História Lat me love you 《Chaverroni》 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rebelde
Tags Chaverroni, Christian Chavéz, Maite Perroni, Rbd
Exibições 21
Palavras 894
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capitulo 1 "Maite"


Fanfic / Fanfiction Lat me love you 《Chaverroni》 - Capítulo 1 - Capitulo 1 "Maite"

Quando eu era mais jovem e mais vulnerável, minha mãe me deu um conselho que muitas vezes volta a minha mente.

— Sempre que tiver vontade de desistir. — aconselhou-me. — Olhe ao seu redor é veja se realmente vale a pena.

Eu estava realmente submissa ao que minha mãe avia me falado. Todos os dias eu procurava uma razão para não me afundar de cabeça em minha depressão. Até o momento minha única motivação era ela. Sim era a minha mãe. Eu sei que aonde quer que ela esteja, sempre vai querer o meu melhor. Ela sempre foi importante pra mim e sei que também eu era para ela.

como séria tudo diferente se ela estivesse aqui comigo, apertando-me em seu abraço aconchegante. Seria tudo como sempre avia sido, uns meses atrás. Diferente. Um diferente bom, na verdade ótimo.

— Mai você não precisa fazer isso. —

Emilly disse pela milésima vez. — Você pode ficar aqui comigo. Adoro sua companhia.

— Eu quero ir. — eu disse. Claro que se eu conseguisse ficaria, mas já não me sinto bem aqui. — Não precisa se preocupar Anahi e Dulce me acolheram bem, tenho certeza.

— Diga a elas que mandei lembranças. — Emy me abraçou. — Vou sentir sua falta, Amiga.

— Eu também. — Eu segurei o máximo para não chorar mas acabou sendo inevitável que acontecesse. Então apertei emy em meu abraço e disse: — Eu voltarei em breve.

Disse completamente sem ter certeza. Talvez eu não aguente mais ficar na cidade. Eu amo Los Angeles, mas minhas circunstâncias me proíbem de continuar aqui. Eu realmente precisei criar coragem para ir ao meu voo. Então depois de me despedir de Emy e embarcar no avião, uma certa, solidão se estalou dentro de mim.

Eu passei horas tentando criar um roteiro de minha nova vida em Forks, mas só consegui pensar em minha mãe. Assim que o avião aterrissou, horas depois. sequei minhas lágrimas que caíam indistintamente no meu rosto. Eu sinceramente acho frustrante o jeito que ultimamente ando. Eu odeio essa tristeza, mas por algum motivo colossal não consigo me livrar dela. Ainda não sei porquê tenho esperanças de que aqui em Forks tudo será diferente.

Assim que eu saí do aeroporto de port Angeles. Peguei o táxi, para ir a casa de minhas primas. Você deve estar se perguntando porque diabos elas não vieram me buscar, isso e simples. Porquê eu simplesmente pedi pra que não viessem. Sim eu não quis que viessem, e não pensem que foi fácil convencê-las. Principalmente Anahi. De fato eu não quero ser peso para ninguém, já e ruim ir morar de favor na casa delas. Não quero abusar de sua ajuda. Bom o caminho até a casa delas não foi tão longo, não o quanto eu achei que fosse. Então assim que cheguei fiquei admirada com o tamanho é a beleza da casa. A casa era branca com detalhes marrons, janelas amplas, um jardim recentemente cuidado. Era simplesmente Maravilhosa.

Pendurei a mochila sobre o ombro, e antes de fechar a porta do carro me permiti respirar fundo, enquanto observava atentamente o crepúsculo daquela tarde. É impressionante como aqui e nebuloso e ao mesmo tempo tão calmo. Nem a garoa é incomoda, Isso faz, sentir-me em casa. O taxista muito gentil, ajudou-me a tirar as malas, para fora do carro. Eu o agradeci.

— Olha quem chegou. — Anahi falou atrás de mim.

— Annie. — Disse surpresa.

Ela me abraçou, calorosamente. — Quanto tempo em?

— Muito!

Anahi me ajudou a subir as malas até meu novo quarto, enquanto me enchia de perguntas é tagarelava um pouco mais. Sua alegria e contagiante  é certamente invejável pra mim nesse momento. Ela sempre foi assim, alegre, divertida, cheia de amigos. Essa era minha prima Anahi, uma pessoa na qual todos querem estar perto o tempo todo.

— Cadê a Dulce? — Perguntei assim que fechei a gaveta da cômoda.

— Ela foi comprar algumas coisas. Acho que não vai demorar.

Anahi me observou por alguns instantes é continuou.

— A propósito mais tarde, teremos uma reunião de amigos aqui. Nada formal, apenas um encontro que fazemos como distração.

— Eu tenho que aparecer? — cocei a cabeça.

Minha prima além de legal, certas vezes é muito chata.

— Sim, claro! — Anahi revirou os olhos. —  Você é praticamente obrigada ir!

— Ta bom. — Falei completamente vencida.

Algumas coisas sobre mim que não mencionei: eu ultimamente ando muito anti-social, perdi a vontade de conhecer pessoas novas, ando muito desmotivada é sem interesse para isso. Resumindo virei uma anti- social. Infelizmente nunca fui muito de me comunicar com muitas pessoas, só com as mais chegadas. Ao contrário de muitas pessoas quando eu estou sozinha me sinto bem. Eu não sou o tipo de pessoa que gosto de lugares cheios, sou o oposto disso. Pra mim quanto menos pessoas tiver melhor.

Minutos depois annie foi resolver algumas coisas sobre seus negócios, ela disse para que eu ficasse a vontade. Então tomei um longo banho. Estava extremamente cansada, com a viajem. Deitei-me na cama é sem muito custo, peguei no sono.

Horas mais tarde acordei completamente assustada. Meu coração batia ferozmente junto com a sensação de horror que passava em meus olhos. Oh meu deus estou ficando louca, não é possível. Eu soava frio enquanto tentava recuperar o fôlego, quê avia perdido. Maldito pesadelo.


Notas Finais


Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...