História Lembranças - Yoonkook - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Lemon, Sugakookie, Yoonkook, Yoonkookie
Visualizações 324
Palavras 1.210
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


obrigada pelos favoritos e pelos comentários, meus amores. Estou muito agradecida ❤🌫🌸

Capítulo 26 - VINTE E CINCO


3 Semanas Depois...



Hoje é o ultimo dia de lua de mel, na verdade já estamos prontos para embarcar de volta pra Coréia.

O que eu posso falar sobre essas três semanas? Maravilhosas. Jungkook me levou para conhecer todos os pontos turísticos da Itália, e ainda de quebra acho que engordei uns seis ou dez quilos, por que né... Os vinhos, as pizzas, as uvas, os doces... o lado bom é que me exercitei bastante, rs.

- Está pronto, amor?- Jungkook pergunta pegando nossas malas.

- Estou sim, só deixa eu me despedir da Francisca.- falo e abraço minha camareira.

Ela é tão fofa e legal, vou sentir falta dela. Se eu fosse hétero eu namorava essa rapariga.

- Ah senhor, adorei te conhecer, adorei vocês dois.- diz com os olhos cheios de lágrimas.

- Ei, nós ainda vamos manter contatos, pode ter certeza. Agora temos que ir, beijos e se cuida.- digo e a abraço uma última vez.

Saímos do hotel e fomos direto pro táxi, que foi direto para o lugar onde fomos pegar nosso jatinho. Ainda tive que rir do bico de ciúmes que Jk fez pela minha despedida com Francisca. Ele disse que estávamos muito próximos e o ciúme dele apitou super alto. Nada que uns beijinhos não tenha resolvido.

- Ei, Min?- Jk me chama e eu abro os olhos, o encarando sonolento.

- Oi?

- Sobre o bebê...- ele começa.- Você quer mesmo assumir junto comigo? Você sabe que vamos ter que colocar ele no meu nome, mas ele pode ter dois pais.

- Claro que sim, e eu já estou até pensando em um nome! - digo animado, todo o meu sono passou.

Ele sorri, aquele sorriso lindo, me dá uma vontade de beijar ele e é o que eu faço. Passo minhas mãos ao redor da sua nuca e o puxo pra mim. Segundos depois quebramos o contato do beijo com vários selinhos.

- Ah é? E qual nome você pensou? - ele pergunta entrelaçando nossos dedos.

- JeeHo.- sorrio e ele me olha e sorri também.

- Uh, Jeon JeeHo? - fala juntando seu sobrenome.

- Sim, mas Min Jeon JeeHo combina mais..- digo e cutuco sua barriga.

- Olha, gostei - ele diz pensativo e eu arregalo os olhos.

- Amor, estava brincando.- digo.

- Mas eu não, estamos na Califórnia babe, vamos colocar nossos sobrenomes nele. Você acha que combinaria?

- Bom, acho que sim, levando pela lógica. - penso um pouco - Mas na Coréia ele teria que usar somente um, não?

- Usaremos o Jeon, na Coréia. - Jk diz - Mas vamos morar na Califórnia, babe.

- Então estamos decididos?

- Estamos - ele sorri e eu volto a fechar meus olhos, com um sorriso enorme no rosto.

Colocamos nossos cintos e esperamos o jatinho decolar. Eu estou muito ansioso pra ver aquela coisinha gorduchinha. Foi preciso apenas um bater de olhos para eu me encantar por aquele pequeno pedaço de Jeon Jungkook.

[>>>>]

- Chegamos amor, acorda..- Jungkook sussurra em meu ouvido.

- Hum, não posso dormir mais cinco minutinhos? - reclamo e me agarro em seu braço, descansando meu rosto ali.

- Não faz isso que meu coração derrete, parece um gatinho - ele ri e sinto seus dedos passarem pelo meu couro cabeludo em um singelo carinho.

- Sou seu gatinho - resmungo.

- Vamos Yoon, não podemos morar aqui dentro desse jatinho.- ele ri nasalado.

- Aish!! - resmungo e me levanto bem rápido, vejo ele sorrir e estender sua mão pra mim.

Ao sairmos do jatinho percebemos alguns parentes ali. Vejo meu pai e este abre seus braços para me receber com um abraço caloroso e cheio se saudades.

- Essas semanas lhe fizeram bem, meu filho - diz e me gira. - Está mais forte.

- Isso é uma maneira se me chamar de gordo? - arqueio a sobrancelha.

- Quase isso, meu filho, quase isso - ele ri e me abraça mais uma vez.

Começo a rir, mas no fundo aquilo mexeu comigo, então não foi somente eu que percebi que virei uma baleia assassina, todo mundo percebeu.

Jogo esses pensamentos para longe e abraço todo mundo. Estou morrendo de saudades, é tipo muita mesmo. Eles são meus amigos que agora se transformaram em meus familiares.

- O casal vinte voltou!- titia exclama. Ops, titia não, minha sogra.

- Pois é, eu não queria que essa lua de mel acabasse nunca!- Jungkook exclama e coloca a mão na minha cintura fazendo beicinho, esse o qual recebe uma devida atenção dos meus lábios.

- E aproveitaram muito?- Dahyun pergunta em tom malicioso.

- Ôh! Bem pouquinho, né Yoon?- Jungkook diz e todos começam a rir.- Acho que em cada canto da Itália tem nossos rastros e....

- JUNGKOOK!- Bato em seu braço, meu rosto deve estar é todo vermelho.

- Aish amor, aqui todos são casados! - ele reclama mas depois começa a rir ao perceber que eu estou corado.

- Nem todos.- digo. - Jiwoo e Dahyun ainda não são.

- Ah, questão de tempo.- Dahyun fala e Jiwoo arqueia a sobrancelha e olha pra ela.

- Ah, vamos deixar de papos e vamos pra casa logo!- minha sogra fala e eu vejo ele ali no colo dela, Min Jeon JeeHo.

- Ah Deus! - ando até eles e o pego no colo. - JeeHo! Que grande que você está, garotinho!

- JeeHo? - eles perguntam em uníssono.

- É, nós vamos adotar ele. E eu já até escolhi o nome! - digo animado e beijo sua bochecha, ele solta uma risadinha. Aish que vontade de socar essa fofura.

- Mas... ele já tem um nome, e possivelmente um sobrenome também, não?

- Talvez Hyun, mais como eu falei anteriormente: Eu não quero nada relacionado à ela no meu filho.

- É assim que se fala, menino! - minha mais nova tia sogra diz e sorri.

Entramos novamente no carro e fomos pro nosso apartamento. Nosso cantinho, ai que saudade.

Ele coloca as malas no chão e eu entro com JeeHo em meus braços. Ele sorri e olha tudo ao redor, como a criança curiosa que ele é para a idade dele.

- Bem vindo ao lar, bebê lindo!- digo baixinho e ele solta uma risadinha baixinha.

Meu Deus, estou apaixonado.

- Depois nós podemos comprar um apartamento maior, se você quiser.- Jungkook diz.

- Kookie, esse é enorme. Tem quatro quartos.

- Eu sei. - ele sorri olhando pra nós dois.- Ele é tão... Pequenininho... vocês dois são tão pequenininhos.

Jeon chega perto de nós bem lentamente e com receio de que se tocar nele vai quebrar. Sorrio com esse pensamento e o encorajo.

- Segure ele, é seu filho também.- digo e sorrio.

- Mas se ele cair?

- Para amor, ele não vai cair.- reviro os olhos e estendo ele para si.

Ele pega o JeeHo no colo e sorri beijando sua bochecha. Me emociono com a cena, esses dois tão lindos, cara de um focinho de outro. E em pensar que aquele ser pequenino não é nada meu, apenas do Jungkook com outra mulher, me dá uma vontade de chorar, mas eu não vou chorar, eu não posso chorar. Deus me deu uma nova chance e eu vou aproveitar ela, por que ele pode não ser meu filho de sangue... Mas de coração ele passou a ser desde aquele dia da igreja, no meu casamento.

Vou até eles e os abraço. Eu amo Jeon Jungkook, e eu vou aprender amar Min Jeon JeeHo na mesma intensidade, acho que já aprendi a amar ele assim.

Eu os amo, de verdade.


Notas Finais


olaaaa, desculpa a demorinha, mas é que eu voltei a trabalhar e é puxado demais, socorro.

Então bom, beijos.

Mereço favoritos e comentários? •~• ❤🌫


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...