História Larga Tudo & Vem Comigo - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Azul é a Cor Mais Quente, Como Eu Era Antes de Você, Lucas Santos
Personagens Lucas Santos, Personagens Originais
Tags Carlos, Lucas
Exibições 29
Palavras 831
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Festa, Orange, Romance e Novela, Saga, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente! Mais um capítulo quentíssimo! Não deixem de comentar oque acharam! Beijos!

Capítulo 9 - Um Recomeço


Fanfic / Fanfiction Larga Tudo & Vem Comigo - Capítulo 9 - Um Recomeço

             Logo anoiteceu, Carlos já estava cansando de vigiar e também já estava com muito frio, mas ao olhar Lucas dormindo tão bem ele se esforçava pra não dormir e pra que seu amor dormisse tranquilamente, até que o trem parou, não pra entregar a carga e sim pra fazer um concerto no farol do trem, Carlos observava escondido a conversa do mecânico e do maquinista:

- Tudo pronto senhor! O farol já está consertado!
- É bom mesmo! Temos que chegar no Rio de Janeiro amanhã a noite e não podemos parar um segundo! Vou mandar os outros funcionários irem dormir!

  Carlos finalmente conseguiu descobrir o destino do trem, o Rio de Janeiro, Carlos logo ficou tranquilo em duas razões, a primeira era que o Rio de Janeiro era um lugar imenso e eles não teriam problemas pra achar un trabalho por lá, e a segunda razão era que os funcionários que estavam no trem já iam descansar e finalmente ele ia poder parar de vigiar e ia dormir junto com Lucas, Carlos então foi se deitar, Lucas acordou com o barulho que ele fez ao deitar ao lado dele, aí Lucas falou:

- Ai amor desculpa! Eu dormi esse tempo todo e deixei você aí vigiando! Que horas são?
- Já são 21:00, mais não se preocupa amor! Eu também já vou dormir, todos que estão no trem já foram descansar! E adivinha?
- Oquê? Não me mata de curiosidade!
- Esse trem está indo pro Rio de Janeiro!
- Não acredito! Que bom! Vem cá! Deita aqui comigo e vamos dormir bem agarradinhos que a noite tá fria!
- Tô precisando mesmo!

    Lucas estirou a coberta e Carlos se cobriu também, Lucas começou a beijar Carlos que estava com o rosto um pouco frio devido ao tempo, logo Carlos se aqueceu bem agarrado ao Lucas, logo começou uma tempestade horrível, trovões e relâmpagos, uma chuva realmente grosseira, Lucas não gostava de noites assim mais quando estava abraçado com Lucas qualquer noite era ótima, daí Lucas e Carlos acordaram devido ao barulho dos trovões e se cobriram dos pés à cabeça, daí Lucas falou:

- Amor, tá com frio?
- Tô sim! Não vejo a hora dessa chuva passar!
- Amor, eu tô carente! E o tempo tá perfeito pra gente namorar!
- Tá carente?
- É, do nada eu tô sentindo uma vontade de ganhar um carinho!
(Lucas então tira a camisa e Carlos fala)
- Amor veste essa camisa! O tempo tá muito frio!
- Eu não quero que a camisa me esquente e sim você! Vai amor, vamos fazer aquilo!
- Você tá falando de tranzar? Logo agora? Tá tão frio amor!
- Vai Carlos! Eu tô com vontade! Vem logo e me beija!

  Carlos começou a beijar Lucas e a tirar a roupa dele, Lucas se masturbava enquanto Carlos chupava o pescoço dele, Lucas estava com os mamilos estimulados e Carlos aproveitou pra chupá - los, Lucas logou gozou depois que se masturbou e Carlos tirou toda a roupa também e Lucas disse:

- Amor, vem cá! Eu quero que você meta em mim!
- Lucas! Eu nunca ouvi você falar assim amor!
- As vezes temos que brincar durante a tranza não é amor? Eu só tô mostrando que eu quero te satisfazer! Vem cá, vem!

  Carlos se sentou e Lucas começou a sentar no pênis dele, Lucas sentava deliciosamente, gemia bem no ouvido de Carlos e não desgrudava do pescoço dele, enquanto Lucas sentava Carlos apertava a bunda dele e beijava a boca dele muito:

- Vai amor! Isso! Senta!
- Arr! Aii! Tá gostando amor?
- Tô amando! Vai meu lindo!
- Aaaa! Aiii! Huummm!

  Lucas já estava cheio de tesão, depois ele deitou e levantou as pernas, Carlos se ajoelhou e Lucas apoiou as pernas no ombro dele, Carlos voltou a meter e os dois conversavam enquanto tranzavam:

- Isso! Assim Carlos! Eu te amo!
- Lucas eu vou gozar!
- Vai amor! Isso! Aii! Arr! Huuummm!
- Arrr! Aaaa! Delícia! Eu te amo!
- Agora vem cá vem! Vamos vestir as roupas e dormir de conchinha porquê tá frio!
- Eu quero te beijar mais! Vem!
- Você gostou mesmo né?
- Claro que sim!
- Carlos, eu te amo muito! Você sabe como me agradar e eu também sei! E já que a gente tá junto, sempre vamos ter momentos assim! Não importa a hora, o importante é que a gente se ama!
- Eu sei! Agora vem cá!

 Carlos e Lucas se beijaram mais um pouco e depois se vestiram, Carlos pegou um lindo casaco preto e pôs em Lucas e os dois se cobriram novamente. A tempestade se manteu firme toda a noite. Quando deu 02:00 da madrugada a chuva piorou, Lucas ainda dormindo ficou com mais frio ainda e agarrou Carlos bem agarrado novamente e Carlos também o agarrou. Logo o dia ia amanhecendo totalmente e a chuva não parava.

 Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...