História Last Moments - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Turma da Mônica Jovem
Personagens Aninha, Carmem, Cascão, Cascuda, Cebola, Denise, Do Contra, Franjinha (Franja), Irene, Magali, Maria Cebolinha, Maria Mello, Marina, Mônica, Nimbus, Penha, Quim, Titi, Toni, Xaveco
Tags Tmj
Exibições 60
Palavras 1.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi maravilhosos e maravilhosas, como eu prometi tá aqui o capítulo bem cedinho para vocês, espero que gostem. Beijos e boa leitura.

Capítulo 6 - Quem ele pensa que é?


Pov Mônica

Quando fui dormir ontem a noite a Maga me pediu para eu dormir com o Cebola, já que eles tinham brigado, mas eu falei que seria só hoje e ela disse está bem.

Já estava acordando, mas eu percebi que alguma coisa me abraçava, quando virei para ver quem era, quase beijei Cebola. Espera aí o Cebola dormiu de conchinha comigo?, o mundo pirou?.

Ele é tão lindo dormindo, será que eu acordo ele?, mas parece que ele está acordando...

Cebola- Oi Mônica, como foi sua noite?. Falou isso com uma cara maliciosa estampada em seu rosto, mas foi aí que caiu a ficha, eu estou a poucos centímetros da boca do Cebola e ele está chegando mais perto e mais perto, Deus o que eu faço?, decidi beija-lo também.

Cebola estava me beijando eu segurava os cabelos bagunçados dele e ele segurava minha cintura até que...

Magali- Cebola?, Mônica?, vocês estavam se...

Cebola- Sim, Magali e como tudo que é bom um dia acaba, você estragou tudo.

Espera aí o Cebola gostou do beijo?, mas ele não é daqueles que ficam com todas e depois nem se lembra mais os nomes delas?, eu estou super confusa agora, mas Magali me tira do meu transe intelectual...

Magali- O Cebola te beijou Mônica?. Ela perguntava isso perplexa.

Mônica- S-sim. Falei isso gaguejando, afinal ainda queria capitar o que estava acontecendo.

Magali- Isso é muito estranho, O Cebola não é assim... Mas ele não é do tipo que fica com todas?, não estou entendendo nada.

Mônica- Mas ele fica com todas Maga, como pode achar isso estranho?. Perguntei já não entendendo nada.

Magali- Ele pode até ficar com todas, mas essas "todas", são tipo ou as mais populares ou as mais descoladas. Que estranho então porque ele me beijou?.

Mônica- Então porque ele me beijou?. Perguntei isso ainda confusa.

Magali- isso eu não sei, mas agora que vocês já se pegaram vou botar um nome para o casal. O que?, a Magali tá doida?, que casal?, não estou entendendo nada.

Mônica- Que casal Magali?, tá ficando doida?. Falei isso já desacreditada que o Cebola tinha me beijado agora pouco.

Magali- Calma eu só vou inventar um shipper para você dois... Hum... Deixa eu pensar... Monibola não... Cenica não... Já sei Cebonica. Espera Cebonica que nome de shippe é esse?.

Mônica- Isso é besteira, a gente nem tá junto.

Magali- E é para isso que serve o shipper, para você apoiar um casal que não está junto. Então era por isso que todo mundo me shippava com o Luan lá nos Estados Unidos?.

Mônica- Ata, mas esse casal nunca vai dá certo, vou logo te avisando.

Magali- Vai dá sim! Eu sou #Cebonica e já criei até o fã clube de vocês. O que?, ela pirou na batatinha?.

Mônica- Isso é sério Magali?. Pela cara dela parecia que sim, mas a Magali não faria isso, pelo menos não comigo.

Magali- Sim, eu criei ontem quando vi vocês dois dormido de conchinha, inclusive eu até bati uma foto. Eu não acredito que a Magali fez isso.

Mônica- Porque fez isso?. Já estava desacreditada com a Magali.

Magali- Esqueceu que a gente está mentindo para a Carmem?, se é para mentir tem que ser com estilo. Mas não mentir desse jeito sua louca.

Mônica- Você leva as mentiras bem a sério né?. Falava o óbvio.

Magali- Não sei não, mas depois do que vi hoje acho que isso nem é mais mentira!. Ela falou isso rindo.

Mônica- Eu te odeio Magali. Falei isso, mas tinha certeza que a Magali sabia que era brincadeira.

Magali- Eu também te amo!. A Magali é uma peça mesmo e o pior é que começamos a rir tanto que até o Cascão acordou.

Cascão- Do que vocês tão rindo tanto que me acordaram?. Ele parecia um zumbi brigando com nós duas.

Quando vimos Cascão aí que não paramos de rir mesmo, o coitado ficou tão irritado que foi logo para o banheiro dos meninos.

Pov Cebola

Tinha acabado de terminar meu banho e já ía me trocar, mas eu não conseguia parar de pensar no que acontecera de manhã, eu queria provar mais do sabor daquela boca, parecia até uma droga o beijo dela, pois agora estou tão viciado que quero mais...

Cascão- Iae cara?

Cebola- Hey mano!

Cascão- Acordei por causa das meninas, você sabe porque elas estavam rindo tanto?. Espera aí será que elas estavam rindo de mim?.

Cebola- Não sei! Vai vê são loucas e começaram a rir do nada. Falei isso ainda com dúvida, afinal porque elas estavam rindo?

Cascão- É, mas o mais estranho é que quando eu fui perguntar porque elas estavam rindo, elas começaram a rir mais. Isso eu até entendo porque o Cascão tá parecendo

Cebola- É claro né!, tá parecendo aqueles zumbis de filme de terror. Falei isso começando a rir.

Cascão- Poxa cara magoou agora. Ele falou isso se fazendo de triste, mas logo depois ele riu e eu também ri junto.

1 hora depois

Pov Cebola

Eu já estava a caminho da sala de aula quando vejo uma coisa estranha a Mônica está conversando com o Do Contra, sério eu odeio esse cara, mas o que eu posso fazer para afastar ele dela, Hum... É óbvio Cebola. Fui lá já pensando em meu plano.

Mônica- Você é muito engraçado Do Contra. Quando ela falou aquilo fiquei com mais ódio ainda

Cebola- iaí gata?. Meu plano é fingir que sou o namorado da Mônica para afastar ele dela.

Mônica- Cebola?, o que faz aqui?, porque está falando desse jeito?. Ela estava confusa, afinal nem eu mesmo estava entendendo o que eu estava fazendo.

Cebola- Estou aqui porque sou seu namorado e queria passar mais tempo com você, mas se você prefere ficar conversando com esse sujeitinho tudo bem. Saí dali desesperado estava a ponto de dar um soco no Do Contra.

O Cebola estava muito estranho, será que era por causa do beijo de hoje cedo?, não sabia que ele achava que um beijo significava ser namorado, mas tudo bem.

Quando eu e Magali saímos do quarto, ela decidiu ir no banheiro do Colégio, então eu acabei ficando sozinha, decidir andar pela escola e acabei esbarrando com um menino, a gente acabou conversando e se conhecendo, o nome dele é Maurício, mas ele prefere ser chamado de Do Contra, ele gosta muito de rock que até tem uma banda se chama Os extraordinários, ele odeia qualquer tipo de gente popular ou descolada.

Cebola tinha acabado de sair e eu não tinha entendido nada...

Do Contra- Então você namora com esse playboyzinho metido à besta?. Ele parecia está meio zangado, mas nem liguei para isso precisava saber o que deu em Cebola.

Mônica- É, ele pode ser até assim, mas a gente se ama e é isso que importa. Eu não acredito que acabei de confirmar que estou namorando com o Cebola, acho que peguei a doença da maluquice da Magali.

Do Contra- Ah legal!, tenho que ir depois a gente se vê. Ele falava isso ainda triste.

Mônica- Tá tchau!. E ele foi para sala b, eu estudo na sala a então não vamos nos encontrar na mesma aula.

Magali- Voltei Mônica! Ela falava simplesmente.

Mônica- Ainda bem!, pensava que ia morar naquele banheiro. Falei isso rindo e ela também.

Magali- Não exagere!, vamos logo para a aula. Falou parando de rir e já se direcionando para a porta da sala.

E assim entramos dentro da sala.




Notas Finais


Pessoal obrigada por estarem comentando e favoritando a fic, estou fazendo esse capítulo desde 5 horas da manhã então me perdoem por qualquer erro. Beijos sabor melancia e até mais tarde.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...