História Last Song - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Jikook, Jikook Flex, Jimin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Vhope, Yaoi
Exibições 270
Palavras 704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OII m/
Eu juro que tento não postar de madrugada JHSJHAJHSA
Boa leitura *u*

Capítulo 6 - Festa?


Jimin POV

Não tinha como eu estar mais envergonhado! Eu acho que estava mais vermelho que meu próprio cabelo. Eu não poderia ter me deixado levar, como olharia na cara de Jeon depois de tudo? Sentei na poltrona que havia do lado do sofá -NÃO VOU MAIS SENTAR NELE HOJE!- e respirei fundo, afundando as mãos no rosto. Vou perder um dos melhores amigos que tenho em tempos...

Respirei fundo novamente, até ouvir mais um grito vindo do lado de fora da porta.

—JIMIN-AH, NÃO ME DEIXE AQUI FORA, EU SEI QUE VOCE ESTA AÍ! ESTÁ SUSPIRANDO MAIS QUE UMA DONZELA APAIXONADA.

Revirei os olhos e, sem muita escolha, fui até a porta, observando quem era aquela criatura chata que só sabia gritar. Hoseok...como sempre, só aparece em momentos inapropriados!

Bufei e logo abri a porta.

—Aish, Jimin. Finalmente hein!? Achei que você fosse me ignorar pelo resto da vida. —disse, se atirando no sofá e logo em seguida fazendo uma careta. —Que cheiro é esse Jimin-ah?

—N-Não é nada! —corei imediatamente.

Hoseok se abaixou pra sentir o cheiro do sofá e automaticamente me atirei em cima dele.

—NÃO SE ATREVA JUNG HOSEOK!!

—SAI DE CIMA PESTE, VOCÊ TÁ ME SUFOCANDO!!—me empurrou, fazendo com que eu caísse no chão. Esse demônio!

Se abaixou de novo pra sentir o maldito cheiro do maldito sofá e me encarou com os olhos arregalados.

—Jimin-ah —murmurou. —Você fez sexo?

SOCORRO!

—N-Não. Q-Quer dizer, e-eu... N-NÃO!! —não conseguia parar de gaguejar. Queria expulsar Hoseok da minha casa, ou simplesmente fazê-lo parar com as perguntas desnecessárias, mas pelo que conhecia ele, não seria possível.

—Eu já entendi Jiminie. —falou Hoseok, com um sorriso extremamente malicioso nos lábios, me fazendo corar ainda mais. —Achei que você fosse inocente, mas parece que a vida já te corrompeu também.

Atirei uma almofada na sua cara. PORRA! Falou o cara que perdeu a virgindade com catorze anos! Sim, a de trás. Suspirei.

—Bom, pode me dizer o que veio fazer aqui essa hora da manhã? —perguntei, um tanto impaciente.

—Ah, é mesmo! Olha só Jimin-ah, eu fui convidado pra uma festa essa noite e o meu crush vai estar lá. Por favor, vai comigo? —disse, com aqueles olhos pidões.

Hoseok era realmente um caso sério. Ele sempre conseguia me convencer das coisas desde que nós viramos amigos. Ele era um dos poucos que eu tinha em Seul, e acabamos nos reencontrando por acaso na UNI, estava cursando dança e era realmente bom no que fazia.

—Tá legal, Hobi...eu vou. —cedi, revirando os olhos novamente. Não tinha muita paciência com esse hyung.

—Muito obrigado Jiminie!! —deu um gritinho agudo, deixando em seguida um beijo estalado na minha bochecha. —Ah! Já ia me esquecendo. Eu ouvi a voz de outra pessoa quando estava lá fora. Acha que eu sou bobo? Pode levar seu parceiro sexual pra festa se quiser também. —disse e saiu correndo, desviando da almofada que pegaria em sua cara de novo. —TE AMO JIMINIE, VOCÊ SABE.

—EU TE ODEIO JUNG HOSEOK! —atirei outra almofada.

—ODEIA NADA! —desviou. —E NÃO ESQUEÇA DE LEVAR SEU PARCEIRO DE SEXO. OUVI FALAR QUE OS BANHEIROS DAQUELE LUGAR SÃO ÓTIMOS PRA DAR UNS PEGAS! E DESCULPE ATRAPALHAR A SUA FODA. NÃO ACONTECERÁ DE NOVO. —passou pela porta correndo e fechou rapidamente, antes de eu conseguir responder à altura. Desgraçado! Jungkook deve ter ouvido tudo.

Suspirei pela milésima vez naquela manhã e me dirigi ao quarto, com a cara mais vermelha que o nariz de um palhaço, que era exatamente o papel que eu estava fazendo naquele momento.

Abri a porta lentamente, dando de cara com um Jungkook também corado. Ele olhava as próprias mãos e tinha um sorriso divertido nos lábios. Corei ainda mais -se é que era possível, meu rosto não aguentava mais a cor vermelha- quando ele olhou pra mim com um sorriso de lado. Meu coração quase pulou pra fora da boca.

—“Jiminie” —usou o apelido dado pelo meu irritante amigo de infância —Eu vou gostar de ir nessa festa. —mordeu o lábio inferior, se levantando e passando por mim. Senti ele chegar por trás. —Te vejo na aula hyung. —sussurrou no meu ouvido, me fazendo arrepiar por inteiro.

Eu só posso estar enlouquecendo...


Notas Finais


O MAIOR EMPATA FODA DA HISTÓRIA ATACA NOVAMENTE HJASHJAHJAS
E o Jungkook?? Essa criança sempre safada ( ͡° ͜ʖ ͡°)
Comentem oq acharam *u*
Beijinhos e até o próximo *3* s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...