História Lembrar de Ti - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zootopia - Essa Cidade é o Bicho
Personagens Chefe Bogo, Judy Hopps, Nick Wilde, Personagens Originais
Exibições 41
Palavras 630
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Dois capítulos no mesmo dia. Espero que gostem.

Capítulo 3 - Discussões


Fanfic / Fanfiction Lembrar de Ti - Capítulo 3 - Discussões

Nick sentiu como se tivesse levado uma facada. Judy olhava para ele de uma maneira estranha. 

-O que eu estou fazendo aqui? -ela perguntou olhando em volta.

-E... eu sou o Nick. Seu melhor amigo. Você sofreu um acidente enquanto cuidava das suas irmãs.  -Disse Nick olhando para a faixa em sua cabeça. -Doi?

-Um pouco. -ela diz.

-Eu vou chamar um médico.  Fique aqui.

-Eu não vou a lugar algum. -ela diz se sentando na cama.

****************************

Nick decidiu não ir ao hospital naquela quarta para deixar Judy com seus familiares. O dia passou devagar. Ele assistiu alguns filmes mas não parou de pensar em Judy. 

****************************

Quinta 15:38

Nick não queria deixar a pequena  naquele hospital, se sentia estranho quando estava longe, sabendo que a coelha estava sozinha no quarto do hospital.  Se pegou inumeras vezes pensando em Judy. Depois de pensar muito, ele decidiu fazer uma nova visita a amiga.

Ao chegar no hospital, foi em direção ao quarto da amiga. Entrou sem bater mas se arrependeu logo em seguida. 

Judy estava usando apenas uma toalha. Algumas roupas estavam jogadas no chão e ela se encontrava no meio delas pensativa. 

Um arrepio percorreu o corpo de Nick. Relutante, ele fechou a porta para dar privacidade a coelha e decidiu tomar um café. 

*****************************

Quando Nick voltou ao quarto, as roupas estavam organizadas e Judy vestia jeans e uma blusa vermelha. A coelha estava distraida, escutando suas músicas favoritas. 

-Hey. -Ele diz entrando no quarto.

-Ah... Olá Dick -ela falou sorrindo.

-Fico feliz em te ver toda sorridente, mas na verdade é Nick. -a raposa diz com um sorriso convencido no rosto.

A coelha ficou vermelha.

-Desculpa, eu...

-Está tudo bem Judy. -ele fala suspirando. -Claro, tirando o fato de que minha melhor amiga sofreu um acidente e não se lembra de mim. 

Nick solta as últimas palavras sem querer. Ele abaixa a cabeça. 

-Apesar de não me lembrar, tenho quase toda certeza de que eu não quis sofrer nenhum acidente. Eu estou tentando me lembrar, é difícil. -ela diz com lágrimas nos olhos.  - Eu sinto como se houvesse um buraco no meio das minhas lembranças e isso me deixa maluca.

-Eu sei. -ele diz sorrindo fraco. -Eu te trouxe isso.

Ele estendeu a mão para ela. Lá estava sua caneta, o objeto que indiretamente causou  o início da amizade entre os dois.

-Onde... onde você achou? -ela perguntou. 

-Você deixou ela na minha casa, antes de viajar, algo para me lembrar de você. -ele falou. -Agora eu vou te devolver, esperando que te ajude a lembrar de mim.

Ele se virou e saiu do quarto, deixando finalmente as lágrimas escorrerem por seu rosto.

****************************

Três semanas depois

-Você e a coelhinha se falaram nesses últimos dias? -Finnick me perguntou sentado na sala de seu apartamento. 

-Eu voltei no hospital algumas vezes para saber como ela estava, mas quase não conversamos. Desde que eu a conheci, eu praticamente todos os virei outra pessoa. Ela conseguiu fazer um outro lado de mim aparecer, e para mim, mas ela sempre foi o melhor mamífero que eu havia conhecido. Sempre tive medo de fazer algo... De errar alguma aqui ou ali e perder uma grande amiga. E eu sempre acabei cometendo alguns deslizes, falei coisas que eu não devia. Ela sempre me perdoava. Cada vez que eu errava, doía tanto. Pensei que ela ficaria chateada e se a perdesse, aquele antigo eu voltaria. Nesses últimos dias eu pensei muito nas coisas que ela me disse naquele hospital. Fui egoísta, não percebi que ela também estava sofrendo sem suas lembranças agora eu entendi e por ela, eu faria qualquer coisa para que suas lembranças  voltassem, qualquer coisa.

Finnick olhou para o amigo atento. 

A raposa se sentou no sofá, pensativo. 

-Espera -disse Finnick -acho que posso te ajudar a recup2 as lembranças de Judy. 

Nick se levantou num pulo, sorrindo animado para o amigo.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...