História Lágrimas de Sangue - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Anjos, Drama, Guerras
Exibições 8
Palavras 1.593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Escolar, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Poesias, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 1 - O Assassino Mascarado


Fanfic / Fanfiction Lágrimas de Sangue - Capítulo 1 - O Assassino Mascarado

A imagem de diversos anjos batalhando ecoava a frente, Isaac dando seu ultimo grito de terro seguindo de algumas lágrimas, junto a Maiby desarmada, ferida seriamente assim Vincent apontava a lança para o pescoço da garota. Para Antony que estaria observando toda a cena, cada detalhe era horrendo, mas tudo poderia piorar, e fora isso que aconteceu no momento em que Elliot surgiu em meio a chamas segurando a carcaça de alguns companheiros.

 -Agora, é o seu fim! -Exclamou o anjo que domava perfeitamente as chamas azuis, os olhos vermelhos do tal destacavam os cabelos negros e a pele branca que chega a ser albina, tornando claro que ele era extremamente perigoso.

 -NÃO! –Fora o grito que ecoava dos lábios de Antony levantando-se da cama, o rosto desesperado junto á fixação do olhar nas mãos, algo que mostra o desespero e medo eminente no garoto. Naquele momento Maiby adentrava o quarto a procura de seu amigo, preocupada pelo que ouvira:

-Bel? O que houve?

-Nada, nada Maiby, só um sonho indesejado. –O jovem fechava os olhos tentando ignorar novamente a imagem sobre o passado, como sempre o olhar calmo era eminente, escondendo milhares de pensamento.

Embora, não era o único detalhe que ocorrerá naquela manhã resplandecente.

Assim ao outro canto da cidade, Isaac estaria caminhando acompanhado de Aurea, partindo em direção do ginásio em que ambos estudavam, o sorriso se mantinha escondido à face do arcanjo, enquanto perguntara se realmente era possível alguém ter uma beleza tão estonteante como a moça que o acompanhava.

–Hey Sac, por que seus olhos são roxo mesmo? Tem algo relacionado à sua pele clara né? –As palavras doces da menina ecoavam de seus lábios perfeitamente delineados, enquanto ela rodopiava começando a observar dentre os olhos de Isaac, que logo ficava de boca aberta vendo aqueles cristais, que chegavam a ser de uma cor inexplicável, uns castanhos puxado para mel esverdeado muitas vezes. Realçado muitas vezes pelo cabelo ruivo encaracolado, quase amarelo.

-Nasci com uma mutação, gênese de Alexandria, torna meus olhos roxos, e a pele praticamente Albina, agora os cabelos negros chegaram de brinde. –A fala como sempre calma seguida de um sorriso. Para o menino a manhã estaria perfeita, todavia, acompanhada da luz, está as trevas, e o momento para tirar essa prova mostrou-se, e assim a aura de alguns demônios começaram a ecoar.

– Se me dê licença, vou na loja da esquina comprar alguns chicletes, vai na frente Aurea!

-Esta bem, mas venha logo, não quero vir aqui te buscar pelos cabelos! –Assim a menina partia correndo, ficando fora da vista do anjo e dos outros.

-Apareçam, não tenho a manhã inteira! –As voz séria ecoava por todos os lados da praça, que naquele momento estaria sem ninguém que pudesse atrapalhar o combate direto,o primeiro que estaria em cima da ponte, apenas vendo alguns animais e insetos sobre elas. Ouvindo a voz do tal, saiu de trás da arvore, outro com o porte mediano entretanto, ainda sim musculoso aparecera em meio as águas, junto ao ultimo que pulava de cima dos galhos da arvore, cercando o garoto.

-Aubree, Darrow, Eron faz tempo que não os vejo, vieram fazer uma visita? Bateu uma saudade do antigo companheiro? –Uma risada irônica ecoava e assim Sac jogava uma mexa dos cabelos negros para trás da orelha.

-Ora, seu desgraçado, não zombe de nós!- Os três demônios avançavam contra Isaac, o primeiro pulava de cima da arvore com uma espada na intenção de corta-lo a face, o segundo dispararia uma flecha por trás do garoto, enquanto o ultimo partia em direção correndo com duas adagas, para disparar o golpe contra o peito do oponente. Isaac permanecia com seus olhos fechados, sentindo a mudança do ar ele pulava soltando um chute no ar, assim desviava da flecha com o impulso, disparando grande parte da água do rio naquele que via de cima, que adquiria um brilho prateada atravessando o corpo do tal, que logo se tornava cinzas, ao cair na água ele voltava disparando outro jato que atravessava a cabeça do segundo que ia em direção com as adagas e assim se transformava em neblina como o outro.

-Diga, para que Elliot e Vincent não me perturbem mais! Não estou mais nessa guerra, e lhe falo, se ousar se meter comigo novamente, lhe enviarei para as profundezas do inferno! –Em fúria, os olhos roxos já estavam escarlates.

-SAC! Venha logo, eu cansei de te esperar! – Exclamava Aurea que estaria correndo em direção aos dois homens, e assim o anjo a seguia partindo a frente, deixando o ultimo demônio apenas com a visão da morte dos companheiros, e um recado a ser dado.

 

-Hey Irmão, você pode me levar para a escola hoje? -As palavras alegres ecoavam dos lábios do jovem Safira, uma garota de 10 anos de idade, ela quase sempre estava adoentado, e assim nunca saia de casa, embora hoje o sorriso resplandecia.

 -Claro, vamos irmã, hoje é um dia especial para você. -Dizia Elliot saindo de mãos dadas com sua irmã mais nova, a aparência do jovem assustava a muitos, os cabelos negros que se equivalem a carvão, o corpo branco definido chegavam a sumir em meio aos olhos vermelhos cor de sangue.

-Eli, será que um dia eu não vou mais precisar ir ao hospital? -A menina emanava a voz com leve choramingo ao fazer tal pergunta.

-Todos precisam ir ao medico de vez em quando Safira, é algo normal maninha, não tem o porquê se magoar. -O jovem tentava sorrir para dar forças a sua irmã, logo então elevava a mão aos longos cabelos olhando o céu em seguida, ele sentia uma grande energia se aproximar.

-Mas eu vou tantas vezes... Sabe, às vezes acho que só dou problemas para a mamãe. -Lágrimas escorriam ao término da frase, e assim a garota elevava a mão à face tentando esconder o choramingo.

 

-Não ouça essas mulheres, elas não sabem nem que roupa irá vestir antes de sair, quanto mais o que falam, eu trabalho e podemos cuidar disso tudo. E prometo aqui e agora, nunca deixarei que nada aconteça contigo! -Elliot acariciava os cabelos da jovenzinha, chegando a escola, deixava-a sobre a calçada e acenava ao ver Safira entrando no recinto.

-Obrigado Eli, você é o melhor irmão do mundo! -A garota sorria após enxugar as lágrimas e assim corria em direção à classe.

Após ter a certeza de que o garoto havia adentrado o recinto, Elliot se virava dando de cara com Isaac Vincent que o esperava junto a um sorriso no rosto.

-Olha, quem diria, Elliot tratando bem um humano?–A gargalhada do tal era eminente, junto a uma aparência zombatoria, Vincent nunca foi alguém que mostra ser forte, mas ninguém desejaria o ter como inimigo.

-Disfarces são baseados nas mentiras, como espera que eu diga a verdade para eles se nem ao menos você faz isso? -Os olhos vermelhos adquiriam uma cor escarlate ao entrar em contato com a luz do sol, de fato o assunto começara a tornar-se tenso.

-Todavia, tu esqueces um pequeno detalhe velho amigo, às vezes mentimos tão bem que nós mesmos acreditamos. E pelo o que vejo isso está acontecendo contigo, espero que esteja errado, aliás, não pretendo permitir que depois de tantos séculos tu venha a ter um ponto fraco justamente agora. – O sorriso largo permaneceu nos lábios daquele que exclamava, e assim olhando o horário no relógio, apenas acenou despedindo-se. –Reflita sobre o que te disse, o amor nem sempre é justo Ellioth.

-Pode ter certeza que irei refletir Vincent, agora se me der licença, estou atrasado. –Um suspiro forte mostrou o cansaço daquele garoto, e assim ele partira em direção a mecânica que trabalhava.

Já era meio dia, e como sempre todos aqueles garotos com os anjos incorporados no corpo tiveram sua agitação diária, entretanto, acabara de começar um mistério para Antony, aquele que sempre pairava na varanda de vossa casa, observando o céu que de fato mostrava-se forte e imponente, no entanto, naquele começo de tarde, uma nuvem negra cobrira aquela janela.

De fato aquele anjo estranhou o ocorrido, caminhando para fora de vossa cama, entretanto, surpreendeu-se com lâminas criadas de trevas, de fato era algo que poderia dizer-se impossível até mesmo para os demônios, cujo nos pensamentos daquele jovem não passava de uma lenda que fora feita para assustar a todos os anjos.
            -Mas o que é isso? – O grito ecoou pela casa inteira, embora antes mesmo que ele pudesse desviar, uma figura mascara, atravessou o recinto, chegando por trás de Antony, tentando enfiar uma daquelas lâminas no ponto inverso do coração, todavia aquele que era conhecido por sua velocidade extrema, conseguiu desviar por pouco, embora o corte ainda o pegou, ferindo as costas, suficientemente para o sangue jorrar.

Entretanto, o destino parecia estar a favor daquele anjo, e assim Maiby ouvindo o grunhido de dor, adentrou o quarto, jogando diversas estacas de areia contra aquele ser mascarado, embora antes de ser atingido, ele fugiu pela janela.

-Acho que temos um novo inimigo minha amiga, embora quero saber como ela conseguiu atingir-me, ainda mais em minha casa, é pelo jeito essa guerra mostrará resultados que não vemos a milhares de anos.

Eram a ultima frase exclamada por aquela boca, que logo voltou a deitar-se, de fato o mistério de quem seria aquele ser, corria na mente de ambos, assim como a imagem de Safira na mente de Ellioth, ou o desejo por Áurea dentre os olhos de Isaac, mostrando que até mesmo os guerreiros mais fortes de cada geração, tem um pequeno ponto fraco. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...