História Leather and Lace - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Sasuke, Sasuten, Tenten
Exibições 46
Palavras 1.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Então, eu consegui sair dessa inércia de não postar caps!
YAAAAAAAAAAAAY!

Capítulo 12 - Unfinished Business



Mal chegou em casa, e começou a empacotar as coisas novamente! Sorte que não havia pego a Kaya no Lee ainda, ou tirado muita coisa da mochila. A kunoichi respirou fundo e se sentou na cama, deitando de lado e amassando a mochila com seu peso. Aquilo só podia ser obra do Diabo! Ela se afastava mas alguma coisa parecia empurrar ela de encontro ao escroto do Uchiha novamente!

- Ok, acalme-se. Seja profissional Tenten... Você é uma jounin, você lutou na Quarta Grande Guerra Ninja, caramba! 

Se sentou de maneira abrupta, decidida: Era uma missão, seria estritamente profissional e nada de conversar sobre sentimentos ou qualquer outra baboseira que pudesse  de qualquer forma, comprometer a missão. Nada iria dar errado, pelo menos, da parte dela. Caso, ele tentasse se aproximar dela, ela formaria uma barreira a sua volta... de preferência uma que ele não conseguisse penetrar.

Assim que terminou de guardar suas coisas, colocou a mochila nas costas e saiu cortando caminho pela janela novamente, pulando os telhados e seguindo em direção ao portão da vila. Assim que sentiu a presença de Sasuke, sabia que já poderiam partir sem sequer trocar palavras. 

Avançou para frente, sempre sentindo sua presença atrás de si.

•••

Já haviam se passado dois dias desde que eles haviam saido de Konoha. Eles estavam quase no final do percurso estipulado para chegarem na tal vila. Faltava apenas um dia. O tempo estava escurecendo, mesmo sendo umas 5 da tarde, o que significava que ia cair chuva. E provavelmente de raios. 

A única coisa que Tenten realmente temia, eram raios.

É um tanto irônico, não? Afinal o elemento de seu parceiro é trovão/raio, e ele possui o Chidori. O que é práticamente um pouco de eletricidade da natureza em suas mãos. Qualquer outra coisa, ela encarava bravamente!

Desde a sua geração, foi considerada uma das kunoichis com maior determinação e real paixão do fogo. Tenten fazia jus ao se dizer ninja da folha. Sempre teve orgulho de tudo que conseguiu realizar até agora. Todos que a conheciam, sabiam muito bem o quanto ela havia evoluido.

Mas o medo de raios... vinha de uma raiz bem profunda de sua infância...

•••

CABRUUUUM!!

- Kyaaaah! - Uma garotinha de cabelos compridos e castanhos se escondeu debaixo de um kotatsu em uma sala de estar. Ela deitou-se em posição fetal e ficou segurando a dobra do cobertor, abrindo uma pequena fresta para que pudesse respirar.

- 1, 2, 3... tu-tudo vai dar certo Tenten! 

CABRUUUM!!

Ela fechou os olhos com força, se agarrando ainda mais a ponta do cobertor.
- Na-Naruto-kun e Kaya-chan vão chegar logo logo... 

Tenten respirava fundo e exalava, tentando se manter firme. Raios e trovões a assustavam, afinal, perdera seus pais durante uma tempestade. Ela não se lembrava de muita coisa, apenas de um barco grande, que chaqualhava bastante devido as ondas agitadas, depois, um raio, e fogo... Muito fogo. E então... nada.

BUM BUM BUM BUM BUM!!

A menor tomou um susto novamente, mas, dessa vez o barulho vinha da porta. Talvez fosse Naruto e Kaya, chegando do mercado? Saiu sorrateiramente debaixo do kotatsu e foi caminhando a passos rápidos até a porta. Quando a abriu, se deparou com um garoto de cabelos negros colados ao rosto. Ele estava encharcado, e assim que percebeu a porta aberta, seu rosto subiu e os olhos de ambos se encontraram. 

- Tenten-chan!

Sem demoras, o menino adentrou a casa e a abraçou com força. Ele sabia do medo que ela tinha de trovões e raios, afinal, ela era sua melhor amiga(depois do seu irmão, é claro).

- Eu irei lhe fazer companhia, até a tia voltar... com aquele dobe...

- Oh... Sasuke-kun! Não fale assim dele! E... seus pais? Seu irmão?


- Eles estão bem. - Ele havia a pego pelo pulso e a guiado até a sala, puxando o cobertor do kotatsu e a convidando a entrar, com um aceno de cabeça.

- Eu não perguntei se eles estão bem... Mas, eu até fico feliz que estejam bem... Enfim, perguntei se eles...

- Tenten-chan!
- Sasuke suspirou, coçando a nuca de leve. - Eu sei o quanto você tem medo de ficar sozinha em dias de tempestade. - O Uchiha a puxou e se esgueirou para debaixo do kotatsu, a levando junto. - E, eu te prometo que toda vez que tiver dias assim, eu estarei lá pra você.

Assim que ele acabou de falar, mais um trovão veio, e iluminou a sala, assim como ambos os rostos das crianças, que encaravam um ao outro seriamente.

O que Tenten não sabia, é que aquela primeira vez, seria a última.


•••

A noite se passou tranquila, pelo menos da parte de Sasuke. Tenten se revirava o tempo todo na barraca. Ela havia conseguido dormir, mas ainda assim, parecia ter pesadelos. O Uchiha havia passado a noite em claro, pensando em tudo que havia conseguido realizar até agora. 
Ele sabia que faltava bastante ainda para que pudesse se redimir de seus pecados, e havia "um deles" pendente ao seu lado. Seus assuntos inacabados com Tenten Mitsashi. 

Além de Naruto, ela era a segunda pessoa com quem a dívida era imensa. Mas, apesar de todos esses anos, ela não parecia demonstrar nenhum interesse nele. Talvez o tivesse esquecido? Tenten não procurou mais saber dele. Ela poderia ter perco a memória em algum momento do qual ele não estivesse presente? Não... esse tipo de coisa normalmente ocorreria em uma história pra boi dormir. 
Se bem que algumas histórias pra boi dormir são baseadas em fatos reais.

Balela! Ela deveria apenas ter caído na real. E visto que ele não valia tanto a pena assim. Deveria ser isso mesmo. E se fosse, de certa forma seria um alívio pra ele... Significaria que ela provavelmente seguira um caminho melhor.

Mas só essa incerteza não apagaria os erros que ele cometeu para com ela. 

Ele havia se decidido. Amanhã, a todo o custo, ele colocaria as cartas na mesa, e tiraria tudo a limpo com ela. 

O Uchiha olhou de relance para o próprio braço, cujas algumas madeixas de cabelo castanho caíam sobre ele. Deu o mínimo do mínimo de um sorriso e procurou dormir o restante da noite. 


Notas Finais


EU AMO VOCÊS TODOS! OBRIGADA PELOS ATUAIS 25 CORAÇÕESZINHOS QUE BATEM, TEM PROBLEMAS, VIVEM VIDAS COMPLETAMENTE DIFERENTES QUE AINDA SE INTERESSAM PELO QUE EU ESCREVO! EU NÃO POSTARIA SEM VOCÊS!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...