História Learning To Love - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~Leonetta_S2S2S2

Postado
Categorias Descendentes
Personagens Mal, Príncipe Ben
Exibições 54
Palavras 884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


desculpem a demora

Capítulo 8 - Capítulo - 9


Fanfic / Fanfiction Learning To Love - Capítulo 8 - Capítulo - 9

Mal avia acordado cedo naquela manhã, - até de mais para o seu próprio gosto -, saio devagar e sem fazer movimentos bruscos dos braços de seu marido e foi em direção ao banheiro, a passos lentos, - ainda pelada -, adentrou o banheiro, andando calmamente em direção ao chuveiro – avia decidido deixar a banheira de lado, hoje. – ligou-o sem se importa com a água fria que, caia e escorria por seu corpo.

Estava pensativa, desde que avia se casado e consequentemente virado a rainha de Auradon, quase nunca avia saído do quarto, não fazia seus deveres como rainha, não avia visto como a cidade avia ficado depois do seu casamento, não via seus amigos, não tinha noticias de sua  mãe. Ah! E sua relação com Ben? De certo noite passada aviam ficados um porcos mais íntimos, mas era isso? Sua relação com ele até o momento não  passava de simples brigas e provocações, aquele sentimento chamado amor, que estava começando fluir? Avia simplesmente desaparecido, ou talvez fosse a simples confusão que sua cabeça estava agora.

Ela deveria começar a agir com a adulta que era, embora fosse jovem de mais – Em sua opinião – para se encontrar na situação que estava, para ela, deplorável.

Havia finalmente tomado uma decisão desde que tudo aquilo teria começado, ela iria finamente resolver as coisas – Que estavam muito atrasadas por sinal – de rainha, dar um passeio na cidade visitar Evie, e os outros, precisava ver e saber como estava os  seus amigos.

Desligou o chuveiro, vendo seus dedos enrugados, havia  passado muito empo de baixo da água gelada, havia até se acostumado com a mesma, saio do box, pegou a toalha  e se enrolou na mesma, saio do banheiro em direção ao quarto e entrou dentro do closet.

Pegou um vestido Roxo claro que inha até o chão, colado do seios até a barriga, com rendas em seus ombros e braços, - com bolinhas - soltinho da cintura para baixo, um coque no cabelo e brincos de diamantes, uma sapatilha com um salto baixo – Também – roxa.

Roxo era definitivamente sua cor preferida.                                

Se, olhou no espelho, e sorriu, satisfeita com o resultado, estava aceitável. Saio do closet indo em direção a porta que dava entrada e saída da maravilhosa suíte, olhou para trás vendo Ben, ainda deitado, dormindo na cama de casal com o lençol enrolado na cintura, deu um sorriso de canto abriu a porta e desceu as escadas em direção a sala a qual a família real tomava seu café da manhã.

Entrou na sala onde tomaria seu café da manhã com a cabeça erguida e pose digna de rainha, enquanto passava pelos corredores para chegar ao comodo não gostou nada dos cochichos que ouviu dos empregados, ela era a rainha como eles tiveram coragem de fazerem isso? Ainda mas tão descaradamente? Eles deveriam a respeitar, não só por ser uma rainha mas também uma pessoa, esposa do rei, rainha do reino, e filha da vilã que eles temiam.

A garota poderia ter se tornado boa, mas isso não significa que deixaria ser tratada dessa forma, ela era filha de malévola e se tem uma coisa que sua mãe havia lhe ensinado é que não deveria abaixar a cabeça para quem quer que seja, seja homem, ou mulher , nem pro seu próprio pai havia abaixado a cabeça, - As poucas vezes em que ele foi olhar para ela –Quando havia indo a ilha.

Com um simples olhar Assustador, calou a todos que estavam no local e foi em direção  a mesa do café, onde já se encontravam, os antigos reis daquele palácio.

— Olá – Cumprimentou a Garota – Bom dia!

— Bom dia! - Respondeu animadamente a antiga rainha denominada Bela.

— Bom dia – Cumprimentou o rei seco, pelo visto não havia acordado de bom humor  aquela manhã.

— O que está fazendo aqui? – Perguntou a mulher de cabelos castanhos – digo – se corrigiu. – é difícil você sair do quarto, o que atrás aqui? – perguntou evidentemente mostrando sua curiosidade.

— Bem – Começou a Jovem, levando um pedaço de pão com manteiga a boca – Acho que devo me desculpar por não ter vindo tomar café antes – começou com a voz serena e calma, ela com certeza seria uma ótima rainha- Estava tentando me acostuma com tudo isso, de estar casada e virar rainha de uma hora para outra. -  continuou a falar com um sorriso gentil no rosto e um pouco envergonhada por não ter ido tomar café da manhã com eles desde que se casou.

— Oh! Querida – falou a antiga rainha gentil com um sorriso no rosto – Eu entendo não precisa se desculpar, comigo foi igual só que eu era muito distraída vivia com a cara nos livros, isso resultou em muitas quedas, jarros quebrados pelo castelo – Falou a mulher, arrancando risadas de todos na mesa, incluído o próprio Sogro da garota que pareceu se interessar pelo rumo que a conversa estava tendo.

— Isso é verdade – Falou pela segunda vez – Uma vez ela chegou até botar fogo na cozinha – Arrancou mais gargalhadas – Ela inventou de fazer uma receita que viu em um livro, só que acabou se entretendo na leitura e esqueceu a comida o que resultou em um belo estrago para a cozinha – Arrancou mais risadas das damas ali presentes

— Ou querido não exagere... – e assim continuou o café da manhã


Notas Finais


comentem o que acharam *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...