História L'avventura - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Feia Mais Bela
Personagens Fernando Mendiola, Letícia "Lety" Padilha Solís, Omar Carvarral, Personagens Originais
Tags L'avventura
Visualizações 55
Palavras 1.763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal. No capítulo de hoje o Fernando fará uma surpresa para para Lety. O capítulo a seguir é "Nosso lar". Espero que gostem.

Capítulo 12 - La nostra casa


   Um mês se passa...

Os trabalhos na Conceitos estavam a todo o vapor. Fernando conseguiu vender a sua casa e Omar acabou fazendo o mesmo, pois estava ciente que ele também havia contribuído com o que aconteceu na Conceitos. Lety acabou convencendo a Fernando que seria melhor eles se casarem após conseguirem pagar a dívida. Com a venda da casa, eles alugaram um pequeno apartamento para morarem e mais pra frente comprariam uma casa.

Todos na Conceitos estavam dando o máximo de si para que essa campanha desse certo. Luiggi, apesar de seus chiliques, estava cada vez mais criativo e impressionando a Isabella (representante da Realtà), que se comunicava a todo momento com Júlio elogiando e o deixando a parte de tudo. Márcia não “dava sinal de vida”, apenas Carol sabia de seu paradeiro, pois se falavam quase todos os dias por telefone. Seu Humberto estava muito orgulhoso de Fernando, mas Terezinha ainda estava magoada pela decisão do seu filho em se casar com Lety.

Já os pais de Lety estavam cada vez mais convencidos de que Fernando amava Lety de verdade.

Estava chegando o fim de semana, dona Julieta e seu Erasmo convidam Lety e Fernando para passarem o fim de semana com eles, mas Fernando diz que estaria ocupado com Omar e não poderia ir. Lety , mesmo sozinha vai para a casa dos pais para agradá-los.

Fernando na verdade não estaria com Omar e Lety não podia desconfiar de nada, ele estava muito feliz com a surpresa que faria a ela. Os únicos que sabiam a verdade eram Tomás e Omar. E foi por causa de uma conversa com Tomás que surgiu uma idéia..

Uma semana antes...

Fernando vai a sala de Tomás saber como estava a Filmes e Imagem:

-Atrapalho Tomás?

-Claro que não seu Fernando, no que posso ajudar?

-Eu queria conversar com você sobre a Filmes e Imagem.

-Que coincidência, eu ia mesmo chamar o senhor pra falar disso. A empresa está a cada dia melhor. As ações que compramos na bolsa valorizaram bastante. Essa semana foi muito lucrativa.

-Que bom Tomás, eu não vejo a hora desse pesadelo da dívida acabar para eu poder me casar com a Lety.

- E também comprar uma casa pra vocês né seu Fernando, afinal, como diz a minha mãe, “quem casa quer casa”.

-Você está certo Tomás.

-Seu Fernando, o que o senhor fez com a casa que os seus pais deram para o senhor e a dona Márcia?

-Vendemos para pagar algumas despesas, além dos salários dos funcionários. E além do mais eu jamais faria a Lety morar na casa que foi comprada para o meu casamento com a Márcia. O nosso lar tem que ser um lugar especial tanto pra mim quanto pra Lety.

-Seu Fernando, se eu te contar uma coisa o senhor promete não contar pra Lety?

-O que foi Tomás?

-Não é nada de grave, mas me promete que não vai contar pra ela, eu acho que ela não vai se sentir a vontade se você souber disso.

-Eu prometo, agora me fala, eu estou ficando curioso.

-Quando eu e a Lety estávamos escolhendo uma casa para você e a dona Márcia, a Lety gostou de uma casa em especial, mas era bem mais simples do que a que ela escolheu pra vocês. Antes eu não sabia, mas agora eu entendo o motivo do brilho dos olhos dela quando ela viu aquela casa. Ela imaginou um dia vocês naquela casa juntos. Essa semana, eu peguei a Lety pesquisando se essa casa já tinha sido vendida e quando viu que ainda não tinha sido se encheu de esperança, mas é claro que as esperanças dela acabaram quando ela viu o preço da casa.

-E por que ela não me disse nada? Quando eu a minha casa eu investi parte do dinheiro na campanha da Realtà, mas a outra parte eu guardei para comprar uma casa pra nós futuramente.

-Aí que tá seu Fernando, a Lety quer te ajudar a comprar uma casa, ela não acha certo que o senhor compre sozinho.

-A Lety sabe que eu não me importo. E quanto custa essa casa Tomás?

-Quinhentos mil seu Fernando, três vezes menos que a casa que seus pais acabaram comprando.

-Você me ajudaria a fazer uma surpresa para a Lety Tomás?

-Não sei se é uma boa idéia seu Fernando, a Lety vai acabar descobrindo que eu te contei.

-Por favor Tomás, me leva nessa corretora. Eu sei que a Lety vai te perdoar. Tudo o que eu mais quero é ver a Lety feliz.

-Tá certo seu Fernando, a que horas vamos?

-Agora mesmo, vamos aproveitar que está quase na hora do almoço.

Eles foram até a imobiliária e uma corretora atenciosamente foi com os dois até a casa. Lety estava certa. Aquela casa era perfeita para os dois e para os filhos que teriam no futuro. Fernando não pensou duas vezes antes de comprar a casa, que além de bonita já era mobiliada.

Agora...

Fernando combinou com Tomás para que ele pedisse aos pais de Lety para a convidarem para passar o final de semana com eles pois ele queria fazer uma surpresa para ela, mas não contou qual era a surpresa. Como seu Erasmo e dona Julieta confiavam em Fernando resolveram ajudá-lo.

Lety então foi para a casa de seus pais e Fernando teve todo o tempo para preparar a mudança. A partir da noite de domingo eles teriam um novo lar.

Omar e Tomás ajudaram Fernando durante o sábado com a mudança e no domingo cedo Fernando ficou sozinho na casa nova. Queria que aquela noite fosse especial para Lety. A verdade é que ele também amou aquela casa. Se sentia em paz ali. Já estava imaginando seus filhos correndo pelo quintal. A vida que ele tanto sonhara ao lado de Lety começaria naquele dia, naquele lugar.

Chega a noite e Fernando vai a casa dos pais de Lety para buscá-la. Chegando lá, Lety o recebe com um abraço cheio de saudades:

-Meu amor, como foi o seu fim de semana?- Fernando pergunta.

-Muito bem meu amor. Pena que você não estava aqui com a gente.- Lety diz manhosa.

-O quê é isso Letícia, vocês passam praticamente 24 horas por dia juntos, deixa o homem respirar!- Erasmo diz.

-Erasmo! Não liga não seu Fernando. Vocês vão ficar para o jantar?-Pergunta dona Julieta.

-Infelizmente não dona Julieta, mas eu prometo que essa semana nós jantamos com vocês.- Diz Fernando.

-De qualquer forma, foi muito bom passar o fim de semana aqui. – Diz Lety abraçando o pai, e em seguida abraçando a mãe.

Lety e Fernando estavam no carro, quando Lety percebe algo de errado:

-Fernando, onde estamos indo, esse não é o caminho para o apartamento.

-É, realmente não estamos indo pra lá.

-E onde o senhor pensa que está me levando.- Diz Lety divertida.

- A senhora Mendiola poderia deixar de ser curiosa?

-Me conta amor. Eu espero que não me leve a nenhum lugar chique, eu não vesti nada adequado...

-Você está linda assim, mas eu não vou te levar a nenhum restaurante não. Vou te levar a um lugar muito especial.

Aos poucos, Lety reconhecia o caminho que Fernando fazia, mas não podia acreditar. Será?

-Eu conheço essa rua.- Diz Lety tentando descobrir algo.

-Eu sei disso, mas ainda é surpresa.

-Eu não acredito Fernando, será que o Tomás não consegue ficar com a língua dentro da boca? -Diz Lety indignada.

-Não culpe o seu melhor amigo por isso.

-Como não, ele sabe que eu queria te ajudar a comprar uma casa para a gente.

-Mas eu quis te fazer uma surpresa. O que tem de mais em comprar uma casa pra gente?

-Fernando, nós somos um casal, não é justo você fazer tudo sozinho.

-Meu amor eu não vejo nada de mais em querer dar a mulher da minha vida o lar dos seus sonhos.

Nesse momento, eles chegam a casa nova. Lety então se lembra do dia em que veio aqui com Tomás, dos pensamentos que teve com Fernando naquela casa. Ela não podia negar que aquilo era o que ela mais queria.

Fernando estaciona o carro na garagem e abre a porta para Lety:

-Posso te apresentar a casa senhora Mendiola?

-O senhor Mendiola se esqueceu que eu já conheço essa casa?

-Mas você não viu o que eu planejei para essa noite.

-Então pode me apresentar a casa novamente.

Fernando leva a Lety para dentro da casa que está toda decorada com rosas brancas e Lety se lembra o que Fernando disse a ela no dia que descobriu a carta, que a rosa branca representava a sua pureza e isso fez seus olhos se encherem de lágrimas.

Fernando mostrava a casa para Lety, e em cada cômodo Lety via algo novo. No quarto dos dois, Fernando colocou uma foto que eles tiraram na Itália acima da cabeceira da cama. Lety estava amando tudo. A casa tinha quatro quartos e Lety se surpreendeu ao ver na porta de dois deles uma plaquinha escrito “quarto do meu futuro filho ou filha.”:

-Então o senhor Mendiola quer ter dois filhos? -Diz ela.

-Se você quiser ter mais eu não vou me opor, pelo contrário.- Diz Fernando abraçando Lety, que apenas balançou a cabeça.

Depois de mostrar a casa inteira a Lety, Fernando a leva para o jardim, onde tinha uma mesa bem preparada e muito linda os esperando:

-Meu amor, muito obrigado! -Diz Lety emocionada.

-Lety, eu quero que você entenda que eu farei de tudo para sermos felizes. Tudo o que eu faço é pela nossa felicidade.

-Eu sei, mas eu devia fazer a minha parte.

-Você me faz feliz todos os dias meu amor, o que mais eu posso querer da vida? O mínimo que eu posso fazer é realizar os seus sonhos, pois os meus você realiza todos os dias. Aliás, eu adorei a nossa casa nova, tudo aqui me faz pensar em você.

-Eu também me senti assim quando eu vim aqui com o Tomás, mas naquela época parecia algo impossível.

-Agora esse é o nosso lar, e nós vamos ser muito felizes juntos aqui.- Diz Fernando puxando Lety para um apaixonado beijo.

Após o beijo...

-Meu amor, o que teremos para o jantar, eu estou com fome?- Pergunta Lety sentando a mesa.

-Fondue, espero que não se importe, pois eu só sei fazer isso. Eu juro que da próxima vez eu aprendo a fazer algo de diferente meu amor.

   -Não precisa Fernando, eu adoro fondue. Ainda mais feito por você no nosso lar...


Notas Finais


Beijos e até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...