disse:

-Tobias não vai ficar bravo por eu estar no quarto dele?

-Claro que não,a casa é minha.

-Você é terrível.

-Tobias nem tem roupas aqui,ele usa as minhas.

-Que folgado.

-Não faz idéia.

-Achei que sua casa fosse só para você e Elizabeth.

-E era,mas quando pedi ela em casamento e noivamos queríamos filhos construir nossa família por isso a casa grande.

-Lamento não ter dado certo.

-Eu também,acha que Lacrimosa tem futuro?

-Temos que acreditar que sim,se não acreditarmos quem vai acreditar?

Ele deu risada e ficou perto de mim eu deitei no ombro dele,eu disse:

-Você queria ir na Suíça?

-Sim o que acha?

-Vamos.

-Sério?

-Claro.

-Então vamos.

No outro dia eu tinha que ir na costureira que fazia minhas roupas e agora as do Tilo,acordei atrasada naquela manhã e fui para o quarto do Tilo ele não estava na cama eu entrei no banheiro e ele estava no chuveiro.

Eu entrei no boxe com ele e tomamos banhos juntos como fazíamos nas turnês quando dormíamos no mesmo quarto.

Quando saímos de casa Tilo me deixou na costureira,ele disse:

-Quando terminar me liga estarei no estúdio te busco rápido.

-Já ouviu falar em táxi?Eu pego um,te vejo lá.

-Esta bem.

Era para o beijo ser no rosto mas nossos lábios se tocaram por uns segundos e eu senti minhas bochechas arderem.

Foi só um selinho mas serviu para acelerar meu coração,nos olhamos por alguns segundos e eu sai do carro com minha pasta de desenhos.

Narração Tilo Wolff 

Quando beijei Anne eu senti minhas bochechas arderem e minha pele ficando vermelha,ela saiu rápido do carro e eu me senti chatiado,meu coração estava acelerando a cada vez que eu lembrava do toque dos lábios dela.

Que droga o que estava acontecendo comigo?Porque eu estava daquele jeito com Anne?Eu não podia me apaixonar por ela.

Mas confesso que aquele selinho tinha me deixado feliz,pois naquele momento eu tinha dado meu primeiro beijo,mas não era o primeiro beijo da minha vida e sim o primeiro beijo certo que eu dava na vida.

A meu querido adorado 

Seus lábios e seus toques me fazem a mulher mais feliz do mundo.

                                          Anne Nurmi 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...