História Lego House - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags 5sos, Ashton Irwin, Harry, Harry Styles, Larry, Larry Stylinson, Liam, Louis, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Niall, Styles, Stylinson, Tomlinson, Zayn, Ziam Mayne
Exibições 290
Palavras 936
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey!

Boa Leitura!

Capítulo 16 - Decimo Capítulo


Depois de passar quase a noite toda grudado em Zayn tive que me despedir, pois ele tinha que ir embora, mas me prometeu que voltaria logo.

Zayn é um dos mais antigos e melhores amigos que já tive, ele sabe de tudo que passei e me ajudou em tudo. Aos 11 anos nós nos beijamos em baixo de uma árvore no parquinho perto da nossa casa e ali descobrimos juntos, que nossa preferência garotos a garotas, o beijo nunca levou a nada em nossa amizade e continuamos amigos. Quando tínhamos 18 anos ele se mudou de Doncaster para voltar a Bradford e começamos a nos falar menos e ao me mudar a quatro anos para Londres acabei perdendo totalmente o contato com ele, mas hoje foi à prova de que nada mudou entre nós. Contei a Zayn sobre Brend e ele demorou a acreditar que eu já tinha um filho, Malik me contou que há três anos tinha se mudado para fazer sua faculdade de medicina veterinária no Canadá onde conheceu o loirinho que se apresentou sendo Niall namorado de Zaz e melhor amigo de Harry.

Falando em Harry, pedi para ele ficar para podermos conversar sobre algumas coisas. E aqui estamos.

-Meu filho gosta de você - Falo ao me sentar em um balanço sub uma árvore no quintal.

-Também gosto dele - Sorri. Harry para em minha frente e ajeita o cabelo com a mão os jogando para trás. - Não gosto de o ver doente.

-Nem eu... - Suspiro - Como você faz para ele gostar de você? - Pergunto e o vejo me olhar em confusão. Hesito. - Quero dizer... Ele prefere ficar com você à comigo... - Olho para meus pés e me balanço um pouco.

-Eu não faço nada... Só dou atenção necessária - Levanto meus olhos e o vejo me encarar.

-Às vezes eu acho que sou em péssimo pai - Viro minha cabeça para trás e olho as estrelas, que são poucas. - Aí eu me lembro que não preciso achar, Brend me mostra isso todos os dias - Sorrio sem humor. Abaixo a cabeça e encaro minhas mãos começando a brincar com elas.

-Você não é um péssimo pai - Se aproxima mais - Só precisa aprender a dividir seu tempo entre seu filho e as outras coisas, e não o deixar de lado.

-É fácil dizer isso quando amor e carinho são o que você teve de sobra dos seus pais, agora pense no meu lado. Meu pai sempre foi ausente na minha e na vida de Charlotte e depois que descobriu que eu nunca iria comer uma mulher e sim que eu queria ser comido começo a beber e me agredir de todas as formas possíveis. E eu sempre pensava "Nunca vou ser nada do que ele diz, vou achar um homem que me ame, vou me casar, vou ter filhos e vou os dar toda a atenção que não foi me dada quando criança" - Paro de me balançar e encolho minhas pernas as colando em meu peito. - Só que depois quando mais velho comecei a acreditar em suas palavras, a acreditar que tudo era um sonho fútil e infantil - Sinto lágrimas molharem minhas bochechas. - O Brend foi planejado desde os meus 16 anos. Eu acordei em um dia e falei para mim mesmo "Vou ter um filho e não vou ser nada do que ele me fala." Pensamento infantil, né? Aí com 20 fiz inseminação e engravidei do Brend. E hoje eu vejo que tentei fugir de todas as formas, mas sou basicamente igual a ele agora... Um pai ausente. - Enxugo algumas lágrimas e ouço Harry suspirar fundo.

-Pensei que Mark tivesse sido um bom pai - O olho e balanço a cabeça.

-Mark não é meu pai biológico. O nome dele Troy - Me arrepio só em relembrar seu nome. - Minha mãe e Troy se separam quando eu tinha 10 anos e com 11 eu descobri que era gay aí tudo começou. Minha mãe nunca soube até meus 16 anos que foi quando o diretor da minha escola ligou para minha casa dizendo que era a quinta vez que eu chegava à escola com marcas de espancamento e se continuasse assim ligariam para o Conselho Tutelar e depois disso nunca mais ouvi falar sobre Troy. O diretor era Mark. Quando eu fiz 19 minha mãe e Mark se casaram.

-Woow - Sinto Harry se sentar ao meu lado e ao levantar meus olhos encontro duas esmeraldas me encarando e logo dois pares de covinhas começam a aparecer - Você é muito melhor que ele, Louis. O que passou não vai voltar, e isso também serve para o que você 'tá perdendo com seu filho, mas eu tenho certeza que coisas novas e melhores, muito melhores, irão vir. Não posso te pedir para esquecer o passado, mas posso te pedir que lembre que existe um futuro e ele se chama Brendom. - Sorri e desvia os olhos. Assinto. Seco algumas lágrimas e sem perceber sinto braços me puxando e logo estou entre os braços quentes de Harry e ali parece ser por incrível que pareça, o lugar onde eu deveria sempre estar.

-Acho que está ficando tarde. - O ouço falar e me desvencilho de seus braços. Levanto.

-Ok - Ele se levanta e me rodeia novamente com seus braços longos.

-Prometo que vou te ajudar - Sinto beijar meus cabelos - Você deixa? - Balanço a cabeça e assim ele me solta. E me dando um último sorriso se vira e vai em direção a sua moto.

 


Notas Finais


Bjss Ray.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...