História Lebre e Coelho - Fanfic - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Comic, Homossexualidade, Jonnhyjota, Novela, Pedrokys, Yaoi
Visualizações 19
Palavras 1.243
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Personagens:
-Franz
-Leon
-Larry
-Jimmy
(Só para não esquecer os nomes ;3)

Ah! Como já tinha dito algumas vezes, essa Fanfic não é de direito meu e sim do animador JonnhyJota e o dublador Pedrokys! Estou só trazendo essa versão para Fanfic! Boa leitura!

Desculpa por esse capítulo ter ficado grande demais! É porque o vídeo desse ep tem 13 minutos! >3<

Capítulo 10 - Final


Fanfic / Fanfiction Lebre e Coelho - Fanfic - Capítulo 10 - Final


No dia seguinte...
FRANZ ON


Eu me encontrei com Larry e dei um abraço no mesmo e então me despedi do bloco A. Conversei com o diretor do bloco B se poderia ter as aulas normalmente, e ele disse que sim. Então fiz minha rotina escolar normal... Assisti as aulas. Fui no laboratório. Fiz alguns amigos. E ficava no intervalo com eles... À noite, me deitava na cama.


-É... Parece que não vaiser tão ruim no final das contas... Ha ha...


FRANZ OFF
LEON ON

Estava deitado na minha cama e recebi uma mensagem do Jimmy.


"Leon? Ja saí. Vem pro telhado."


Então fui até lá, ele encostado na grade olhando para o céu.


Jimmy - Ah. Leon, a gente precisa conversar.


-É... Eu sei.


Jimmy - Convenhamos, Leon, nós dois estamos nos enganando...


-Como assim?


Jimmy - Eu e você sabemos que não é isso que a gente quer. Não sei nem como chegamos a esse ponto. Mas é, não tá legal. Vamos acabar com isso de uma vez, tá?


-Jimmy...


Jimmy - Olha... Sei que não fui claro antes, mas vou ser agora. Eu não tenho interesse em você.


-Ah... Ok...


Eu desci as escadas eu fui até o laboratório em que Franz sempre estava, então abri a porta com tudo.


-FRANZ!! Ué... Mas... Agora é o horário dele... Não pode ser que... Não. Não... Franz! -Eu saí correndo pelos corredores e avistei o Larry.- Ah, Larry! Larry! Eu preciso da sua ajud-- -Ele passou por mim, me ignorando.- Ah é... A gente não tá se falando... Deus... O quê eu fiz...


À noite...
Mandei uma mensagem pra o Franz.


"Aaaa, desculpa, eu fui um otário, me desculpa s2 <3"


Então apaguei toda a mensagem antes de enviar.


-Aaah, assim não vai funcionar!! Eu sou um bosta... E agora? Não sei mais o que fazer... Ah... Não... Sei sim.


LEON OFF
FRANZ ON

Estava no laboratório, trabalhando.


-Até que não tá sendo difícil me adaptar. Embora sinta falta do barulho... -Ouvi uma voz dizendo: Ei, não pode entrar aí!- Agora é só ter cuidado pra não misturar as duas e... -Ouvi novamente a voz: Alguém segura esse moleque!-


Leon - FRAAAANZ!! Me ajuda, tão atrás de mim!!


*BOOM*
Um tempo depois...


-Um momento. Estou refletindo sobre o que está acontecendo. Ja sei, é algum evento entre os blocos, né? Você tá até de uniforme, ha...


Leon - Haha, não! Eu vim te ver!


Eu agarrei o Leon pela gola de sua camisa e prendi ele na parede.


-Como é, Leon? Deixa eu ver se eu entendi... Você me manda embora. Quando eu chego perto você nem olha pra minha cara. Me faz mudar de bloco... E agora chega dizendo que veio me ver? QUE PORRA É ESSA, LEON?! TEM UM LIMITE DE QUANTO ALGUÉM PODE SER BABACA, SABIA?


Leon - Aaah, calma! Eu fui um merda, eu sei!! -Ele segurou minhas mãos, que estavam segurando a gola de seu camisa.- Mas eu to aqui exatamente por isso... Pra te pedir desculpa.


-Ahn? -Eu soltei ele.- Você pedindo desculpa? Tá. O Larry tem um dedo nisso, certeza.


Leon - Nãão! O Larry nem fala mais comigo! Escuta, Franz, do fundo do meu coração, eu reconheço que eu fui um cretino. Eu fiquei com tanta raiva por não ser correspondido que acabei descontando em você. Desde então, eu não consigo dormir pensando em tudo que eu te disse! Coloquei em jogo, meu melhor amigo, só porque eu não soube lidar com uma rejeição...


-E pelo visto valeu a pena depois...


Leon - Não... Aquele tempo eu que eu tava com o Jimmy... Não tava legal. Digo, a gente só falava de você. No começo era legal, mas... Depois ele começou a evitar o assunto e ficou difícil continuar. Aí aquele dia que você falou com ele na varanda...


-V-Você ouviu?!


Leon - Você disse algo sobre manter meu sorriso aceso, mas no final... Acho que meu sorriso só brilhava pra você. -Ele ficou corado e olhando em meus olhos.- -Senti meu rosto queimando, meu coração batendo mais rápido e Leon se ajoelhou no chão.- Então, mesmo depois de tudo, aqui estou eu... Pra te pedir... Franz, por favor, me perdoa. Perdoa o idiota de uniforme...


-Tá tudo bem. -Eu estendi minha mão para ele.-


Leon - Ahn?


-Eu também... Falei umas coisas que não devia pra você. Não vamos deixar algo assim abalar nossa amizade, né?


Leon - É... -Ele segurou minha mão, se levantando.- Mas poxa, Franz, assim você me decepciona.


-Quê?


Leon - Prezo muito a nossa amizade, mas poxa, eu até mei dei o trabalho de por um uniforme pra estar aqui. Não que eu não viesse se fosse por isso, mas aí era só ter pulado o muro...


-Do que você ta falando, Leon?


Leon - Ora, Franz, você não entendeu? -Ele começou a ficar vermelho e então segurou minhas mãos.- É-É o seguinte... Eu vou te dar uma dica, ok? -Ele foi aproximando o rosto dele do meu e senti o meu rosto queimando.- L-Lá vai... -Então, ele me beijou.- Aaaaaah!! Q-Q-Quero dizer, é isso a-agora você sabe!!


-Sei do quê? Não entendi o que quis dizer... Não ficou muito claro... Por quê não me dá outra dica? Hehe...


Leon - Ora, achei que era mais esperto, Franz.


-Você se acha demais, Leon. -Então ele me beijou novamente, então eu cedi, o abraçando.-


E assim, depois de muitas brigas, choradeiras e algumas ameaças envolvendo sapos, conseguiram fazer com que o Franz voltasse pro bloco A...


-O Leon só vai ter que usar uniforme pra sempre.


Leon - Pelo menos eu fico um gato assim.


-Fica não.


E depois...
Fui correndo abraçar o Larry. Então Leon tentou se explicar com o mesmo. Larry não disse uma sequer palavra, apenas abraçou o Leon.


Um tempo depois...


Leon - Ei, Franz, adivinha. Finalmente vou tomar bomba!


-Meus parabéns.


Leon - Pois é! O mais engraçado é que foi por frequência mesmo, senão tinha jeito de me empurrar!


-É, eu acabei tomando umas recuperações por isso também. Acabei perdendo muita aula por causa desse último rolê.


Leon - Uau, e logo você, né?


-Pra você ver... Eu tava bem ruim. Depois eu fui olhar pro espelho e fiquei, nossa, que lixo.


Leon - Lixo, quê? Você ficava uma gracinha com aquele cabelo todo bagunçado!


-Ah, tá.


Leon - Sério! Eu falava isso com o Jimmy todo dia, ele até concordava. Mas depois de um tempo passou a me olhar com cara feia!


-Você é idiota?


Leon - Ah, vamos, não se acanha, vai! -Ele bagunçou meu cabelo.-


-Aah, Leon!


Leon - Ai meu coração! Vê se não é uma graça esse menino despenteado!


-É assim, né? Vingança! -Eu pulei no Leon, ficando por cima dele.- 


Leon - Aaah!!


-Haha... É, sabe de uma coisa?


Leon - O quê? Que você é um lixo melhor que eu?


-Por aí... -Eu beijei ele.-


Larry entrou, nos interrompendo.


Larry - Opa, e aí, gente!


Leon - Oh! E aí, Larry!


-Fala, sumido! Como você tá?


Larry - To atrapalhando em algo?


Leon - Nada, chega mais!


-E aí? O quê tá arrumando?


Larry - Sabe, né? Depois de eu ter sobrado, eu acabei começando a andar com uma certa pessoa, sabe?


Jimmy saiu de trás da porta.


Jimmy - O-Oi...


Eu e Leon ficamos sem dizer uma palavra.


Larry - ...Gente? Ei, gente, tudo bem? Alô??


-Larry, a porta e o machado, por favor...


Fim!
 


Notas Finais


Relembrando que a Fanfic não é de direitos meu, e sim do animador JonnhyJota (Que o original é uma Comic), só trouxe para versão de Fanfic. ;3
Enfim, espero que tenham gostado dessa Comic em forma de Fanfic! <3

Até a próxima! o/ <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...