História Learning to love- Jikook - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Suga, V-hope, Yoonkook
Exibições 381
Palavras 2.810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Fluffy, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu escrevi esse capitulo correndo por que eu estava cansada, não deu tempo de revisar então, desculpem pelos erros, boa leitura povo lindo do meu kokoro :3

Capítulo 14 - Se prepara coelhinho, hoje você não escapa!


Fanfic / Fanfiction Learning to love- Jikook - Capítulo 14 - Se prepara coelhinho, hoje você não escapa!

                                                                *PARK JIMINIE*

 

-Só se você me perdoar primeiro, o que me diz?- perguntou circulando suas mãos no meu pescoço entrelaçando as mesmas, eu apertei sua cintura e o mesmo passou suas unhas de leve no meu pescoço me fazendo estremecer

-Você sabe que eu não consigo ficar com raiva de você, isso significa que você me perdoa?- ele assentiu e eu o abracei o girando ar, ele soltou uma risada bem fofa

-Eu te amo, Park Jimin- falou assim que eu o coloquei no chão

-Eu também te amo, Park Jungkook- ele sorriu e eu meu aproximei dando um beijo na ponta do seu nariz- sabe o que a gente podia fazer agora?- falei em um tom malicioso

-Sei... a gente podia descer, por que tem convidados me aguardando naquele salão- ele me deu um beijo na bochecha e saiu correndo do quarto

-Se prepara coelhinho, hoje você não escapa- sorrir indo saindo do quarto

 

                                                              ~~~~~~(*-*)~~~~~~

 

Estava tudo indo bem, a gente sentou em uma mesa de seis pessoas, estava eu, Jungkook, Taehyung, Hoseok, Yoongi e aquele piloto alaranjado que me beijou, Jungkook não estava confortável com a presença do mesmo, ele estava olhando toda hora pra mim e sempre eu olhava pra ele o mesmo disfarçava olhando pros convidados

 

-Então, Jungkook, como estão indo os negócios da sua família? Fiquei sabendo que as ações do seu pai caíram dez por cento, isso é verdade?- ele perguntou a Jungkook e em troca recebeu um olhar mortal

-Primeiro, eu não te dou confiança, então pra você é Jeon Jungkook, segundo, eu não sei de nada que acontece na empresa do meu pai, e terceiro, eu não acho que isso seja da sua conta, Kim Minseok- ele estava encarando o garoto com ódio e raiva

-Parece que o pirralho está com raivinha, sabe, eu acho que isso é falta de sexo- falou sarcástico, eu vou acabar socando a cara desse infeliz, Jungkook levantou pronto pra socar a cara do outro mais foi interrompido por uma senhora que colocou sua mão em seu ombro, Jungkook olhou pra mulher assustado e tentou se sentar outra vez mais a mulher segurou seu braço

- O que você tem a me dizer em reação a isso?!- perguntou afundando suas unhas no braço do mesmo

-Tire suas mãos de mim ou vou se força- ela o interrompe

-Forçado a quê? Vai chamar os seguranças? Não me faça a rir e responda minha pergunta agora!- ela sacudiu ele, o mesmo puxou o braço da mulher e a afastou

- Não está vendo? Essa é minha casa- a mesma olhou pra ele com ódio

-Como?- ela o segurou outra vez mais dessa vez discretamente, mais parece que Jin e Namjoon  notaram e vieram na sua direção

-Se você não soltar ele eu acho que vou ter que contar algumas coisas para o Kookie- Namjoon falou e a mulher lançou um olhar mortal para o Kookie

-Você deixou meu filho contra mim?! –ela levantou a mão pra dá um tapa na cara do Kookie mais eu segurei a mão dela antes dela encostar em Jungkook, um homem apareceu tirando minha mão da mulher brutalmente

-Jungkook , vamos resolver isso no escritório- Jungkook negou- Não me faça perder a paciência- Namjoon se intrometeu

-Eu vou com você, e o...Jin e o Jimin também- Jungkook assentiu me puxando pra fora do salão e entrando no escritório se sentando juntamente comigo em um mini sofá que avia lá

 

Namjoon entrou e Jin junto com Jin, Namjoon ficou encostado na frente da mesa e Jin sentou do lado de Jungkook segurando a mão do mesmo. Logo depois o homem entrou do lado da mulher que parece ser a mãe do Namjoon, ele fechou a porta e olhou pro Jungkook

 

-Parece que você está muito bem, eu fico feliz, mais você me trouxe vários problemas depois que foi embora- falou calmamente

-VOCÊ ESTÁ  ARRUINANDO SEU PAI SEU MULEQUE  INGRATO- a mulher falou andando de um lado para o outro

-Eu não posso forçar ele a se casar com uma pessoa que ele não ama- então ele é o Sr Jeon, pai do Kookie e essa mulher deve ser a madrasta dele

-VOCÊ PODE SIM, ELE É SEU FILHO VOCÊ MAN- Namjoon a interrompeu

-CALA A SUA BOCA, NÃO ACHA QUE ESTÁ NA HORA DE CONTAR PRO KOOKIE QUEM VOCÊ REALMENTE É?- ela negou

-EU NÃO SEI DO QUE VOCÊ ESTÁ FALANDO KIM NAMJOON!- ele riu ironicamente e a segurou com força

-FALA PRA ELE AGORA! ELE E O PAI DELE TEM O DIREITO DE SABER A VERDADE!- O pai do Jungkook tentou chegar perto mais ela se afastou chorando

-EU FIZ ISSO POR AMOR!- a mulher falou e Jungkook se levantou e foi na direção da mesma

-O-o que você quer dizer com isso?- ele segurou no braço dela com força

-EU MATEI A SUA MÃE, SEU MERDINHA!- Jungkook cambaleou pra trás e Namjoon segurou ele pro mesmo não cai, o Sr Jeon deu um tapa na cara dela e a mesma começou a rir enquanto chorava- VAI ME DIZER QUE SE IMPORTA ? EU DORMIA COM VOCÊ ENQUANTO VOCÊ ERA CASADO, VOCÊ NÃO SE IMPORTOU COM ELA, NO DIA DO FUNERAL DELA VOCÊ ESTAVA COMIGO NÃO COM SEU FILHO, VOCÊ NÃO SE IMPORTA COM NINGUÉM, SÓ COM VOCÊ MESMO!- Ela falou tudo de uma vez e o pai do Jungkook gritou derrubando tudo que estava em cima da mesa e se jogou no chão, Jungkook se soltou dos braços de Namjoon e começou a bater no peito do pai enquanto chorava

-COMO VOCÊ PÔDE? – O pai dele o abraçou com força pedindo desculpas- M-me solta agora!- ele tentou se afastar mais o pai dele não queria soltar o mesmo, eu cansei de ficar parado sem fazer nada e fui na sua direção para afastar o pai do mesmo, puxei o Kookie dos braços dele e chegou dá pena do pai chorando querendo o filho de volta- J-jimon- ele me abraçou e fechou os olhos desmaiando

-JUNGKOOK!- Peguei ele no colo e Jin abriu a porta desesperado, ele pegou a chave do carro e me entregou e falou pra mim levar o Kookie pro hospital que ele iria depois junto com o Namjoon, eu assenti e coloquei o Kookie deitado no banco de trás do carro e entrei no carro indo pro hospital

 

                                                          ~~~~~~(*-*)~~~~~~

 

                                                      *JEON JUNGKOOK*

 

Acordei com uma dor infernal na cabeça e lembrei de tudo que aquela mulher me falou antes do desmaio- minha madrasta matou minha mãe, meu pai não foi no funeral da minha mãe porque ficou com a minha madrasta- isso ficava martelando na minha cabeça, escutei o médico entrando no quarto sorrindo- qual será o motivo pra sorrir seu demente?- ele veio na minha direção e parou ao lado da cama ajeitando o soro no meu braço

 

-Você vai receber alta hoje, você deveria se animar um pouco- como ele quer que eu me anime ? se ele soubesse o que eu estou passando- bom, o que eu te recomendo é não ficar se estressando muito

-P-por que ? Eu tenho alguma problema?- ele negou e abriu outro sorriso

-Você não tem nenhum problema, eu recomendei você fazer isso porque pode fazer mal pra você e bem, pro BEBÊ QUE ESTÁ A CAMINHO, MEUS PARABÉNS VOCÊ ESTÁ GRÁVIDO!- ele gritou dando pulinhos e eu arregalei os olhos

-O-O QUÊ ?- ele sorriu e saiu da sala sem me explicar nada

 

Eu não consigo acreditar, eu estou grávido e ainda é da pessoa que eu mais amo na face da terra- como será que ele vai reagir ao saber? Ele tem que aceitar, ele prometeu- uma criança minha e do Jimin, eu estou louco pra escolher o nome da criança- não, primeiro eu vou contar pra ele, eu espero que corra tudo bem

 

-Jimin?- o mesmo entra na sala com uma cara séria, será que ele já sabe?

-Jungkook, você se sente melhor?- ele pergunta encostado na porta meio triste

-Claro, por que não estaria?- pergunto me sentando e encarando o mesmo

-Por nada, o médico falou que você já recebeu alta, significa que a gente já pode ir, eu vou esperar você lá fora- ele sai sem esperar resposta

 

                                                            ~~~~~~(*-*)~~~~~~

 

Chegamos na minha casa e ele pediu pra conversar comigo no quarto, eu não falei nada apenas assenti- eu preciso contar pra ele, ele precisa saber que eu estou grávido- ele entrou no quarto e se sentou na cama olhando pra nada, eu tranquei a porta e sente ao seu lado

 

-Jungkook, eu quero fazer amor com você- eu olhei surpreso pra ele, eu tinha pensado que ele queria terminar comigo, fiquei muito feliz

-Eu também- sorrir pra ele e o mesmo sorrir meio fraco e me deita na cama- eu te amo Park Jimin- como resposta ele me beija ferozmente enquanto sua mão desliza até a barra da minha camisa, tirando a mesma

 

Ele termina de tirar minha blusa e levanta tirando a sua- mais que homem gostoso, e olha que é só meu- eu sorriu e ele levanta colocando uma música no celular e logo subindo em cima de mim outra vez

Ele tira toda minha roupa e eu faço o mesmo com ele, ele começa a beijar meu pescoço e vai descendo até chegar na minha cintura, eu arqueio as costas soltando um gemido baixo e ele abocanha meu membro de uma vez fazendo eu soltar outro gemido, mais dessa vez alto, ele começa a fazer movimentos de vai e vem e eu começo a arranhar suas costas de tanto prazer, ele começa a apertar minhas nádegas e eu comeso a gemer feito louco, sinto que vou gozar e ele para recebendo um olhar de reprovação da minha parte

Eu respiro e inverto as posições ficando por cima, solto um sorriso malicioso e arranho seu abdômen de cima a baixo, ele solta um gemido de dor mais logo é trocado por gemidos de prazer quando eu chupo a ponta de seu membro

 

-J-jungkook- ele coloca seus dedos entre o fios do meu cabelo jogando a cabeça pra trás  

-Sim, daddy?- perguntei pra provocar

-Me chupa logo, caralho!- eu aperto seu membro e ele solta um gemido baixo

-O que você falou, eu acho que não escutei- eu podia ver que ele estava louco pra mim o chupar

-Me chupa, baby boy- eu sorri e logo dei o que ele queria, chupei seu membro enquanto masturbava a parte que não cabia na minha boca-ah..J-jungkook- ele começou a levantar o quadril pra cima e pra baixo me fazendo quase engasgar- porra...eu vou gozar- assim que ele falou aquilo eu tirei minha boca do seu membro e sussurrei no seu ouvido

-Na minha boca não, dentro de mim- ele trocou as posições abrindo minhas pernas me deixando constrangido

-Relaxa, não tem nada aqui que eu já não tenha olhado- aquilo me fez corar fortemente- chupa pro daddy- ele colocou seus dedod na minha boca e eu chupei eles com vontade fazendo o mesmo morder os lábios de excitação- já tá bom- eu paro de lubrificar seus dedos e ele abre mais as minhas pernas

 

Sinto algo quente invadir a minha entrada- sua língua- eu agarro o forro da cama com força e solto um gemido de dor quando sinto ele enfiar seu primeiro digito, ele começa a fazer vai e vem enquanto chupa minha entrada, logo que me acostumo ele enfia o segundo me fazendo morder os lábios com força sentindo o gosto do sangue, ele faz movimentos de tesoura e com o tempo eu me acostumo rebolando contra seus dedos, ele enfia mais um me fazendo gemer de prazer

 

-J-jimin, e-eu q-quero v-você- ele tira seus dedos da minha entrada e eu sinto um vazio, eu quero ele dentro de mim agora, ele passa a ponta de seu membro na minha entrada me fazendo enlouquecer sentindo seu membro pulsar perto da minha entrada

-Você está pronto?- eu assinto e ele invade minha entrada a preenchendo aos poucos, sinto uma leve ardência fazendo eu soltar uma careta- você está bem?- eu assinto- tem certeza?- eu fico com raiva e o jogo sentado na cama e sento no seu membro de uma vez fazendo o mesmo gemer de prazer- tão apertado- eu encosto minha cabeça no seu peito esperando a ardência passar

 

Depois de alguns minutos eu começo a quicar no seu membro letamente e aumentando a velocidade com o tempo, ele começa a levantar o quadril me dando estocadas fortes e coloca as mãos nas minhas nádegas as separando pra ir mais fundo, sinto que vou me desfazer e gozo em seu abdômen me fazendo dar alguns solavancos por causa do liquido que desce pelas minhas pernas, o abraço tentando conter minha respiração

Ele me deita na cama me penetrando outra vez colocando meus pés em seu ombro- ainda bem que eu sou flexível- ele começa a ir fundo e forte fazendo com que a cama se chocasse contra a parede, entrelaço meus braços em sua nuca e arranho o local- só mais um pouco e nossos corpos vão acabar se fundindo- ele pega minhas mãos e as coloca sobre a cama as entrelaçando com as deles

 

-J-jungkook...ah- ele goza dentro de mim e se deita ao meu lado ofegante- vamos tomar um banho?- eu assinto e ele levanta da cama me pegando no colo estilo noiva me levando para o banheiro

 

Ele liga a água me colocando em baixo do chuveiro ficando por trás de mim, sinto seu membro se animando outra vez e viro pra trás o beijando, ele me pega no colo entrelaçando minhas pernas em sua cintura me prensando contra a parede me penetrando, ele começa a fazer movimentos rápidos fazendo minhas costas bater na parede, eu agarro seu cabelo

 

                                                   ~~~~~~(*-*)~~~~~~   

 

Depois que tomamos o ¨banho¨  ele colocou uma Box preta e eu coloquei uma camisa grande minha e nós deitamos na cama de cochinha, ele ficou me abraçando fortemente, eu viro pra trás e fica o encarando

 

-Eu te amo- falei e ganhei um selinho como resposta

-Boa noite- ele fecha os olhos dormindo

-Boa noite, meu amor- dou um beijo na sua testa e coloco minha cabeça na curva do seu pescoço dormindo

 

                                                             ~~~~~~(*-*)~~~~~~

 

Acordo de manhã e não acho Jimin ao meu lado, eu levanto e olho no banheiro e nada, pergunto a Namjoon e ele fala que não viu o Jimin, mais ouviu os barulhos vindo do meu quarto, eu coro violentamente e corro pro meu quarto pra ligar pra Jimin, vejo a aliança dele e o anel de namoro em cima do criado mudo- o que está acontecendo aqui?- pego meu celular e vejo que tem uma mensagem no bloco de anotações

 

                                                  *BLOCO DE ANOTAÇÕES ON*

 

Jungkook, a noite de ontem foi a mais incrível da minha vida, mais tudo que é bom dura pouco- ele está me deixando?- eu queria te pedir desculpas por não ter te contado antes, mais eu não quero te ver sofrendo, então quero te falar que:

-Eu não te amo mais, sinto muito

Eu prometo desaparecer da sua vida, eu não quero te atrapalhar seguir com a sua vida- a esse ponto lágrimas desciam do meu rosto sem parar- eu deixo o caminho livre pra você se casar com quem você quiser, e ser feliz, ter filhos, amar uma pessoa que realmente te ama de verdade, mais uma vez eu sinto muito, adeus Jeon Jungkook

 

                                                                                                                De: Park Jimin

 

                                                    *BLOCO DE ANOTAÇÕES OFF*

 

Eu caio no chão colocando a mão na minha barriga e chorando como no dia que perdi minha mãe- isso não pode ser verdade, não pode ser verdade!- eu abraço minhas pernas balançando pra frente e pra trás sem parar- eu me entreguei a ele de corpo e alma e ele faz isso comigo? Me larga como se eu fosse lixo descartável?- levanto e taco um jarro de flores na parede vendo os cacos voarem para todos os lados, passo a mão sobre a minha bochecha e vejo sangue, meu corpo começa a tremer, um pensamento suicida vem a minha cabeça e eu ando pra trás em negação- não, eu não posso fazer isso, eu não posso matar meu filho, eu tenho que viver, eu tenho que viver por ele- escuto a porta sendo aberta e Namjoon aparece com a face desesperada e assustada

 

-O QUE ACONTECEU?!- ELE COMEÇA A ME CHACOALHAR  PREOCUPADO- ME RESPONDE JEON JUNGKOOK!

-O JIMIN ME DEIXOU!-Eu não estava acreditando no que eu estava dizendo, mais era a pura realidade- ELE ME ABANDONOU, ELE ABANDONOU A MIM E AO NOSSO FILHO!- Namjoon arregala os olhos sem entender nada

-Como assim ¨nosso filho¨?- ele pergunta segurando meu rosto entre as mãos pra mim não desviar o olhar do dele, eu começo a chorar e falo tudo de uma vez

-Eu estou grávido, appa, eu estou grávido do Park Jimin!

  

 

    

 


Notas Finais


1- Desculpe pelo final, eu chorei muito :' (
2- Eu demorei postar porque eu não estava conseguindo dormir, então eu fiquei acordada dois dias seguidos, e logo hoje de manhã o sono bateu, foi mal : (
3- Outra coisa, eu não vou postar amanhã,(motivo?) vou ter que passar o dia todo na casa da minha avó e meu primo gostoso vai tá lá, então, foi mal outra vez
4- Segunda eu vou postar ás 23:00 hrs da noite
5- Obrigada pelos comentários, eles estão me ajudando bastante, vou acabar subindo na paredes (vai que eu sou a mulher aranha, ninguém sabe)
6- EU ESTOU MUITO FELIZ PELOS FAVORITOS, ESTOU COM UM SORRISO ATÉ AS ORELHAS, ATÉ MINHA MÃE TÁ ME ESTRANHANDO, EU AMO MUITO VOCÊS!!!

Bjs : 3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...