História Lágrimas de Coca-Cola (Jimin) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 178
Palavras 477
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capitulenho
Boa leitura

Capítulo 17 - "Pare! Apenas pare!"


Fanfic / Fanfiction Lágrimas de Coca-Cola (Jimin) - Capítulo 17 - "Pare! Apenas pare!"

[Musica-Stigma]

Saio da banheira vejo meu reflexo no espelho.
Eu estava horrível, rosto vermelho e inchado..

Ouço um barulho , provavelmente Sun-Hee teria chegado.

-Jiminie, cheguei!- Ela me abraça olhando fixamente em meu rosto. -Oque ouve Jiminie?

Não gosto quando me chamam de Jiminie.
O verdadeiro amor da minha vida chamava de Jiminie..

Sun-Hee é minha atual namorada.. Não tenho nenhum sentimento por ela..
Fui obrigado a conhece-la e vir para Londres com ela..
Aquela noite eu não estava muito bem.. Ji-Woo tinha acabado de de expulsar completamente de sua vida , e eu apenas aceitei a proposta de meus avós teriam feito.

-Nada. -Digo e me solto de seu braço indo escovar meus dentes.

-Hey, Jiminie, porque ultimamente está sendo tão frio comigo?.- Argh , aquela voz estava me irritando.

-Não me chama de Jiminie caralho!- Digo já sem paciência.

Toda noite ela sai e vai com seu "amante", ela não gosta de mim, e muito menos eu gosto dela, mais a mesma ainda insiste em me tratar como namorado, a garota ainda insiste em dizer que ainda vai florescer amor entre a gente, Aigoo que saco!
Isso tudo não passa apenas de ilusão!

E porque eu simplesmente não me separo dela?
Porque prometi a meu pai antes dele falecer, que iria obedecer meus avós e além de tudo, iria ser o próximo a tomar conta da empresa após sua morte.
Minha avó morreu nesses últimos cinco meses, e meu avô está a beira da morte, infelizmente..
Mais isso logo acabará! Logo , logo irei ser o próximo dono na empresa e poderei me livrar dessa nojentinha, e ir em busca de Ji-Woo, quem eu realmente amo.

P.O.V Ji-Woo

Me sento no meio fio da calçada vendo o branco nevoeiro de chuva vindo novamente, cruzo os braços e escondo o rosto sobre eles deixando cair as poucas lágrimas que me restavam , ouço um barulho de portas de carro se abrindo e a chuva que estava agora mesmo tendo contato com minha pele , não estava tendo mais.

Olho para cima avistando Saejin com um fraco sorriso no rosto.

-Venha Ji-Woo.- Eu estico a mão e a mesma me puxa me entregando uma toalha me fazendo entrar no carro.

-Obrigada..-Digo baixo e olho pelo retrovisor onde Hobi olhava furioso para mim.

Já vou me preparar para os sermões que levarei.

-Choi Ji-Woo! Quantas vezes eu já te disse que é para parar com isso?! Ficar se lamentando não vai adiantar! Quer deixar-nos preocupados? Não quero que fique doente por motivos fúteis! E por favor, coma! Não fique rejeitando comida como você anda fazendo ultimamente...-Ele suspira pesado e bate a mão com força no volante.- Olha seu peso! Emagrecer quinze quilos em menos de um mês não é normal! Pare! Apenas pare!.

-Ok..- Encosto minha cabeça no vidro fechado ouvindo o pequeno chuvisco que caia sobre terra.

 

 


Notas Finais


Obrigado por leeeeeeeeeeeeeeeeeejekr


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...