História Last Ties (segunda temporada) - Capítulo 23


Escrita por: ~ e ~may21033

Exibições 18
Palavras 423
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiieeee meu amores!!!!!!! tudo bom com vocês????
bem, estou um pouco triste com vocês, interpretaram mal quando eu falei que a dona (nathassia) tinha ''Abandonado" a Fic, bem eu falei isso com duplo sentido, ela não tem culpa de não ter tido tempo o suficiente pra poder organizar e atualizar as fics dela, afinal ela não tem tempo muita vezes pra ela mesma, os pais dela exijam mais do que ela pode, pra eles ela tem que estudar, estudar, e estudar... então peço que não atirem pedras nela, blz que ela e uma vaca mais a vaca que faz capítulos pra a gente kkkkkkkkkkkkkk
brincadeira, ela ficou putona comigo, mais enfim minha intenção não era que vocês interpretasse dessa maneira:
Ain genteee ela colocou eu como co- autora, ou seja posso usar meu perfil pra postar isso oque e maravilhoso <3
bem gente fiz esse capitulo ontem a noite, tava ansiosa pra fazer isso kkkkk
desculpa qualquer coisa...
Ah, e antes que eu esqueça Obg meninas que me apoiaram pra continuar, já amo vocês <3, eu vou ser sincera, estava com medo com a opinião do pessoal mais vcs são uns amorzins <3
ta bom chega de falar...
Beijinhos beijinhos Beijinhos

Capítulo 23 - Tragedia


Fanfic / Fanfiction Last Ties (segunda temporada) - Capítulo 23 - Tragedia


Freddie P.O.V
-Mas que baderna! senhor tomlinson esta muito encrencado.


 Me virei quando dei de cara com Rebecca diretora babaca da escola, uma 
velha escrota e insuportável


Rebecca: por favor senhor tomlinson me acompanhe!


 -Ta- olho com um olhar assassino para sophie


andamos varios corredores ate finalmente chegar a diretoria:


- entre e sente-se, por que falou daquele jeito com a sua colega?


-ela nao e minha "colega"...


- oque seja! voce esta em uma escola, tem que ter educação, iremos chamar seus pais, voce so entrara com ele, voce me entendeu?


-sim


-muito bem, agora pode se retirar e ir pra casa, iremos ligar pra sua mae.


 Otimo agora aquela mulher chata vai comer meu figado ate em casa, Valeu sophie sua idiota! 


30  min se passaram, minha mae chegou


Mary: ola senhora Rebecca, oque aconteceu?


-freddie esta um pouco agressivo com seus colegas e professores, queria saber se estava alguma coisa em casa que pudesse estar atrapalhando?


-Não! Lá em casa esta tudo normal.


-Estranho, bem, o pai dele esta presente ultimamente?


-Não, afastei Louis dele,  não estava fazendo um bom papel de pai se e que me entende


- entendo, mais talvez seja isso...


-Era so isso diretora?


-sim


- então eu já vou, isso não ira se repetir senhora Rebecca, irei tomar as devidas providencias, desculpa qualquer coisa


- E meu dever saber dos alunos, e obrigada por vim, Freddie esta dispensado, ate amanha


-Ate...-falo forçando


  Não aquento mais esse inferno, so quero ver meu pai, caminho ate o carro com minha mae segurando meu braço:


Mary: entra logo


Mary: freddie tomlinson quando e que você vai parar de dar trabalho e crescer de uma vez? Você não e mais uma criança filho, você tem que saber se comportar, você tem de tudo e não agradece...


-Tenho tudo? tem certeza mae? você acha que eu estou bem sem poder ver meu pai? você não ve como eu estou? você e uma ingrata so pensa em você mesma...


Mary: Filho...


-Filho nada, não sou seu filho, eu so queria estar morto... -Ela freia com tudo o carro batendo no poste, De repente fica tudo embaçado quando olho pro lado, ela estava desmaiada e a testa sangrando:


-Maee!!!! Meu Deus oque faço, socorro!!!! - falo procurando o celular na minha bosa


xx- Alô, assistência de emergência, quem fala?


- Por favor, uma ambulância, minha mae bateu o carro


xx- aonde?
 
-avenida principal, numero 324
xx- chegamos já ia


-Rápido!!


-Mae, calma eles estão vindo- Falo passando a mão em seus cabelos.
 


Notas Finais


Eai amoles de vida minha??? gostaram???
logo logo posto o próximo
desculpa qualquer coisa ai...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...