História Last Ties (segunda temporada) - Capítulo 18


Escrita por: ~ e ~may21033

Exibições 30
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey guys!
Bom me desculpem pela demora, eu sei que falei que postaria a alguns dias atrás porém aconteceram alguns imprevistos como, semana passada era minha semana de prova e no dia que eu comecei o capítulo surgiu uma prova de ultima hora e eu tive que me matar de estudar, mas eu já tinha feito o capítulo mas meu computador bugou e eu perdi vário arquivos incluindo o capítulo, tive que reescreve-lo por isso ficou curtinho
Espero que me entendam

Capítulo 18 - Namorado falso?


Fanfic / Fanfiction Last Ties (segunda temporada) - Capítulo 18 - Namorado falso?

Recuei até esbarrar as costas na parede, levantei o olhar para Cameron que ainda estava visivelmente alterado, porém não continuava batendo em Matthew, ele balançou a cabeça e olhou pra mim

Cameron - Levanta - Não entendi ao certo o que ele queria dizer, até ele repetir de novo furioso - Levanta! - Fiz o que ele mandou- Está tudo bem? - Balancei a cabeça, olhei para Matthew e Cameron percebeu- Nós vamos embora

- M-mas ele... – apontei para Matthew caído desmaido, mas cameron me corta-

Cameron - Vão acabar achando ele, ninguém se importa

- O que você fez?... - Ele bufou e deu alguns passos se aproximando de mim-

Cameron - Eu não fiz nada demais, isso não tem haver com você são problemas de família então esqueça e me acompanhe - Engoli seco-

Cameon ajeitou o terno, olhou novamente para mim e saiu do banheiro, o acompanhei, minha cabeça doía, minha cama era só isso que eu desejava além de esquecer aquela noite horrível, cada segundo antes de Cameron chegar aquele banheiro se tornava uma lembrança atordoante, e a minha incapacidade de poder defender a mim mesma me assustava, eu sentia ódio de não poder fazer nada ter que depender de Cameron, e aquela questão martelava minha cabeça "O que aconteceria se Cameron não tivesse aparecido?" e com essa incerteza assustadora outras dúvidas começaram a surgir, elas estavam aos poucos me deixando louca com toda aquela paranoia, e a cada minuto que passava eu sentia um peso dentro de mim como a qualquer momento eu pudesse desabar até que Cameron segurou a minha mão e me puxou, nós atravessamos a porta dos fundos, e continuamos pelo jardim sem que ninguém ao menos percebesse nossa presença. Entramos no carro e permanecemos em silêncio. Cameron olhava fixamente para estrada enquanto apertava o volante com força, e limitava-me a encarar minhas mãos sobre aquele vestido, até perceber que ele não estava me levando para casa

- Onde nós vamos? - Falo baixo como em um sussurro, porém não obtenho resposta, abaixo a cabeça e suspirei-

Rodamos durante alguns minutos, até Cameron parar o carro em uma rua deserta em frente à praia, ele saiu e sem dizer nada fiz o mesmo, continuei o seguindo, até ele parar em frene ao mar e cruzar os braços

- Por que estamos aqui? - Ele suspirou-

Cameron - Porque eu não queria continuar naquela casa - Eu tentava como podia amenizar o frio mais era em vão até que Cameron tirou seu paletó e o estendeu para mim, aceitei e o coloquei sobre os ombros

- Bom considerando que esse jantar não saiu exatamente como esperávamos qual vai ser o próximo passo do plano? - Ele me encarou e sentou na areia, fiz o mesmo-

Cameron - É melhor esquecermos isso, a noite já deve ter sido bastante desagradável pra você

- Não! Nós já começamos isso então vamos até o fim

Cameron - Eu não acho que seja uma boa ideia

- E desde quando você é o certinho? - Ele me olha surpreso- Olha eu não vou desistir - Ele suspira-

Cameron - Merda

- Você é péssimo - Ele balança a cabeça-

Cameron - Já me disseram isso

- Mas... essa noite foi um bom namorado falso

Cameron - você também foi uma boa namorada falsa - ri-

- Eu não vou precisar ver seu primo de novo né? - Ele faz que não com a cabeça

Cameron - Da próxima vez nem se preocupe eu acabo com o Espinosa - Deitei em sua perna-

- Não acabe com ninguém, aquele babaca não merece que você perca seu tempo com ele

Cameron - Não vai ser perda de tempo - Rio fraco, nossos olhares se encontram, e permanecemos daquele jeito durante algum segundo-

Cameron - Por que que que não to te xingando ou dizendo o quanto você é inútil - Dou de ombros-

- Vai ver você é o errado da história

Cameron - É talvez seja isso - Estava tudo calmo, o vento batia em seus cabelos, e só se escutava o ruído de nossas respirações, ele novamente olhou pra mim, passei meus braços por seu ombro, até que estivéssemos bem próximos e eu senti sua respiração quente bater em meu rosto seguido por seu nariz roçando o meu e finalmente nossos lábios se chocaram.


Notas Finais


O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...