História Lembranças - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen, Xiumin
Tags Exo, Oneshot
Exibições 3
Palavras 558
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie

Capítulo 1 - Lembranças (oneshot)


Fanfic / Fanfiction Lembranças - Capítulo 1 - Lembranças (oneshot)

 Até que ponto vai as barreiras da indiferença? É uma pergunta muito boa, na opinião de Jongdae.

 Ele sempre se perguntou porque não podia mais ser amigo de Minseok, filho da empregada, não tem porque isso, eles foram criados juntos desde bebês, mas quando estavam lá pelos seus 13 anos de idade, Jongdae foi proibido por seus pais de continuar sendo amigo Minseok, ele não entendia por qual motivo seus pais haviam mandado isso, mas mesmo assim obedecia.

No começo isso o magoou muito, mas depois foi se acostumando com a falta do mais velho.

O tempo passou e eles nem se falavam mais, era como se eles não tivessem sido amigos, Minseok foi contratado como jardineiro, coisa queno mais velho gostou muito por amar flores, oque resultava que as vezes eles se trombavam.

"Desculpe"- pediu Minseok depois de sem querer esbarrar em Jongdae-

"Tudo bem Minseok, você está na mesma série que eu não é?"-perguntou Jongdae-

Era verdade Minseok era dois meses mais velho que Jongdae, mas ainda estavam na mesma série.

"Sim estou!"

"É que eu estou em dúvida em uma matéria e eu queria saber se você poderia me ajudar nela?"-perguntou Jongdae um tanto quanto envergonhado-

"Claro senhor!"

"Obrigado Hyung, passa no meu quarto mais tarde para estudarmos"-falou Jongdae animado-

"Sim, licença"-pediu se retirando do cômodo-

"Essa foi a conversa mais extensa que eles tiveram em tempos, como que duas pessoas que eram tão unidas, se consideravam irmãos, podem estar assim agora? Foi como se as palavras e os gestos carinhosos que um dia eles trocaram não tivessem acontecido, ccomo se voltassem a ser completos estranhos.

A tarde passou e Jongdae esperava ansiosamente o velho amigo, seis horas em ponto e leves batidas na porta foram ouvidas, rapidamente Jongdae foi até a porta e a abriu, revelando um Minseok sorrindo.

"Você veio!"-falou Jingdae sorrindo-

"Eu disse que vinha não é? Posso entrar?"

"Claro"-Jongade seu espaço para Minseok-

Min colocou seus livros em cima da mesa que havia dentro do quarto do maus novo e começaram a estudar.

Essa programação se repepiu durante semanas até a prova, quando Minseok não podia ir, Jongdae se sentia entediado, chato, tinha se acostumado com toda a noite a presença do mais velho ali em seu quarto, eestudando consigo, ele admitia o mesmo fazia falta.

Chegado o dia do teste Jongdae se sentia nervoso, tinha estudado o dobro com Minseok noite passada, mas ainda se sentia nervoso.

Fez o teste e tinha ido muito bem, o mesmo havia conseguido tirar nota máxima, correu até sua casa para contar ao seu hyung.

"Hyung! Hyung!"-entrou gritando-

"Oque foi?"-apareceu Minseok correndo,devia estar provavelmente do jardim-

"Eu passei!"-gritou e mostrou a prova-

"Isso ótimo Dae!"-falou Minseok-

"Dae?"

"Me desculpa senhor Jongdae, foi sem querer"-Minseok começou a se desesperar, não queria perder o emprego por algo bom assim-

"Você usou meu apelido de quando éramos crianças?"-Minseok podia jurar que viu um pequeno sorriso nascer nos lábios de Jongdae

"Sim"

"Significa que somos amigos de novo?"-perguntou animado-

"Eu não sei"-falou Min coçando a nuca-

"Amigos?"-perguntou estendendo a mão-

Minseok parecia relutante

"Amigos!"-apertou a mão

Jongdae puxou Minseok para um animado abraço, contagiando sua felicidade com o mais velho.

Nesse momento Dae se sentiu criança de novo, não importava mais seus pais, nem as pessoas que supostamente o julgariam, oque realmente importava naquela hora era que havia recuperado um velho e amado amigo, oque não poderia ter nada melhor!

Min e Dae continuam amigos até hoje, não ligando mais para nada, só em como fazer o outro mais feliz a cada dia.


Notas Finais


Essa foi uma redação que eu escrevi na escola e eu gostei bastante do resultado, então resolvi postar, fico bem rápida, mais ainda gostei espero que vcs tmb <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...