História Layane, A Deusa Lunar! - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, 4Minute, EXO, Mitologia Egípcia, Mitologia Grega, Saint Seiya, SHINee, T-ara
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Kanon de Gêmeos, Kiki de Appendix, Marim de Águia, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Personagens Originais, Saga de Gêmeos, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda
Tags Cdz, Egito, Etc, Romance
Exibições 15
Palavras 609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Planejei faz muito tempo fazer este especial, mas só seria quando chegasse em dez favoritos, mas vai ser agora!

Capítulo 14 - Solitária! - Especial: deusas e suas vidas particulares! 1


P.o.V. Maat

Faz uma semana que me separei de Toth, aquele idiota que nem cuidou das minhas filhas direito. Mudando de assunto, estou apaixonada por um dos cavaleiros da rainha de Atenas. Não sei o que me fez deseja-lo, mas aquele seu olhar incrédulo, me deixou encantada. Não faço nem idéia de qual seja seu nome, mas ele me encantou. Senti uma sensação que eu nunca senti na vida! Era uma sensação boa, gostosa e que me levava para os céus. Eu nunca senti isso quando estava com Toth.

Seus olhos eram um azul marinho lindo, um cabelo marrom escuro e que tinha cara de 28 anos, mas não era. Eu jurava já ter visto ele em algum lugar e isso me fez lembrar de quando eu ficava observando um deles no século XVIII. Eu sou muito estranha, e isso me faz querer eu descobrir mais sobre essa pessoa, sobre seus gostos e muito mais  ele entrou no meu coração que havia sido quebrado. Senti um arranhão em minhas costas e era Bastet, minha segunda filha e uma das mais bem sucedidas. Tenho duas filhas, a primeira é a Seshat e a segunda a Bastet, que nasceu com um defeito, por isso que ela tem a forma de uma gata. Ela é uma boa filha e eu treinei ela, porque ela foi escolhida para ser a 11° deusa do panteão. Enquanto a Seshat, ela foi treinada por Serket, a deusa escorpião e por isso que ela é a médica de vossa santidade. 

Eu nunca fiz sexo na vida, e eu tive por causa que antes do nascimento do panteão, pedi para uma deusa me dar um filho e eu tive duas. E quem me deu elas foi Nut, minha deusa, pra quem sirvo à 100.000.00 anos. 

Voltando para o assunto, eu acho que Nut sabe o nome dele e sobre seus gostos mas estou com vergonha, porque vai que ele tá lá. Mas vou mesmo assim. 

Cheguei em sua sala, mas ela não estava e fui para fora e vi o Mu conversando com o cavaleiro que falei anteriormente. Fiquei corada, e sentei no chão, de pernas de índio. Eu tinha que cuidar porque o qipao era um pouco curto(eu devia ter botado um shorts), mas não adiantou, a saia subiu mostrando minha calcinha e o bom é que...e ele não tinha visto a minha calcinha. Abaixei a saia totalmente corada até que ele perguntou:

- O que está fazendo aqui Maat?

- Erg...vim falar com Nut! Tenho umas coisas pra resolver com ela.

- Lá vem fofocas! É sobre o que o assunto? 

- É particular! 

- Ela tá trabalhando! - Falou Mu. 

- Vou esperar aqui mesmo. E qual seu nome em senhor?

- Dohko Long! E prazer em conhecer sua santidade.

- Só Nut que pode ser chamada assim e não eu, sou apenas uma deusa do panteão.

- Mas você não protege ela?

- Sim, mas agora que estamos na era Ômega, temos que chama-la assim para sempre. 

- Como assim para sempre? 

- É que ela é imortal...vix, falei demais. 

- Essa eu não sabia. 

- E isso é segredo! 

- Tudo bem! 

- Maaaaattt! 

- Fudeu!!!!!!!!!!!

- Não era pra contar sobre isso caralho! E eu deixei bem claro! 

- Desculpas, eu sabia mais me descontrolei demais e contei.

- Eu te desculpo, e o que você quer falar comigo? 

- Nada não! 

Voltei para meu templo toda feliz, pois tive coragem de falar com ele pela primeira vez. 

Quando fui dormir, botei minha camisola de renda branca favorita que ganhei da minha melhor amiga, Taueret e durmi. 

Mas, pensando bem, é muito bom ser solitária, mas esse homem, me fará ainda mais feliz!






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...