História "lei do retorno" - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Hentai
Visualizações 11
Palavras 677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fluffy, Hentai, Orange, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


oiiiis não se brinca com mulher agora chora cremoso

Capítulo 1 - A realidade da minha vida


Fanfic / Fanfiction "lei do retorno" - Capítulo 1 - A realidade da minha vida

bom meu nome é ..... clara tenho 16 anos e estou sofrendo por amor......meu namorado está diferente comigo acho que ele está me traindo.....eu o amo mais ele é muito bipolar uma hora ta brava na outra ta feliz mais eu também sou assim

eu e o Lyan nos conhecemos na escola no primeiro ano do ensino médio quando ele ainda era nova na escola a primeira coisa que me atraiu nele foi seu jeito divertido e engraçado,ele no primeiro dia foi um pouco fechado mais depois se soltou aos poucos em pouco menos de um mês eu já estava apaixonada por Lyan e o mesmo disse que me amava então foi ai que tudo começou.Lyan logo conheceu minha família e eu conheci a dele....no entanto a mãe dele nunca gostou de mim mais eu relevei o mesmo logo disse para a escola inteira que estavámos juntos e quando isso aconteceu o mundo parece que desabou na minha cabeça as meninas tinham raiva de mim e não falavam comigo Lyan me dizia que isso era inveja porque eu era linda e elas não mais antes de namorar ele eu era aceita pela sociedade.....

---meses depois---

Lyan andava um tanto distante de mim e muito amiga de Maria e Ana o que me deixava com ciúmes mais ok,Lyan estava com brincadeiras bobas com colocar a mão na perna de Maria e a mesma gemer e quando eu ouvi aquilo me sangue ferveu eu joguei a carteira que estava na minha frente longe fazendo a sala inteira me olhar eu vou até Maria que me olha assustada 

-fica bem longe do Lyan-ao falar isso saio andando em direção a porta saindo sem a permissão do professor e segundos depois escuto uma cadeira ser jogada na parede e Lyan sair pela porta vindo em minha direção e me abraça me pedindo desculpa por suas brincadeiras 

-como você acha que que me sinto.....-começo a chorar no seu ombro 

-Clara calma eu nunca vou ficar com nenhuma das duas,eu te amo mais que tudo se não te amasse não colova uma aliança no seu dedo e te chamava de amor pra todos ouvirem 

-eu sei disso mais eu não gosta delas porque quando você entrou na escola as meninas já davam em cima de você ai tu me faz isso Lyan.....

-tu acha que que gosto que você fique abraçada no Tate fique dando beijinho na bochecha dos meninos....olha eu acho isso ta acabando com nosso namoro,precisamos parar com isso

-não sou eu que fica tirando fotinha com aquelas putas

-para com isso amor para

-eu....-sou interrompida por Ana que abraça Lyan e eu a empurro fazendo a mesma cair e resmungar-fica longe do Lyan 

-Ana sai de perto da Clara agora!

-não!ela que venha me tirar de perto de você-ela aperta a blusa dela o puxando pra mais perto e o mesmo a empurra e vem me abraçar e eu o empurro-Lyan você foi tão gentil comigo ontem e hoje ta assim....-ela faz cara de choro

-como assim.....tu não fez isso-dou um tapa estalado no rosto de Lyan que me puxa e me beija

-eu te amo amor da minha vida

-se me amasse não me traia com essas putas 

-amor foi no dia da festa que eu bebi demais 

-não me interessa-dou um tapa nele 

-para de bater nele vagabunda-Maria fala me ameaçando 

-tu me chamou de vgabunda-riu e eu vou pra cima dela e dou um tapa muito forte em sua cara e saio do corredor indo pra sala

-professor manda quela puta pra diretoria-Ana fala e o Lyan me abraça 

-quem mandou chamar ela de vagabunda-ele ri e me beija e eu sento na mesa

-ela que provocou-eu riu e Lyan senta na cedeira e puxa pro colo dele

-Lyan leva a Maria pra diretoria.....

-não professor a Maria quase fez eu terminar com a mozão

-ok né leva ela Matheus-os dois vão pra diretoria e o sinal do fim das aulas do dia toca e eu e o Lyan fomos pra casa e ficamos abraçados vendo tv



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...