História Last breath - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook
Exibições 20
Palavras 366
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia)
Avisos: Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


É não tenho a menor idéia do que falar aqui, é minha primeira fic e é só um teste mesmo.
Já peço desculpas se estiver com algum erro grotesco.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo único.


"Você consegue se lembrar de quem era antes do mundo te magoar?"

Seria algo fútil da minha parte dizer que eu já esperava por isso? Que eu imaginava que uma hora ou outra isso iria acontecer?
    Me pego pensando que se eu tivesse dito o que sentia, poderia ter sido diferente, você poderia ter escolhido a mim e não a ele. Eu sei que não deveria ver as coisas desse modo, sei que deveria  parar  de pensar que eu não fui o suficiente, mas está doendo, só consigo enchergar que o culpado de tudo isso fui eu, eu que não demonstrei, eu que não valorizei, eu que preferi esconder achando que isso era tolice. Mas te vendo ser feliz com outro, direcionando o seu sorriso para outra pessoa que não seja a mim, percebo que no fim eu que fui um tolo. Um tolo que preferiu esconder seu sentimentos em um baú trancafeado as sete chaves no lugar mais vazio e escuro da alma, bem lá no fundo, para ninguém nunca encontrar.
   Mas como eu disse, dói, continua a doer, mesmo que eu encha o meu corpo com doses e doses de algum álcool barato, essa dor não acaba, as vezes eu chego até a me sentir sufocado com essa confusão toda. Eu gostaria de voltar a viver novamente, mas parece que quanto mais luto, aquilo que me puxa para baixo se torna cada vez mais forte, me impedindo de subir.

Solto uma risada fraca ao abrir os meus olhos e perceber que a minha visão já estava começando a ficar turva, não duraria muito tempo se o fluxo do sangue escorrendo pelos meus cortes até a banheira continuassem incesantes como estavam, aquilo era o meu fim, agora me sinto um fraco por ter escolhido essa alternativa, mas não tem mais volta. O que me resta é aproveitar esses ultimos momentos de vida e dizer o que tanto eu guardei e lutei para esquecer. No meu último suspiro eu digo o que tinha que dizer a você.

- Park Jimin eu te amo.

Dizem que o amor cura tudo, mas e quando o amor é o que adoence uma alma? qual seria a cura?


Notas Finais


Foi isso, espero que tenham gostado.
Beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...